Winehouse (Desde 2014)

Tipos de Bares: Vinhos
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Paulo Barreto, 25 - Botafogo - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa
Telefone: (21) 32644101
Horário:
segunda-feira
17:00 - 00:00
terça-feira
17:00 - 00:00
quarta-feira
17:00 - 00:00
quinta-feira
17:00 - 01:00
sexta-feira
17:00 - 01:00
sábado
17:00 - 01:00
domingo
Fechado
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Lugares/Capacidade total (35)

Resenha por Carol Zappa

Nem dá para lamentar: bicampeão do COMER & BEBER na categoria, o pequeno e informal boteco de vinhos perdeu o título neste ano para um novo negócio dos mesmos donos. A consistente lista de 64 rótulos reúne nacionais e importados a valores convidativos. Para pedir na calçada mesmo, em dias quentes, o branco que leva o nome da casa é feito na vinícola Dom Pedrito, na Campanha Gaúcha, com uvas chardonnay, sauvignon blanc e gewürztraminer (R$ 85,00). Dica do proprietário, o inglês Dominic Parry, o tinto francês Bourgueil Les Hautes Pierres Cabernet Franc (R$ 159,00) é elegante e persistente. Na happy hour, das 17h às 20h, taças ganham desconto de até 40%. Uma alternativa aos vinhos é o porto tonic, drinque com vinho do Porto branco seco, tônica e limão-siciliano (R$ 27,00). A seleção de comidinhas traz, entre outras pedidas, azeitonas marinadas com grissini de parmesão (R$ 17,00) e porção de jamón serrano (R$ 32,00).

Preços checados em julho de 2018.

 

    Comer e beber

    • 2018 - Indicado

      Comer & Beber .

      Nem dá para lamentar: bicampeão do COMER & BEBER na categoria, o pequeno e informal boteco de vinhos perdeu o título neste ano para um novo negócio dos mesmos donos. A consistente lista de 64 rótulos reúne nacionais e importados a valores convidativos. Para pedir na calçada mesmo, em dias quentes, o branco que leva o nome da casa é feito na vinícola Dom Pedrito, na Campanha Gaúcha, com uvas chardonnay, sauvignon blanc e gewürztraminer (R$ 85,00). Dica do proprietário, o inglês Dominic Parry, o tinto francês Bourgueil Les Hautes Pierres Cabernet Franc (R$ 159,00) é elegante e persistente. Na happy hour, das 17h às 20h, taças ganham desconto de até 40%. Uma alternativa aos vinhos é o porto tonic, drinque com vinho do Porto branco seco, tônica e limão-siciliano (R$ 27,00). A seleção de comidinhas traz, entre outras pedidas, azeitonas marinadas com grissini de parmesão (R$ 17,00) e porção de jamón serrano (R$ 32,00).

      Carol Zappa

    • 2016 - Vencedor

      Bar de vinhos Comer & Beber .

      O retrogosto fica para outra ocasião. Distante da formalidade que pode envolver o ritual de servir ou beber um vinho, este simpático espaço com ares de boteco conquistou enófilos esbanjando descontração e preços acessíveis. No pequeno e aconchegante salão, a adega integra a decoração rústica, com madeira nas paredes, azulejos coloridos revestindo o balcão e diminuta cozinha aparente. Tintos, brancos, espumantes e afins são servidos também nas mesas espalhadas pela calçada, na melhor tradição boêmia carioca. A fórmula despretensiosa, em contraste com a interessante seleção de garrafas de todo o mundo, mas na maioria brasileiras, rendeu o bicampeonato à casa de Selene e Dominic Parry — um casal: ela carioca e ele inglês. A carta exibe 65 rótulos, que variam de R$ 75,00 a R$ 205,00 (a exceção é o champanhe Barnaut Grand Cru, a R$ 319,00). Nada espantoso, comparado à concorrência, o aumento em relação ao último ano foi impulsionado pela alta de impostos. Na ala nacional, alguns achados recentes são o Vale do Luar, raro exemplar feito com a uva chenin blanc no Vale do São Francisco, na Bahia (R$ 99,99), e o mineiro Dom de Minas Syrah (R$ 75,00), um dos atuais favoritos. Para explorar novos sabores, procure pelas dicas em taça do dia, exibidas no quadro-negro (preços entre R$ 18,00 e R$ 36,00). Também vale a pena passar por lá na happy hour, de segunda a sexta, das 17 às 20 horas, quando as sugestões podem sair até 40% mais baratas. Bruschettas, como a de gorgonzola, figo e mel (R$ 22,00 a dupla), além de queijos e embutidos, servidos com picles caseiro e gostoso chutney de tomate (a tábua mista com cesta de pães, a R$ 79,00, traz de tudo um pouco), compõem o enxuto e esmerado cardápio. Para quem quiser variar, os drinques locais ganham ingredientes originais, a exemplo do pimm’s de produção própria, espécie de licor à base de gim, típico da Inglaterra. Mas isso é assunto para outro prêmio...

      Carol Zappa

    • 2015 - Vencedor

      Bar de Vinhos Comer & Beber .

      Em um Carnaval que passou, o inglês Dominic Parry conheceu a carioca Selena. A paixão sobreviveu à Quarta-Feira de Cinzas e os dois foram morar juntos em Londres. Lá, nutriram a ideia de voltar para o Rio: planejavam abrir um modesto bar de vinhos na terra da caipirinha e da cerveja. Cabe mais gente em algumas luxuosas adegas da cidade do que no salão do campeão Winehouse. Mesas na calçada acomodam a maior parte dos frequentadores. O pequenino espaço interno tem detalhes charmosos, como azulejos coloridos no balcão e o quadro-negro com dicas de vinho em taça — promoções agitam a happy hour, das 17 às 20 horas. Enxuta, a carta exibe nove espumantes, quinze brancos, quatro rosés, 27 tintos e quatro rótulos de sobremesa. Na lista, o preço mais alto, R$ 299,00, é o do champanhe Barnaut Grand Cru. Uma pechincha, convenhamos, diante do que se vê na concorrência povoada por sommeliers de terno. Em dias mais frescos, é bom programa apreciar o tinto argentino Las Moras Syrah 2013 (R$ 59,00). Ou o espumante da casa (R$ 79,00), parceria com a vinícola brasileira Valmarino. Da cozinha chegam deliciosas bruschettas (R$ 15,00, duas unidades), além de queijos e embutidos fatiados na hora, servidos na tábua com picles e saboroso chutney de tomate (R$ 65,00). Quem já passou agradáveis momentos por lá não demora a concluir que a vitória do Winehouse é, também, a vitória do bom-senso.

      Rafael Cavalieri

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s