Clique e assine por apenas 4,90/mês

Brasil participará pela primeira vez dos Jogos da Diversidade

Conhecida como Gay Games, competição acontece em Paris do dia 4 a 12 de agosto

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 31 jul 2018, 16h38 - Publicado em 31 jul 2018, 15h43

Dos dias 4 a 12 de agosto, o Brasil participará pela primeira vez dos Jogos da Diversidade, espécie de olimpíada gay que terá Paris como sede de sua 10ª edição. A equipe Espírito Brasil, idealizada pela executiva francesa Camille Espagne, foi formada em seis meses e contará com 58 atletas de nove modalidades diferentes, sendo 16 competidores bolsistas provenientes de projetos sociais. Em sua estreia, o Brasil será a maior delegação da América do Sul e a segunda maior da América Latina, atrás apenas do México.

O evento, elaborado pela Federação de Esportes de Gays e Lésbicas, contará com 91 países. Dentre as 36 modalidades esportivas, o Brasil participará do atletismo, ciclismo, maratona, esgrima, futebol masculino, futebol feminino, natação, remo, tênis, vôlei e vôlei de praia

Entre os dias primeiro e três de agosto, véspera do início das competições, a Prefeitura de Paris realizará um ciclo de conferências sobre esporte e diversidade. As equipes brasileiras de futebol feminino Estrela Nova (atletas mistas e portadoras de surdez) e o BeesCats (primeiro time de futebol masculino homossexual – foto) embarcam com grande expectativa de medalhas.

Publicidade