Clique e assine por apenas 3,90/mês

Cristo terá projeção para divulgar campanha contra fome neste domingo

Iniciativa do Sesc do Rio de Janeiro terá bênção do Padre Omar transmitida em live nas redes sociais

Por Marcela Capobianco - 8 Maio 2020, 12h32

Neste domingo (10), às 18h30, a estátua do Cristo Redentor, um dos grandes símbolos do Rio de Janeiro, ganhará uma projeção que chamará atenção para uma campanha contra a fome. Sobre o monumento apagado, será projetada a palavra “fome” na parte central da estátua. Em seguida, aparecerá a imagem de um coração, no peito do Cristo, que ganha a cor vermelha e começa a “bater”. O movimento acelera gradativamente até que o coração se transforma em uma maçã, que cai aos pés do monumento. A partir daí, representações gráficas de outras frutas e legumes vão surgindo até que o monumento se “encha” de alimentos que encobrem a palavra “fome”. Na sequência, após os alimentos se acumularem até o topo da manta, a projeção mostra um legume verde explodindo e colorindo grande parte da imagem.

Projeção no Cristo: atenção para campanha contra a fome Sesc RJ/Divulgação

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

A iniciativa chama a atenção para a campanha solidária #MesaSemFome, da Fecomércio, por meio do Sesc RJ, que está arrecadando alimentos e material de higiene doados pela população em supermercados, farmácias, paróquias e condomínios do estado do Rio. Os donativos serão revertidos para a população em situação de vulnerabilidade social.

+ Fim de semana terá festival de teatro on-line

Um pouco mais cedo, às 18h, o Padre Omar dará uma bênção diretamente do Morro do Corcovado, transmitida pelo canal do Youtube do Sesc. Em seguida, o historiador Leandro Karnal fará uma palestra sobre as mudanças sociais provocadas pelo isolamento e pela pandemia da Covid-19.

+ Zeca Pagodinho, Roberto Carlos e Anitta farão lives no fim de semana

“O Mesa Brasil executa com enorme competência a logística do bem, sensibilizando a sociedade, identificando as necessidades. Viabiliza o Pão Nosso de cada dia e de cada noite aos desamparados. Nada mais cristão. Nada tão humano!”, afirma Padre Omar.

+ Lockdown parcial é ampliado na Zona Oeste

 

Continua após a publicidade
Publicidade