Casos de pedras nos rins crescem 30% no verão

O dado é da Sociedade Brasileira de Urologia

O dado é da Sociedade Brasileira de Urologia: os casos de pedras nos rins crescem 30% no verão. “Isso acontece porque a temperatura elevada acarreta maior transpiração e consequente desidratação. Com isso, a urina tende a ficar mais concentrada, o que aumenta o risco de cálculo renal”, explica o urologista Alex Meller, do Departamento de Terapia Minimamente Invasiva da SBU. Para se prevenir, é importante caprichar na hidratação: recomenda-se beber de 2,5 a 3 litros de água por dia. Outra dica do especialista é reduzir o consumo de sódio, não ingerindo mais que 6 gramas de sal por dia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s