6 dicas para curtir o Carnaval com leveza e sem dores

De norte a sul do Brasil, o Carnaval empolga milhares de foliões em cinco dias de festa. Saiba como aproveitá-lo sem prejudicar a saúde

A espera dos foliões chegou ao fim: entre os dias 9 e 13 de fevereiro, o Carnaval tomará as ruas de várias cidades do país, resultando num fluxo total de 10,7 milhões de viajantes brasileiros e cerca de 400 000 turistas internacionais. A festa traz consigo uma maratona de blocos, desfiles, trios elétricos e festas, que vão desde o interior até grandes cidades, como Rio de Janeiro, Salvador, Recife e São Paulo.

Além da lista com a programação dos cinco dias de evento, é importante ter cuidados com o corpo para não deixar que a azia e a dor de cabeça prejudiquem a festa afinal, se a noite foi boa, o dia seguinte também tem que ser.

Confira, a seguir, seis dicas sugeridas pela doutora Ana Santoro, gerente médica da GSK no Brasil, para que todos curtam o carnaval sem provocar danos à saúde.

1. Não ficar longos períodos sem comer

Aproveite os intervalos entre um bloco e outro, ou depois do desfile da sua escola preferida, para se alimentar. Ficar longos períodos sem comer aumenta as chances de azia e dor de cabeça – e pode provocar quedas de pressão ou, até mesmo, desmaios. Uma alimentação leve no café da manhã, rica em carboidratos e com muitas frutas, é a principal recomendação. “Quando acordamos, nosso estômago está vazio e uma alimentação com ingestão de cafeína, por exemplo, pode desencadear os sintomas”, explica.

2. Beber água

Como no Carnaval a festa acontece no verão e, majoritariamente, em espaços abertos, é comum que o organismo se desidrate mais rapidamente. “É importante lembrar que não só o álcool causa a desidratação, mas também a grande exposição ao sol e a falta de reposição de líquido no organismo”, diz Ana Santoro. Por isso, é muito importante carregar consigo garrafas d’água, assim como outras bebidas não alcoólicas.

3. Proteger-se do sol

Aquele famoso conselho “nunca deixe de usar o filtro solar” é mais atual do que nunca. O verão brasileiro não dá trégua – fique longe de uma insolação.

4. Usar roupas leves

Fantasia, traje de banho ou roupas comuns: o mais importante para o Carnaval, principalmente em áreas com muitas pessoas e sol, é usar roupas leves e que não provoquem mais calor que a temperatura do local.

5. Dormir bem

Ninguém quer ficar de fora da festa, mas recarregar as energias é importante e garante que, no dia seguinte, você vai estar pronto para outra. “O sono ajuda a repor as energias. O repouso é fundamental para manter-se saudável”, indica a especialista.

6. Como agir se a dor aparecer

Se ainda assim a azia e a dor de cabeça aparecerem, uma outra maneira de tratá-las é com o uso de antiácidos e analgésicos, alguns inclusive específicos para os dois sintomas associados – azia e dor de cabeça. “Uma das formas de combater o problema é utilizar medicamentos que contenham ácido acetilsalicílico, como o Sonrisal, que possui efeito 2 em 1, antiácido e analgésico”, explica a médica, que alerta: “Qualquer sintoma que se torne persistente deve ser investigado e acompanhado por um médico. O produto não é indicado em casos de suspeita de dengue”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s