Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Bienal do Livro estuda fazer formato híbrido em dezembro de 2021

A ideia é que a feira aconteça entre 3 e 12 de dezembro, para 50% da capacidade de público, em dois turnos diários

Por Marcela Capobianco 11 ago 2021, 12h30

Tradicionalmente, a Bienal do Livro acontece em setembro em anos ímpares, no Riocentro. Mas, com apenas 29,5% da população carioca totalmente vacinada, ainda é cedo para promover um evento que reúne milhares de pessoas em ambiente majoritariamente fechado.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Diante do avanço da campanha de imunização contra a Covid-19, no entanto, a organização da Bienal do Livro Rio planeja realizar o festival de forma híbrida – ou seja, de forma presencial, mas com debates transmitidos pela internet – ainda em 2021.

Para isso, representantes da feira têm se reunido com o poder público e o mercado expositor e literário, para que o evento possa ocorrer com toda a segurança.

+ Ocupação hoteleira no interior do Rio quase volta ao estágio pré-pandemia

Continua após a publicidade

A ideia inicial é que a Bienal aconteça entre 3 e 12 de dezembro, para 50% da capacidade de público, quando toda a população carioca a partir de 12 anos deve estar imunizada, de acordo com o planejamento da prefeitura. A organização da feira ressalta que ela só ocorrerá se houver condições para isso.

+ Rock in Rio confirma edição em setembro de 2022 e anuncia Justin Bieber e Demi Lovato no Palco Mundo

Para implementar o distanciamento social, o festival deve acontecer em dois turnos, das 9 às 15h e das 16h às 22h, com intervalo diário de 1h para higienização completa do ambiente.

+ Mulheres preferem vinho tinto, aponta pesquisa

Para entrar no Riocentro, será necessário mostrar o comprovante de vacinação. O uso de máscaras será obrigatório. A Bienal do Livro vai ocupar uma área total de 100 000 metros quadrados, sendo que 48 000 metros quadrados correspondem à área externa.

Continua após a publicidade
Publicidade