Atrações gratuitas para curtir o fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com espetáculos, exposições, eventos e outras atrações

Rodrigo Sha mistura artes visuais e música em inusitada mostra

 (Caio Leitão/Divulgação)

 Hipersensorial. Na divulgação de seu mais recente álbum, Melodrama, a cantora Lorde revelou uma experiência com a sinestesia — em resumo, uma relação entre sensações distintas que a levaria, por exemplo, a ver cores na música. Quem quiser ter impressões semelhantes às da diva neozelandesa só precisará dar um pulo até a Casa França-Brasil, onde está em cartaz uma mostra concebida pelo saxofonista Rodrigo Sha. O músico reuniu dez obras dos grafiteiros Fábio Ema, Ayrá Crespo e Marcelo Lamarca e, inspirado em cada uma delas, compôs músicas, que são tocadas em fones de ouvido enquanto os visitantes circulam pela exposição. Do psicodélico eletrônico atribuído a Shamanismo à trilha de O Encontro com o Pássaro, o programa resulta em uma experiência singular. Três esculturas de Flávio Rossi, incluindo a imponente Pensador (foto), integram o acervo. De segunda a sexta, sempre às 18h, Sha promove um pocket show em um pequeno palco montado no histórico salão. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até o dia 30.

Alair Gomes ganha exposição em sua homenagem no Rio

 (Alair Gomes/Divulgação)

Reconhecido como pioneiro da fotografia homoerótica no Brasil, Alair Gomes (1921–1992) será celebrado em uma exposição no Colégio Brasileiro de Altos Estudos (antiga Casa do Estudante Universitário da UFRJ), em cartaz a partir de terça (18). Além de registros inéditos do homenageado, como exemplares da série em cores Carnaval (foto), cedida pela Biblioteca Nacional, cerca de 100 obras de artistas contemporâneos engrossam o acervo e ampliam a discussão inspirada pelo trabalho do fotógrafo. Conexões Tropicais — Um Tributo a Alair Gomes busca refletir sobre o preconceito que envolve questões sexuais, com enfoque na sucessão de crimes de ódio cometidos nos últimos anos. O próprio Alair faz parte dessa trágica tradição: ele morreu assassinado por um de seus amantes. Avenida Rui Barbosa, 762, Flamengo. Segunda a domingo, 9h às 20h. Grátis. Até 28 de julho. 

Débora Bolsoni abre mostra inspirada em canção de Luiz Melodia

 (Debora Bolsoni/Reprodução)

“O sol vermelho é o clarão do dia / Da ilha longa de Paquetá.” Os versos de Luiz Melodia levaram a artista plástica Débora Bolsoni a desenvolver projetos sobre a dualidade entre quietude e movimento. O resultado é uma mostra batizada com o nome da canção Pra Aquietar, com abertura prevista para sexta (21), na galeria Athena Contemporânea. Concebidas durante um período de residência na fundação Cité Internationale des Arts, em Paris, as trinta obras inéditas seguem a linguagem desenvolvida por Débora, com formas tridimensionais que se relacionam com a arquitetura dos espaços. Entre os destaques estão a série No Names, But Names, com desenhos dispostos em cima de carrinhos de transporte, e a minimalista obra Esmaltado (foto), parte da série Sinédoques do TindibaAvenida Atlântica, 4240 (Shopping Cassino Atlântico), Copacabana. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 19 de agosto. A partir de sexta (21).
Exposição “Urbanizia”

 (Luciana Gaspar/Divulgação)

Sete artistas, entre eles Benjamin Rothstein, Danielle Cukierman e Henrique Kalckmann, exibem quarenta composições inéditas a partir de quarta (19), na coletiva Urbanizia, espalhada por todas as galerias do 2º andar do Centro Cultural Justiça Federal. Pinturas, instalações, vídeos e objetos apresentam um olhar contemporâneo sobre a vida nos grandes centros urbanos. Metropolis, de Luciana Gaspar (foto), integra a lista. Flávio Santoro, Milena Soares e Rosana Diuana completam o time, escolhido sob curadoria de Isabel Sanson Portella e Jozias Benedicto. Avenida Rio Branco, 241, Centro. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 3 de setembro. 

Carlos Zilio apresenta exposição individual na Anita Schwartz

 (Vicente Mello/Divulgação)

Depois de mostrar sua obra no nova-iorquino MoMA, em 2015, como participante da coletiva Transmissions: Art in Central Europe and Latin America, 1960-1980, o artista plástico carioca Carlos Zilio estrela uma individual em sua terra natal. Ele vai exibir trabalhos inéditos na Anita Schwartz Galeria de Arte, a partir de quinta (20). Carlos Zilio — Pinturas, Desenhos e Objetos reúne quinze criações, de tamanhos variados, que tiveram como mote a figura do tamanduá. Curiosidade: o pai de Zilio tinha um como animal de estimação. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea. Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 26 de agosto. 

Lagoa Blues Festival 

Alguns dos músicos presentes no evento: Ivan Mariz, Luis Selva, Alex Ribero, Alamo Leal, Gueta Ridzi e Big Gilson

Alguns dos músicos presentes no evento: Ivan Mariz, Luis Selva, Alex Ribero, Alamo Leal, Gueta Ridzi e Big Gilson (Lagoa Blues Festival/Divulgação)

Nesta semana, o tradicional Lagoa Bier Fest se transforma em um evento de gastronomia com muito blues, uma homenagem ao gênero musical originado no extremo sul dos Estados Unidos. A partir de sexta (21), o Lagoa Blues Festival toma conta do Parque da Catacumba. O público vai poder curtir de graça o som da banda Beale Street; do genuíno blueseiro brasileiro Big Gilson; e do músico Alamo Leal, que completa 40 anos de carreira mantendo seu estilo pessoal em uma mistura de blues, soul e R&B. Além de outras atrações musicais. SAIBA MAIS.

Shopping Grande Rio realiza evento de pipas

O céu da Baixada Fluminense ganhará um colorido todo especial com um evento que promete atrair a criançada da região. A exposição ‘Pipa na Mão’ irá revelar diversos modelos de pipas artísticas populares, numa coletânea produzida pelo artista, Max da Fonseca Cardoso, que confeccionou os modelos ao longo de sua carreira como pipeiro. O público poderá conferir modelos nacionais e também internacionais como: pipas Dragão da Indonésia, pipa Morcego do Nepal, águias da China, borboletas do Cambodja, a Gueixa e o Cisne do Japão, entre outras. O empinamento de pipas é praticado no Extremo Oriente desde os primórdios. Muitas lendas e suposições contam que o primeiro voo de uma pipa ocorreu há 200 anos antes de Cristo, pelos chineses. No Brasil, a prática foi trazida pelos portugueses em 1596. Com a popularização da prática por todo o mundo, novos nomes e diferentes formatos foram adotados.

Rua Maria Soares Sendas, 111, São João de Meriti. Segunda a sábado, 10h às 22h; domingo, 13h às 21h

Projeto UP Street

 (Uptown Barra/Divulgação)

Neste fim de semana, o shopping Uptown, na Barra da Tijuca, realiza a primeira edição do ‘UP Street, Cultura de Rua Uptown’, ação de intervenção urbana que terá diversas atrações gratuitas para o público. O projeto visa mostrar o trabalho de jovens grafiteiros de Rio das Pedras e Gardênia Azul, na Zona Oeste do Rio, além de convidados de outras comunidades cariocas. Juntos, eles vão colorir as portas das lojas e transformar o centro comercial em uma verdadeira galeria de arte a céu aberto. A programação prevê ainda batalhas de MC’s e de dança com premiações. Além de workshops, customização de blusas, recreação infantil e shows de rap.

Avenida Ayrton Senna, 5.500, Barra da Tijuca. Sábado (22), 13h e domingo (23), 11h. Grátis.

Choro na Gamboa 

 (Silvana Marques/Divulgação)

O Projeto Irineu de Almeida (foto) resgata a obra do compositor, mestre de Pixinguinha e craque do oficleide, instrumento de sopro criado em 1817, na França, adotado nas primeiras rodas de choro e depois esquecido. O grupo é atração na abertura da 3ª edição do Choro na Gamboa, festival gratuito, organizado pelo violonista Yamandu Costa, dedicado à união de tradição e vanguarda. O sax de Leo Gandelman e o bandolim de Luis Barcelos encerram a primeira noite. No segundo dia, Izaias e Seus Chorões interpretam Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga, antes de o trio formado por Arismar do Espírito Santo (multi-instrumentista), Alexandre Ribeiro (clarinete) e Fábio Peron (bandolim) levar o gênero por novos caminhos. E tudo acaba em festa com o Choro na Rua, integrado por bambas como Silvério Pontes (trompete), Zé da Velha (trombone) e Bebê Kramer (acordeão). Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, 5, Zona Portuária. Sexta (21) e sábado (22), 18h. Grátis (sujeito a lotação).

Center Shopping Rio recebe peça “Saltimbancos”

 (Juliana Henriques/Reprodução)

Adaptado por Pablo Oliveira, o musical infantil conta a história de quatro animais revoltados com as obrigações impostas pelos seus patrões. Um jumento que não aguenta mais carregar peso nas costas e ser chamado de burro, um cachorro cansado de ser cão-de-guarda, uma galinha que não bota mais ovo e, arriscada a virar canja, foge de sua patroa e uma gata de madame desejando liberdade para poder cantar com a gataria da rua e virar uma superstar. Os quatros animais se encontram, se juntam e decidem ir à cidade para virarem músicos. No caminho encontram uma casa habitada por barões e decidem ficar por lá mesmo. O problema é expulsar os barões de lá para viverem livres de seus patrões.

Center Shopping Rio. Av. Geremário Dantas, 404 – Jacarepaguá. Domingo (23), 17h. Grátis.

Concertinhos de Eva

Kristina Augustin e Mario Orlando formam o único duo de violas da gamba em atividade permanente no Brasil, que vem realizando um trabalho de estudo, pesquisa e concertos, com repertório original para duas violas. Para a apresentação eles selecionaram danças da Idade Média e da Renascença com intuito de demonstrar a beleza das melodias e a variedade de instrumentos. Cada peça será executada com um instrumental diferente como vielle de roda, chifre, vielle de arco, flauta doce e Villa da Gamba proporcionando leveza e variedades de timbres ao longo do concerto. Ao final o duo fará uma breve dinâmica com a platéia ensinando uma dança de roda conduzindo o público, através da prática, à beleza e leveza dos passos da dança do passado.

Casa Museu Eva Klabin. Av. Epitácio Pessoa, 2480 – Lagoa. Sábado (22), 16h. Grátis (distribuição de senhas a partir das 15h).

Feira de Antiguidades na Marina da Glória

Grandes capitais mundo afora possuem entre seus pontos turísticos um espaço único dedicado ao mercado de antiguidades. O Rio de Janeiro, que tem quatro locais importantes do segmento, ganha a partir deste domingo, 23/07, a grande feira Época de Glória, que vai reunir no pavilhão de eventos da Marina da Glória expositores da Lavradio, Praça XV, antiquários da Siqueira Campos e Cassino Atlântico.

Para a primeira edição estão confirmados 120 expositores que vão apresentar móveis, tapetes, prataria, louças, roupas, acessórios, esculturas, itens de memorabília, e outros objetos de antiguidades. Entre os destaques estão vasos do vitralistas francês Émeli Gallé e coleção de Opalinas Baccarat.

Marina da Glória. Av. Infante Dom Henrique, s/nº, Glória. Domingo (23), 9h às 20h.

Arena Bob Esponja

Um dos personagens mais queridos da criançada, Bob Esponja, marca presença nas férias do Shopping Leblon e será o destaque da grande arena temática, no primeiro piso. No circuito de brincadeiras, as aventuras ao lado do amigo ‘Patrick Estrela’ não ficam de fora e estarão representadas em estações como a de pesca e a mesa de disputa de bolinhas, disponíveis durante o período, sempre das 16h às 20h.

Shopping Leblon. Avenida Afrânio de Melo Franco 290, Leblon. Segunda a sábado, 10h às 22h, domingo, 11h às 21h. Até 30 de julho.

Museu de Arte do Rio

Museu de Arte do Rio MAR Museu de Arte do Rio, o MAR

Museu de Arte do Rio, o MAR (Alexandre Macieira/Riotur)

Sob a gestão do Instituto Odeon, o Museu de Arte do Rio – MAR terá entrada grátis em todos os fins de semana do mês de julho. O público poderá conferir na faixa as exposições Dja Guata Porã, sobre a influência indígena na história do Rio; O Nome do Medo, com figurinos desenvolvidos por crianças para proteger-se de seus medos; Meu Mundo Teu – Alexandre Sequeira, com fotografias de pessoas e convivências em determinadas comunidades; e Dentro, com obras de Waltercio Caldas e Amilcar de Castro, dentre outros. Para mais informações sobre a programação acesse o site

Mostra Mundo Giramundo

 (Pedro Motta/Divulgação)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Maior coleção particular de marionetes das Américas, com aproximadamente 1 500 bonecos e objetos de cena, o acervo do Museu Giramundo chega de Belo Horizonte para abastecer uma alentada exposição na Caixa Cultural. A partir de quarta (12), o espaço recebe 130 bonecos confeccionados para as montagens do grupo teatral criado em 1970 pelos artistas plásticos Álvaro Apocalypse, Tereza Veloso e Maria Antonieta Martins. Na programação da Mostra Mundo Giramundo, que ainda conta com desenhos e vídeos, estão previstos workshops gratuitos de manipulação (dia 21, às 15h), além da apresentação do espetáculo Pedro e o Lobo (dias 29 e 30, 16h). Atualmente, o trabalho do Giramundo pode ser visto também na TV: marionetes da trupe contracenam com os bonequeiros representados por Danton Mello e Dani Barros na novela Pega Pega. Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 27 de agosto.

Exposição de Pedroluiss

No sábado (30), o Instituto Cervantes apresenta a exposição Castelos de Luz na Noite Escura, com registros de Renan Cepeda dos castelos medievais espanhóis da região de Castilla y León. As belas imagens foram captadas com a técnica light painting, que consiste em fotografar com velocidade baixa imagens noturnas e inserir luz mediante diferentes técnicas. O contraste entre claro e escuro confere uma poética e cria novas identidades para símbolos do misticismo e do romantismo da península Ibérica. A série já foi premiada pelo Sony World Photography Award.

Instituto Cervantes. Rua Visconde de Ouro Preto, 62, Botafogo. Segunda a sábado, 10h às 19h. Grátis. Até 21 de agosto.

Los Carpinteros

 (Los Carpinteros/Divulgação)

Retrospectiva de viés político e bem-humorado. A dupla cubana exibe pinturas, objetos, desenhos e vídeos. CCBB. Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 1º de agosto.

Festa Brasileira: Fantasia Feita à Mão

Inspiradas por grandes celebrações folclóricas (como o bumba meu boi, do Maranhão, ou o maracatu rural, de Pernambuco), obras de artesãos de todo o país foram selecionadas para a exposição Festa Brasileira: Fantasia Feita à Mão. Com abertura prevista para terça (20), no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (Crab), a mostra apresenta objetos, adereços, máscaras, vestimentas e instrumentos musicais espalhados por nove ambientes. Os destaques incluem um conjunto de pequenas esculturas assinadas por Vitalino Pereira dos Santos, o renomado Mestre Vitalino (1909-1963) — entre elas Casamento a Cavalo (foto). Praça Tiradentes, 69, Centro. Terça a sábado, 10h às 17h. Grátis. Até 28 de outubro.

Exposição Olímpica

 (Beto Gatti/Divulgação)

A partir de 23 de junho, Dia Olímpico, o Via Parque vai receber uma série de atrações para celebrar a data que marca a fundação do Comitê Olímpico Internacional (COI), em 1894, e tem por objetivo promover o Olimpismo e o Movimento Olímpico em todo o mundo. Será possível conferir uma exposição com 11 fotografias inéditas, no 2º piso do shopping. São cliques de atletas do Time Brasil, que emocionam o país competindo em suas modalidades, como a que ilustra o sorriso tímido e orgulhoso da judoca e medalhista Rafaela Silva. A exposição poderá ser vista no horário de funcionamento do shopping, de 10h às 22h, de segunda a sábado, e de 13 às 21h, aos domingos.

J.Carlos: Originais

Quase 300 originais de José Carlos de Brito e Cunha, o grande desenhista J. Carlos (1884-1950), guiam o passeio pela história da primeira metade do século XX. IMS. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 22 de outubro.

Mostras de Fotografia – Chichico Alkmim

Cerca de 200 imagens históricas, do início do século XX, feitas em Diamantina, são exibidas junto com uma centena de negativos de vidro e uma máquina de fole semelhante à que era usada pelo fotógrafo mineiro. Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 1º de outubro. 

Museu do Bonsai

Há pouco mais de um mês, a loja de decoração Espaço Ásia, no Recreio, abriu o Museu do Bonsai, que exibe exemplares da típica árvore anã, obtida por meio da poda de raízes e da condução de galhos, entre outras técnicas usadas em espécimes comuns — e bem maiores. Mundo afora, as árvores mais elaboradas chegam a custar R$ 30 000,00. No museu do Recreio, para quem se animar com a visita, há plantas cotadas a R$ 150,00. Espaço Ásia. Avenida das Américas, 14002, Recreio. Segunda a sábado, 9h às 17h30.

Galeria Marcelo Guarnieri

Orientado pela proposta de promover um diálogo entre arte moderna e contemporânea, o local apresenta, no momento, esculturas de animais assinadas pela artista búlgara Liuba Wolf. Curiosidade: as mesmas obras foram exibidas em 1965 no Museu de Arte Moderna. Rua Teixeira de Melo, 31 (lojas C e D), Ipanema. Segunda a sexta, 11h às 18h; sábado, 11h às 15h.

Mercedes Viegas

Fundada nos anos 2000, representa cerca de vinte artistas. Atualmente, reúne, na coletiva Rosa, trabalhos de nomes como Antonio Bokel e Vânia Mignone. Rua João Borges, 86, Gávea. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábados, 15h às 19h. Grátis.

Bar Bukowski para funcionários públicos

Uma das classes mais afetadas pela crise financeira que acomete o estado Rio de Janeiro, com salários atrasados, os funcionários públicos terão ao menos um alívio quando quiserem se divertir:desde o mês passado, o Bar Bukowski, em Botafogo, oferece entrada gratuita aos sábados para funcionários públicos que apresentarem o holerite, até às 23 horas. A promoção, segundo a casa, segue “enquanto essa situação vergonhosa durar”. Inaugurado em 1997, o Bukowski é uma das mais antigas casas de rock da cidade, e espalha o melhor do gênero por três pistas, em um casarão de dois andares e um quintal arborizado com dois bares, sinuca e área com narguilé.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s