Pesquisa sugere que eliminar o glúten faz mal a saúde

Indivíduos que baniram a proteína encontrada em cereais como trigo, centeio e cevada, mostraram-se mais propensos a desenvolver o diabetes tipo 2

Geng Zong, pesquisador do Departamento de Nutrição da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, acompanhou o prontuário de 200 000 pacientes para avaliar a saúde de pessoas que não tinham a doença celíaca mas insistiam em eliminar o consumo de glúten ao seguir uma das dietas da moda. Conclusão: os indivíduos que baniram a proteína, encontrada em cereais como trigo, centeio e cevada, mostraram-se mais propensos a desenvolver o diabetes tipo 2. “Em muitos casos, alimentos sem glúten têm menos ­fibras, vitaminas e minerais e, por isso, são menos nutritivos. Há mais: além de serem mais caros, podem conter mais carboidratos, um dos grandes inimigos na luta contra a balança e o próprio diabetes”, alerta o médico Fabiano Serfaty, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s