Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Rock in Rio 2017: 605 kg de alimentos descartados em 2 dias

Ação da Vigilância Sanitária foi alvo de críticas de chefs como Roberta Sudbrack

Por Redação Veja Rio Atualizado em 18 set 2017, 20h17 - Publicado em 18 set 2017, 18h05
Lucas Sá/I Hate Flash

A Vigilância Sanitária descartou 605 quilos de alimentos apenas nos dois primeiros dias de Rock in Rio 2017. Ao todo, o órgão realizou 204 inspeções e lavrou 27 autos de infração na sexta e no sábado da Cidade do Rock.

Problemas relacionados à higiene e à manipulação errada de alimentos utensílios foram as principais razões para os decartes. No restaurante Laguiole, responsável pelo bufê da área vip, 10 quilos de tempero e 40 quilos de sanduíche foram jogados fora na sexta (15).

No dia anterior (14), a chef Roberta Sudbrack decidiu fechar seu espaço no festival após uma blitz da Vigilância descartar 180 quilos de alimentos que seriam utilizados na produção de seus sanduíches. A cozinheira publicou um texto no Facebook reclamando da fiscalização.

“É a legislação do Brasil”, defendeu-se subsecretária de Vigilância Sanitária Márcia Rolim em relação ao caso. “Há legislação para o produtor rural, para produtos artesanais e, se não tem qualidade, eu tenho problema de mortalidade. Eu tenho pessoas que morrem por causa de intoxicação alimentar todos os dias”, complementou ela.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade