Clique e assine por apenas 4,90/mês

Teatro adulto: quatro peças para assistir no Feriado de Paścoa

Em tempos de pandemia e teatros fechados, produtores, atores e autores recorrem à internet para divulgar seus espetáculos

Por Marcela Capobianco - Atualizado em 13 abr 2020, 10h42 - Publicado em 9 abr 2020, 17h29

O feriado da Páscoa já começou e, portanto, não podem faltar dicas de cultura para se divertir sem sair de casa. Confira peças que estarão disponíveis  para serem assistidas pela internet neste fim de semana (10 a 12 de abril).

Nefelibato. Com direção de Fernando Philbert e supervisão artística de Amir Haddad, o monólogo estrelado por Luiz Machado narra a trajetória de um homem que vai morar nas ruas após  os efeitos devastadores da crise econômica nos anos 90. Pelas ruas da cidade, Anderson oscila entre a lucidez e a loucura – ele hoje é apenas a sombra de um homem outrora bem-sucedido, mas que perdeu tudo: sua empresa, todas as suas economias, o grande amor da sua vida e um parente querido. O texto é de Regiana Antonini. O espetáculo est�� disponível gratuitamente pelo YouTube até 20 de abril.

+ Peça que estrearia em apartamentos está em cartaz por videoconferência

A Tropa. Peça vencedora do concurso Seleção Brasil em Cena do CCBB como melhor texto. Na trama, um pai doente recebe a visita dos quatros filhos no hospital. O que seria apenas um encontro em função de um parente debilitado se revela um acerto de contas familiar, permeado de humor e afeto, tendo como pano de fundo os últimos 50 anos da hstória brasileira, dos tempos da ditadura militar à Operação Lavo Jato. Dirigida por Cesar Augusto, a peça é estrelada por Otávio Augusto. Clique aqui para assisti-la.

Continua após a publicidade

+ Para receber a Veja Rio em casa, é só clicar aqui.

A Tropa: peça com texto de Gustavo Pinheiro está disponível pela internet Elisa Mendes/Divulgação

+ Galerias de arte cariocas exibem telas de artistas pela internet

Alair. O espetáculo joga luz à vida do fotógrafo Alair Gomes, precursor da fotografia homoerótica no Brasil, que conquistou a consagração internacional com seu trabalho, que reuniu mais de 170 000 negativos cujo tema central era a beleza do corpo masculino. O papel principal é interpretado por Edwin Luisi e a direção também é de Cesar Augusto. Confira o link aqui.

Alair: história de fotógrafo brasileiro que foi precursor da arte homoerótica é contada no espetáculo Elisa Mendes/Divulgação

+ Crianças: sessões de contação de história gratuitas pelo Facebook

Continua após a publicidade

A Marca da Água. O trabalho da Cia Armazém de Teatro estreou em 2012 e pode ser visto em casa. O premiado texto é de Mauricio Arruda Mendonça e Paulo de Moraes. A protagonista Laura vive numa aparente placidez, uma espécie de tristeza cotidiana. Até que um peixe enorme aparece misteriosamente no seu jardim. A presença estranha do animal, a discussão com o marido e as picuinhas da vida em família são pistas falsas sobre o rumo das coisas, porque Laura está diante do inevitável. Você assiste ao espetáculo clicando aqui.

A Marca Da Água: espetáculo da Armazém Companhia de Teatro pode ser visto pelo Vimeo Reprodução/Facebook
Publicidade