Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Conheça mais de 80 endereços com as melhores comidinhas do Rio

As sugestões vão de padarias até hamburguerias, lugares para experimentar um bom sorvete e opções veganas

Por Carolina Barbosa e Carol Zappa Atualizado em 25 out 2021, 12h01 - Publicado em 22 out 2021, 06h00

AÇAÍ

Amazônia Soul
Ingredientes e receitas típicas do Norte municiam o cardápio e as prateleiras deste misto de lanchonete e empório, criado há mais de uma década pelo paraense Carlos Castilho Jr. e tocado por seu filho, Eduardo. Servido em quatro tamanhos (de 180 gramas, por R$ 14,90, a 500 gramas, R$ 28,90), o açaí orgânico pode ser batido puro, como manda a tradição nortista, ou com mel ou açúcar, mas nada de xarope de guaraná. Para quem preferir o jeitinho carioca, deve-se adicionar frutas (R$ 2,00), granola (R$ 2,90), entre outros itens. A polpa da fruta também é vendida congelada (R$ 50,00 o quilo). Prove a unha de caranguejo, empanada na massa de tucupi (R$ 15,90). Outra versão traz a carne do crustáceo acompanhada de farofa do Pará, mais amarelinha e crocante (R$ 34,90). Ainda entre os clássicos, o tacacá é servido na cuia com tucupi, camarão, tapioca e jambu (R$ 29,90). Rua Teixeira de Melo, 37, Ipanema, ☎ 2247-1028 (32 lugares). 12h/21h. http://www.amazoniasoul.com.br. Aberto em 2009. Peça no ifood

ASA Açaí
A missão ambiental e toda a filosofia seguida na cozinha estão na sigla que batiza a casa: Ação Sustentável da Amazônia. Tendo apreço por insumos cultivados no Norte por famílias que prezam o cultivo agroflorestal, o local serve o açaí campeão de VEJA RIO COMER & BEBER 2019/2020, adoçado com mel, melado ou açúcar orgânico (R$ 14,50, o pequeno). Vale conferir as novidades refrescantes: sorbets em sabores como graviola, taperebá e manga com tucumã (R$ 19,00, 500 mililitros), e as vitaminas veganas (R$ 12,00, 300 mililitros), com leite de castanha-de-caju. Há ainda ótimas receitas salgadas, caso da tapioca de caranguejo ao tamarindo (R$ 23,00). Em fevereiro, a marca ganhou um novo ponto na Barra, dentro do Condomínio Mundo Novo. Rua Jardim Botânico, 67,3563-9179 e 98849-4541 (15 lugares). 8h/20h; Avenida das Américas, 8445, loja 108, Barra,3349-7960 (4 lugares). 9h/21h. Aberto em 2016. http://www.asaacai.com.br. Peça no ifood

Tacacá do Norte
Se hoje há na cidade bons representantes de sabores do Norte do país, este diminuto ponto é há quase cinco décadas referência no assunto. Em torno do balcão, são escolhas garantidas o autêntico açaí na tigela ou no copo (R$ 23,00, 400 mililitros), incrementado com granola, farinha de tapioca ou d’água, os sucos de frutas regionais, como murici, mangaba e cupuaçu (R$ 12,00 cada), e as imbatíveis unhas de caranguejo (R$ 13,00 a unidade), com a carne do crustáceo empanada. Em 2020, o negócio expandiu para a loja ao lado: em salão climatizado com 36 lugares, o Tacacá Gourmet funciona de 11h30 às 23h com receitas típicas mais variadas, de petiscos a pratos. Entre as duas lojas, instalou-se também uma unidade da sorveteria Blaus, de sabores da região. Rua Barão do Flamengo, 35, lojas O e R, Flamengo, ☎ 2205-7545 e 2225-4359 (23 lugares). 9h/22h (dom. até 20h). http://www.instagram.com/tacaca_do_norte. Aberto em 1973. Peça no ifood

CAFÉS

Armazém do Café
Pioneira nessa seara, a rede criada há 24 anos pelo empresário Marcos Modiano tem seis lojas espalhadas pela Zona Sul, todas sob sua supervisão. Ali são oferecidos sete tipos de café das mais famosas regiões produtoras do Brasil, torrados de forma a preservar o aroma e o sabor de cada um e moídos na hora do pedido, o que faz toda a diferença. Encorpado, o blend da casa é feito com grãos do sul de Minas, Cerrado mineiro e Alta Mogiana paulista (R$ 8,00 o expresso; R$ 85,00 o quilo, para levar). A estrela local aparece ainda em bebidas como o cappuccino cremoso, com uma dose de chocolate (R$ 14,00), e o brasil, à base de expresso, cachaça e chantili (R$ 22,00). Como coadjuvantes, aposte nos dadinhos de tapioca (R$ 6,50, três unidades) ou na tortinha de pecã (R$ 15,00). Avenida Ataulfo de Paiva, 375, loja C, Leblon, ☎ 3874-5923 (26 lugares). 9h/19h (dom. a partir das 10h); Rua Visconde de Pirajá, 414, loja 114, Ipanema ☎ 2267-6462 (16 lugares). 9h/19h (sáb. até 14h30; fecha dom.). Mais quatro endereços. http://www.armazemdocafe.com.br. Aberto em 1997.

Bica
Empreitada de três irmãs — a arquiteta Vanessa Leite e as designers Marcella e Paula —, o charmoso espaço aberto em setembro tem piso de ladrilho hidráulico, mobiliário garimpado em fazendas e cardápio de comidinhas assinado pelo chef Lúcio Vieira, do Lilia e Labuta Bar. Nele constam pedidas para um saboroso brunch, como o pão de queijo de meia cura, Canastra, minas padrão e parmesão (R$ 14,00) e os ovos beneditinos (R$ 36,00), com crocante de Parma e molho hollandaise no brioche. Da seção doce, prove o bolo de aipim com limão-siciliano e calda de doce de leite e flor de sal (R$ 24,00). Para bebericar, há desde cafés especiais (R$ 8,00 o expresso) até cervejas artesanais e uma seleção de vinhos orgânicos e biodinâmicos da sommelière Maíra Freire, do Lasai. Nas prateleiras, produtos artesanais, como granola, chás, geleias e azeites para levar para casa. Rua Jardim Botânico, 585, ☎ 3580-5723 (30 lugares). 9h/16h (fecha seg. e ter.). → http://www.instagram.com/la_na_bica. Aberto em 2021.

Café do Alto
Atração principal no casarão de sotaque nordestino do Largo dos Guimarães, o brunch porreta (R$ 66,00), premiado na VEJA RIO COMER & BEBER 2018/2019, foi adaptado para os tempos atuais: no lugar do bufê, os mais de trinta itens são pedidos por comanda à vontade até as 13h. Tem macaxeira, cuscuz de milho, ovos mexidos com carne-seca, bolo de rolo e atrações mais recentes, como dadinhos de coalho com tapioca, ceviche de banana e bolinho de estudante. A casa segue com horário e capacidade reduzidos, por isso é recomendável reservar. A pedida vale também para o delivery, pelo mesmo valor, com quinze itens à escolha. No almoço, fazem sucesso os matulões (R$ 29,00), saborosos PFs que mudam a cada mês. A ala vegetariana ganhou reforços, como o bobó de castanha-de-caju (R$ 40,00). Rua Paschoal Carlos Magno, 143, Santa Teresa, ☎ 2507-3172 e 98024-1666 (38 lugares). 10h/16h (sáb. e dom. 9h/17h30; fecha de seg. a qua.). http://www.cafedoalto.com.br. Aberto em 2012.

Café Lunático
Com temática inspirada na astrologia e na astronomia, o café é assunto sério por aqui: os grãos são selecionados de pequenos produtores por duas microtorrefações do Rio (Café ao Leu e Five Roasters) e todos os funcionários — da cozinha ao caixa — são baristas. As receitas, é claro, levam os nomes dos signos: o câncer é filtrado e extraído à mesa no método escolhido pelo cliente — V60, Aeropress, prensa francesa, Clever (R$ 12,00, 220 mililitros) ou Chemex (R$ 18,00, 440 mililitros). Entre os gelados, o touro é um shake de Ovomaltine com café e sorvete de baunilha (R$ 16,00, 300 mililitros). A torrada astrópolis, no brioche, pode vir com mix de queijos (R$ 17,00), e o buraco negro traz bolo de chocolate sem farinha e supercremoso, servido quente com chantili (R$ 13,00). Rua General Roca, 539, Tijuca, ☎ 99001-7646 (18 lugares). 9h30/18h30 (sáb. até 17h30; fecha dom. e seg.). http://www.cafelunatico.com.br. Aberto em 2021.

Cafuné
Música alta, luz baixa e muito café. Esse é o lema do espaço com paredes de madeira e cimento queimado — um “pub matinal”, segundo o proprietário Leo Esteves, filho do cantor e compositor Erasmo Carlos. A trilha sonora de folk, blues e MPB recebe os mesmos cuidados que a bebida, feita com grãos de Minas Gerais e das montanhas capixabas, selecionados pela alta pontuação em concursos, torrados e moídos na hora. Todo mês é produzido um blend da casa, degustado no expresso (R$ 6,60) ou no filtrado (R$ 11,00), em diferentes métodos. Há variações, como o cafuné gelado, que reúne ainda leite, baunilha, cacau em pó e gelo (R$ 12,70). Receita caseira, o waffle de pão queijo (R$ 14,30) pode ir com geleia de pimenta ou mel. Shopping Città America, Barra, ☎ 2132-8260 (30 lugares). 7h30/20h (sáb. 8h30/16h30; fecha dom.); Avenida João Cabral de Melo Neto, 850, Barra, ☎ 4105-1609 (35 lugares). 7h30/20h (sáb. 8h30/16h30; fecha dom.). http://www.cafune.com.br. Aberto em 2010.

DarkCoffee
Para quem procura um lugar sossegado para trabalhar, a modernosa cafeteria no Centro é uma boa escolha: no salão amplo, com mesas bem espaçadas (todas com tomadas), a internet é ótima e o wi-fi, liberado para a clientela. Ali, os cafés especiais são as estrelas. Os grãos, 100% arábica com no mínimo 80 pontos na Brazilian Specialty Coffee Association, são preparados em diversos métodos. No sifão, é infusionado e filtrado a vácuo, o que garante uma bebida mais pura (R$ 18,00, duas xícaras). Só de expresso, são doze tipos: além dos tradicionais, o brasileiro é feito com rapadura e o romano com limão-siciliano (R$ 7,50 cada um, com 50 mililitros). A bebida aparece ainda em doces como a torta ópera, de amêndoas, creme amanteigado e ganache (R$ 13,00). Da seleção salgada, o croque-monsieur vem no pão Petrópolis com molho bechamel, queijo gruyère e presunto (R$ 22,00). Rua Beneditinos, 22, Centro, ☎ 2516-0370 (120 lugares). 8h/20h (sáb. 9h/15h; fecha dom.). → http://www.darkcoffeebr.com. Aberto em 2020. Peça no ifood

Empório Jardim
Menina dos olhos neste charmoso misto de padaria, bistrô e delicatessen, o café da manhã, consagrado três vezes pelo júri da VEJA RIO COMER & BEBER, é servido a qualquer hora do dia, em sistema à la carte. Dos mais de noventa itens de fabricação própria, destacam-se os pães de fermentação natural da chef Iona Rothstein. Entre eles, o do jardim, com semente de abóbora (R$ 5,80, três fatias), e o trio de pão de queijo gruyère (R$ 12,90), eleito o melhor da cidade na última edição deste especial. Da ala doce, a cargo da chef Paula Prandini, uma novidade é o mil-folhas de brigadeiro (R$ 22,90). Nas três unidades, os horários seguem reduzidos por causa da pandemia — a filial do Instituto Moreira Salles, com mesas ao ar livre no jardim projetado por Burle Marx, funciona sob reserva. Rua Visconde da Graça, 51, Jardim Botânico, ☎ 2535-9862 (35 lugares). 8h/19h →; Rua Marquês de São Vicente, 476 (Instituto Moreira Salles), Gávea, ☎ 2239-3443 (58 lugares). 12h/16h (sáb. e dom. a partir das 10h; fecha seg.). →; Rua Maria Quitéria, 62, ☎ 2513-5151 (49 lugares). 8h/19h. http://www.emporiojardim.com.br. Aberto em 2014. Peça no ifood gourmet

Fazenda Paradiso Café
Com o movimento minguado no Centro devido à pandemia, a cafeteria instalada no salão de estilo colonial de um sobrado tombado do século XIX segue funcionando com horários e capacidade reduzidos. Seis variedades de grãos especiais, cultivados na fazenda da família dos proprietários em Santo Antônio do Amparo, no sul de Minas, se revezam nas xícaras. Os microlotes de safras como o bourbon amarelo, frutado, doce e bem encorpado, são torrados lá mesmo toda quarta, à vista do cliente, e moídos na hora para serem levados para casa ou degustados. O expresso sai a R$ 7,50, mas também podem ser coados em um dos oito métodos disponíveis, como Chemex e Aeropress (R$ 14,00 cada um). As dicas para harmonizar vão de pão de queijo mineiro (R$ 8,00 a porção com oito) a doces como os cookies de Nutella ou doce de leite (R$ 14,90 a unidade). Rua dos Inválidos, 126, Centro, ☎ 3852-3082 (40 lugares). 9h/16h (fecha sáb. e dom.). http://www.fazendaparadisocafe.com.br. ☎ Aberto em 2016. Peça no ifood

Gato Café
“Gateiros”, como são chamadas as pessoas que adoram gatos, têm pouso certo nesta cafeteria temática, inspirada em espaços semelhantes de países asiáticos. Aberto há pouco mais de um ano, o casarão pintado de rosa é dividido em dois espaços: um destinado aos humanos, com comidinhas seguindo o tema, e o outro onde é possível brincar com os felinos resgatados pela ONG Bigodes do Bunker à espera de um lar. Desde então, mais de oitenta animais já foram adotados por lá. No cardápio, os bichanos estampam a torrada gatópolis, coberta por queijo derretido (R$ 17,00), e os biscoitos amanteigados (R$ 9,00), da confeitaria Afagá, de onde chega também o instagramável bolo arco-íris, de camadas coloridas (R$ 18,00 a fatia). O cappuccino (R$ 12,00), com desenhos de gatinhos na espuma, e a cat pink lemonade (R$ 12,00, 350 mililitros), soda de limão e hibisco, são para matar a sede. Rua das Palmeiras, 26, Botafogo, ☎ 3283-5469 (34 lugares). 10h/19h (fecha seg.). http://www.gatocatcafe.com. Aberto em 2020. Peça no ifood

Nusa Café Brunch & Bistrô
Inspirada no estilo dos cafés de Bali (o nome vem de um trio de ilhas na Indonésia), a charmosa empreitada da engenheira ambiental Renata Simão oferece receitas para um brunch saudável e colorido o dia todo. Pedida mais completa, o lembongan (R$ 38,00) é um mix de waffles em quatro sabores: avocado e ovo cozido; queijo de cabra, presunto de Parma e rúcula; Nutella com morango; e doce de leite com queijo da Canastra. Para dias de calor, os bowls gelados são preparados em três bases: açaí, pitaya ou matchá (a partir de R$ 29,00, 300 mililitros). Os acompanhamentos ficam a cargo do cliente — entre as opções, pasta de amendoim e granola feitas na casa, lasca de coco e frutas. Na ala de bebidas figuram sucos e smoothies, como o de mirtilo, banana e amora, que pode ser batido com leite tradicional ou vegetal (R$ 23,00, 300 mililitros). Rua Vinicius de Moraes, 129, Ipanema, ☎ 3228-3562 (42 lugares). 8h30/18h30 (sáb. e dom. 9h/16h30); fecha seg.). ☎ http://www.nusacafebistro.com.br. Aberto em 2020.

Okanossa
As receitas saudáveis e vegetarianas são escoltadas por cafés especiais, cultivados por pequenos produtores e torrados artesanalmente. Moídos na hora, podem ser extraídos em métodos como Hario V60, Kalita Wave e Aeropress (R$ 10,90, 150 mililitros). Da cozinha saem delícias como a tartine de homus e cogumelos salteados com espinafre, no pão de fermentação natural (R$ 29,90), e doces feitos sem açúcar refinado, leite condensado ou aditivos artificiais. Dessa lista, o bolo de milho cremoso ganhou versão vegana e sem glúten, servida quentinha com canela (R$ 11,90), uma deliciosa tentação. Outra boa -nova são os combos de café da manhã, em cartaz o dia todo com produtos feito na casa, como geleia de frutas vermelhas orgânicas e manteiga ghee, além de pães, ovos, salada de frutas e bebidas (R$ 48,90, individual, e R$ 78,90, para dois). Rua Cupertino Durão, 79, loja C, Leblon, ☎ 3204-4055 e 97450-8348 (18 lugares). 10h/17h30 (sáb. e dom. até 17h; fecha seg.). Aberto em 2017. Peça no ifood

Quitéria Café
Após catorze meses fechado, o restaurante no térreo do hotel Ipanema Inn reabriu em setembro ao público com nova vocação: o cardápio da chef argentina Alê Maidana prioriza ingredientes de pequenos produtores em comidinhas para começar (e terminar) bem o dia. Em meio à arborizada varanda e aos sofás do salão interno, também repaginados, o café da manhã é servido até o meio-dia em pedidas à la carte ou combos como o vegano (R$ 74,00). Em outros horários, dê atenção às tostas no pão sourdough ou de cereais, como a de cogumelos com homus e cebolas na brasa, e sandubas como o bagel de salmão curado e cream cheese (R$ 42,00 cada um). Para adoçar, smoothie de manga batido com iogurte e frutas fatiadas na tigela (R$ 26,00) e rabanada recheada de doce de leite argentino (R$ 23,00). Para acompanhar, não se acanhe e peça logo uma mimosa (R$ 31,00) ou um bloody mary (R$ 28,00). Rua Maria Quitéria, 27, Ipanema, ☎ 2267-4603 (60 lugares). 7h/22h. → http://www.ipanemainn.com.br/quiteria. Aberto em 2021.

The Coffee
De ambiente minimalista, os quatro pequeninos pontos inaugurados neste ano funcionam no esquema “pague e leve”. O cliente escolhe pelo aplicativo ou tablet no balcão e o pedido fica pronto em poucos minutos. Fundada em 2018 em Curitiba por três irmãos, inspirados por uma viagem ao Japão (a capital tem o maior número de cafeterias nesse estilo no mundo), a rede, em franca expansão, já conta com mais de oitenta unidades no Brasil. Os preparos são feitos com blend da espécie arábica, oriundo de fazendas no Paraná e em Minas Gerais. Com 40 mililitros, o expresso duplo sai a R$ 4,30. O mad mocha (R$ 8,40, 230 mililitros) mistura ainda leite e chocolate, e da ala gelada, o salted caramel traz leite e caramelo salgado (R$ 11,10, 410 mililitros). No enxuto cardápio, pão de queijo (R$ 4,40 a unidade) e cookie de chocolate (R$ 4,70). Rua Vinícius de Moraes, 80, Ipanema. 7h30/19h30 (3 lugares); Rua Voluntários da Pátria, 368, Botafogo. 8h/20h (sáb. e dom. 9h/18h). Mais dois endereços. http://www.thecoffee.jp. Aberto em 2021.

Zazá Bistrô Café
Filhote do restaurante Zazá Bistrô, o misto de café e mercearia oferece comidinhas, sanduíches, bebidas artesanais e sugestões para um almoço leve e rápido, priorizando ingredientes orgânicos e de pequenos produtores. Hit local, o pão de queijo al taglio (R$ 27,00 o inteiro; R$ 17,00, meio) é uma delícia. Prensado na chapa, pode ser coberto por doce de leite ou requeijão, por mais R$ 5,00. No brioche de mandioca, levemente adocicado, o croque-monsieur é preparado com um blend de queijos meia cura e Canastra, presunto Royale, mostarda de Dijon e molho bechamel (R$ 34,00). Receitas mais consistentes são servidas em cumbucas, como a de frango orgânico laqueado com mel e balsâmico e saladinha de quinoa, espinafre, tomatinhos e amêndoas (R$ 46,00). Para beber, experimente o shake com leite de aveia, expresso, banana, cacau e baunilha (R$ 18,00). Shopping Rio Design Leblon, ☎ 99585-8736 (42 lugares). 10h/22h (dom. 12h/20h). http://www.zazabistro.com.br. Aberto em 2018.

CHOCOLATES

Cacau Noir
Grande parte do cacau utilizado no preparo dos delicados chocolates da marca vem de fazenda própria, no sul da Bahia, que funciona também como centro de pesquisa. A partir de uma boa variedade de espécies, a matéria-prima é aprimorada para garantir mais sabor e aroma aos produtos. Outra parte vem de uma rede de produtores agroecológicos no Pará. Colhido maduro, o fruto é fermentado, seco e torrado antes de se transformar em trufas de vinte recheios: hortelã, pimenta, laranja e framboesa (R$ 2,90 cada uma) são alguns. Ou em barras de 90 gramas, como a de 70% de cacau com flor de sal e a de frutas vermelhas com chocolate 63% (R$ 21,90 cada uma). Coloridos, os macarons encantam crianças e adultos, em versões como pistache, limão-siciliano e o recém-lançado sabor banana (R$ 5,40 a unidade). Shopping da Gávea, ☎ 3624-7611 (12 lugares). 10h/22h (dom. 14h/20h); Rua Maria Quitéria, 77, Ipanema, ☎ 2247-9843 (4 lugares). 10h/19h (sáb. até 14h; fecha dom.). Mais seis endereços. Aberto em 2005. http://www.cacaunoir.com.br. Peça no ifood

Dengo
Nas sete lojas espraiadas pela cidade (quatro delas inauguradas neste ano, em Ipanema, Tijuca, Rio Design Barra e Rio Sul), o ambiente é elegante. As vitrines e prateleiras exibem criações da marca paulista, tratadas como verdadeiras joias. O cuidado com a matéria-prima — garimpada de 160 produtores de cacau no sul da Bahia e realçada na produção, com pouquíssima adição de açúcar — e a originalidade das receitas contribuíram para o prêmio de campeão na última edição da VEJA RIO COMER & BEBER. Placas finas de chocolate rachadas atraem olhares: trata-se do quebra-quebra, divertido carro-chefe, em sabores como cupuaçu com castanha-de-caju (R$ 23,00 cada 100 gramas). Outras preciosidades são as pepitas de amêndoas de cacau e as drágeas de macadâmia banhadas em chocolate (R$ 24,00 cada 100 gramas). Shopping Leblon, ☎ 99669-3373 (7 lugares). 10h/22h (dom. 13h/21h); Shopping Rio Sul, Botafogo, ☎ 99523-2389 (6 lugares). 10h/22h (dom. 12h/21h). Mais cinco endereços. http://www.dengo.com.br. Aberto em 2018. ifood gourmet

Envidia
Com decoração romântica e mobiliário em estilo rococó, que remetem às elegantes confeitarias do início do século XX, a loja no Leblon — que tem entre os sócios o cantor Djavan — é porto seguro para chocólatras há quinze anos. Da fábrica própria, em São Cristóvão, chegam cerca de sessenta variedades de bombons e trufas, vendidas por peso (R$ 300,00 o quilo) e avalizadas com três prêmios de VEJA RIO COMER & BEBER. Entre os carros-chefe, o origem é feito com chocolate 72% do México e da Ilha de Java e recheio ao leite; e o que leva o nome da casa tem chocolate 70%, pimenta-rosa e flor de laranjeira. Produzidos artesanalmente, os sorvetes cremosos, em sabores como coco, pistache, café e doce de leite (R$ 13,00 a bola; R$ 74,00 o quilo), dividem as atenções com tortas como o rocambole de brigadeiro e baba de moça (R$ 16,50 a fatia). Rua Dias Ferreira, 106, loja A, Leblon, ☎ 2512-1313 (25 lugares). 11h40/20h. http://www.envidia.com.br. Aberto em 2006.

Frédéric Epicerie
Misto de confeitaria, padaria, mercearia e bistrô, o charmoso espaço do tarimbado chef belga Frédéric de Maeyer reúne dicas para qualquer hora do dia. Atração local, a vitrine de doces exibe preciosidades criadas com chocolate Callebaut, de sua terra natal, consagradas pelo júri da VEJA RIO COMER & BEBER em 2019. Há bombons trufados em sabores como cupuaçu, limão-siciliano e caramelo com flor de sal (R$ 3,50 cada um), e barras recheadas, como a de chocolate ruby, de coloração rosada, com pistache (R$ 29,00). Ainda na seara doce, especialidade do chef, o éclair de chocolate (R$ 15,00) é imperdível. O concorrido café da manhã (ou da tarde) é oferecido em combos ou à la carte. Entre as estrelas, os pães de fabricação própria, como baguete (R$ 29,90 o quilo) e croissant (R$ 9,00), também abastecem sanduíches — o de rosbife leva molho de mostarda e mel, folhas e pesto de rúcula (R$ 29,00). Rua Gustavo Sampaio, 802, loja A, Leme, ☎ 2146-9691 (20 lugares). 10h/22h (fecha seg.). http://www.fredericepicerie.com.br. Aberto em 2019.

Nooma
Seguindo o conceito de bean-to-bar (que acompanha a produção desde o grão até a barra), a multimarcas garimpa, em viagens pelo Brasil e com a consultoria de especialistas, pequenos produtores para abastecer a seleção de chocolates artesanais nacionais. Premiado na Academy of Chocolate, de Londres, o Mission Pão de Mel (R$ 25,90), feito com a matéria-prima da Fazenda Venturosa e especiarias, é um dos destaques. Nos dois pontos, instalados em shoppings, é possível provar delícias como os milk-shakes preparados com chocolate belga Callebaut em versões variadas (R$ 19,90 cada uma, 350 mililitros). Há ainda sobremesas, como a torta mil-folhas de doce de leite (R$ 18,90 a fatia), e opções salgadas, como o misto de forno, de queijo brie e presunto Royale (R$ 14,90). Shopping Leblon, ☎ 99152-7024 (44 lugares). 10h/22h (dom. 12h/21h); Botafogo Praia Shopping, ☎ 99737-8892 (6 lugares). 10h/22h (dom. 12h/21h). http://www.instagram.com/noomachocolate. Aberto em 2019. Peça no ifood

DOCES E SALGADOS

Alda Maria Doces Portugueses
Ao lado da matriarca, que batiza o negócio familiar, a chef confeiteira Simone Campos e sua irmã Liliana comandam há dezoito anos este baluarte da doçaria lusitana, encarapitado no alto de Santa Teresa. Enquanto o charmoso salão não reabre, a casa atende os fregueses ávidos por receitas da terrinha, passadas na família há nove gerações e expostas na vitrine. A seleção inclui clássicos como o ótimo pastel de nata, bem cremoso (R$ 12,00), toucinho do céu (R$ 9,00 o docinho; R$ 18,00 a fatia), ovos moles para comer de colher (R$ 8,00) e dom rodrigo, com fios de ovos feitos no funil que pertenceu à avó de Alda (R$ 11,00). Outra especialidade local, o bolo de mel da madeira (R$ 15,00) é feito com nozes e melado. Algumas dessas delícias e outras salgadas, como a torta de bacalhau, entram na caixa de chá da tarde (R$ 245,00, para duas pessoas), entregue em casa. Rua Almirante Alexandrino, 1116, Santa Teresa, ☎ 2232-1320 e 98542-1320. 11h/17h (fecha dom. a ter.). http://www.instagram.com/aldamariadoces. Aberto em 2003. Peça no ifood

Bel Trufas
Na charmosa lojinha no Leblon, o perfume de chocolate é convidativo. O cuidado está nos detalhes da decoração — com quadrinhos fofos e desenhos na vitrine — e no preparo de receitas tentadoras pela doceira Bel Carvalho. As trufas, que dão nome ao negócio, de chocolate ao leite, caramelo crocante ou em sabores sazonais, são vendidas por unidade (R$ 3,00). Campeão de pedidos, o bolo mole (R$ 17,80), premiado na última edição da VEJA RIO COMER & BEBER, nasceu de um erro na receita — que deu muito certo. Feito com massa e calda de chocolate (e pouquíssima farinha), é servido quente, para comer de colherada. Os cookies, que também levaram a melhor na edição 2017 deste especial, são assados diariamente (R$ 8,00 cada um). Prepare-se para provar esta novidade: o minimonte de caramelo, flocos de cereais em chocolate de caramelo Callebaut (R$ 25,00 com 100 gramas). Rua General Venâncio Flores, 481, loja B, Leblon, ☎ 3114-8035 (13 lugares). 12h/18h (fecha dom.). http://www.beltrufas.com.br. Aberto em 2012. Peça no ifood

Belga Wafel
A gaúcha Fabiana Schmaedecke encantou-se pela típica receita de origem belga após uma temporada no país. Tanto que voltou ao território europeu para estagiar em padarias especializadas no preparo de waffles e, em 2015, criou a marca especializada no quitute. Após bater ponto em feiras como a Junta Local, o negócio ganhou ponto fixo em junho passado. Crocante por fora e macio por dentro, o carro-chefe está disponível em três versões de massas (baunilha, chocolate e meio a meio) e coberturas variadas. O juntos com certeza ganha chocolate belga e speculoos, espécie de brigadeiro com especiarias (R$ 27,00). Mais doce, amanteigada e fofinha, a massa tradicional fica uma delícia com doce de leite (R$ 18,00). Há até versões salgadas, como o de salame com queijo de cabra, pimenta-rosa, tomatinhos-cereja e manjericão (R$ 30,00). Rua Barão de Ipanema, 94, loja 103, Copacabana, ☎ 99661-8585 (12 lugares). 9h/20h (fecha dom.). http://www.instagram.com/belgawafel. Aberto em 2021. Peça no ifood

Brigadeiros Fabiana D’Angelo
Não tem segredo: o brigadeiro à moda tradicional, feito com Nescau (R$ 5,50), é o carro-chefe absoluto da marca há 22 anos — por semana, são vendidas cerca de 1 500 unidades nos cinco quiosques espalhados pelos shoppings da cidade. A receita, tricampeã em edições anteriores da VEJA RIO COMER & BEBER, aparece ainda em cerca de trinta versões, em sabores como limão, churros, palha italiana, cocada, pé de moleque, pistache, doce de leite com raspas de caramelo e branco com recheio de uva (R$ 6,00 cada uma). O brigadeiro ainda brilha no recheio de doces como o éclair (R$ 12,00) e as balinhas de coco, de massa aveludada que derrete na boca (R$ 30,00, nove unidades), novidade altamente viciante. Fashion Mall, São Conrado, ☎ 2432-8188 (6 lugares). 10h/22h (dom. 15h/21h); Shopping Tijuca, ☎ 2567-5646 (2 lugares). 10h/22h (dom. 12h/21h). Mais três endereços. http://www.brigadeirosfabianadangelo.com.br. Aberto em 2011.

Cake & Co
Com portas e janelas de pinho-de-ri­ga, panelas de cobre e objetos antiguinhos, o casarão em Botafogo tem decoração inspirada na fazenda onde a proprietária Laura Castro cresceu e aprendeu, com a avó, as açucaradas receitas de família: ali são produzidas, em média, 3 000 tortas por mês. Inaugurada no Leblon oito anos antes de se mudar para o ponto atual, a confeitaria completou 25 anos em 2021, celebrados com novidades. Carro-chefe local, a torta deliciosa, de massa branca, creme de confeiteiro e morangos, ganhou versão naked, com recheio aparente (R$ 21,50 a fatia). Outra criação recente e já disputada, a banoffee tem massa de biscoito crocante com canela, doces de leite e de banana e chantili (R$ 21,00 a fatia). Docinhos como brigadeiro de morango (R$ 8,50) e quindim (R$ 5,50) completam o menu, que ganha, quinzenalmente, sugestões inéditas ou reeditadas. Rua Conde de Irajá, 132, Botafogo, ☎ 96604-9468 (20 lugares). 10h/18h30 (fecha dom.). http://www.cakeco.com.br. Aberto em 1996. Peça no ifood

Casa Afagá
Da venda de brigadeiros e docinhos em uma bike nas ruas de Ipanema e da Penha, bairro onde nasceu, a confeitaria criada em 2017 pelos amigos Matheus, Jéssica e Thayanini cresceu, conquistou fãs e se consolidou com um catálogo lúdico e criativo de delícias açucaradas por encomenda. Em setembro, ganhou uma casa para chamar de sua nos arredores da Tijuca, com mesinhas na varanda e na calçada, onde é possível provar receitas caprichadas, como o bolo de chocolate com ganache e cobertura de caramelo salgado (R$ 18,90 a fatia), carro-chefe da marca, e brigadeiros em sabores como limão-siciliano e creme brûlé (R$ 3,00 a unidade). Especialidade local, os mini-donuts glaceados de baunilha e caramelo (R$ 19,90, dez unidades) são um hit, e o menu salgado tem um delicioso croissant de queijo de cabra com geleia de cupuaçu (R$ 27,95). A partir de dezembro, a casa passa a abrir de quarta a domingo. Rua Uruguai, 141, Andaraí, ☎ 4102-8116 (40 lugares). 16h/20h (sáb. a partir de 10h30; dom. 9h30/16h; fecha seg. a qui.). http://www.instagram.com/afagabr. Aberto em 2021. Peça no ifood

Casa Cavé
Embora fundada por um francês, Charles Auguste Cavé, e inspirada nos cafés parisienses, foram os clássicos da doçaria portuguesa que fizeram a fama desta centenária confeitaria, a mais antiga da cidade. No pequeno e nostálgico salão com vitrais e painel de azulejos, que já foi palco de reuniões políticas históricas e acolheu clientes ilustres, como Juscelino Kubitschek, Olavo Bilac e Tarsila do Amaral, os pastéis de nata (R$ 9,80) são concorridos até hoje. Na extensa lista entram ainda ovos moles de Aveiro (R$ 12,90), dom rodrigo (com fios de ovos e canela) e guardanapos (de massa de pão de ló com chocolate e amêndoas ou doce de ovos), a R$ 9,80 cada um. Programa à moda antiga, o chá da tarde é oferecido em combos, com bebidas, frios, ovos e a famosa torrada Petrópolis, a preferida do poeta Carlos Drummond de Andrade (R$ 45,00 e R$ 74,00, o duplo). Rua Sete de Setembro, 133, Centro, ☎ 98712-2391 (40 lugares). 8h30/17h30 (sáb. 9h/13h; fecha dom.). http://www.casacave.com.br. Aberto em 1860.

Colher de Pau
O aroma do chocolate que saía de suas panelas conquistou amigos e vizinhos e levou a saudosa Gimol Kaner a abrir esta encantadora lojinha de doces, que parece saída de um conto de fadas. O legado da fundadora é levado adiante por sua filha, Lucy Kaner, que segue produzindo à risca as receitas de família, como o brigadeiro, macio e doce na medida (R$ 6,90). O preço é o mesmo para o casadinho, o cajuzinho e o camafeu, de nozes com cobertura de açúcar. O carro-chefe local entra também no recheio do bolo negro, feito com barras de chocolate e coberto por calda quente. Outra pedida tradicional, a toalha felpuda é preparada com pão de ló molhadinho, creme de coco natural, merengue e coco ralado. Todas as tortas saem a R$ 18,90 a fatia. A história do negócio está presente também nas paredes, decoradas por colheres de pau trazidas do mundo todo por amigos e clientes. Rua Rita Ludolf, 90, loja A, Leblon, ☎ 2274-8295 e 2511-1934 (19 lugares). 11h/18h (fecha seg.). http://www.colherdepauleblon.com. Aberto em 1974.

Casa do Alemão
Parada obrigatória para quem sobe a Serra Fluminense, o negócio surgido em Petrópolis há mais de sete décadas fixou endereço na capital em 2007, na Barra (e chegou a ter uma filial no Leblon, fechada em 2018), que funciona com metade da capacidade. Carro-chefe absoluto, o croquete de carne, de recheio cremoso, é produzido também com frango (R$ 9,00 cada um) e bacalhau (R$ 9,50). O salgado é vendido no combo com sanduíche de linguiça, outro clássico local, mais refrigerante, por R$ 31,50; e na versão míni (R$ 36,80, com doze unidades sortidas). Descem bem com o chope alemão Paulaner (R$ 18,00, 300 mililitros). São novidades a fondue de queijo com minissalsichas (R$ 26,00) e o biscoito amanteigado de castanha (R$ 15,00, 130 gramas). Ainda na ala doce, faz sucesso o mil-folhas, de creme ou doce de leite (R$ 12,50 cada um). Avenida das Américas, 1699, Barra, ☎ 2497-2629 (70 lugares). 10h/23h. → http://www.casadoalemao.com.br. Aberto em 2007. Peça no ifood

Confeitaria Colombo
Os centenários salões da matriz, no Centro, são uma viagem no tempo: espelhos de cristal belga, mobiliário de jacarandá, balcões de mármore e vitrais franceses compõem a decoração art nouveau. Turistas e locais se deliciam com as doçuras de influências portuguesa (herança dos primeiros proprietários) — caso do pastel de nata (R$ 12,90) — e francesa, como o mil-folhas (R$ 13,20). Hit da seção salgada, a robusta coxa creme traz o corte de frango envolto em molho branco e massa frita crocante (R$ 18,90). No café da manhã e no chá da tarde, concorridos, os bufês estão suspensos, mas há combos a partir de R$ 44,50. Com unidades no CCBB e no Forte de Copacabana, a casa ganhou neste ano uma filial em Ipanema, onde funcionava a The Bakers. Rua Gonçalves Dias, 32, Centro, ☎ 2505-1500 (432 lugares). 11h/18h (sáb. 10h/17h; dom. só delivery); Rua Visconde de Pirajá, 330, Ipanema, ☎ 3269-9969 (40 lugares). 10h30/19h (sáb. até 14h; fecha dom.) Mais dois endereços. ☎ http://www.confeitariacolombo.com.br. Aberto em 1894. Peça no ifood

Conflor Confeitaria Vegana
As primas e sócias Laura Izidoro e Luisa Mendonça — responsável pelas receitas doces deste misto de confeitaria e café vegano — recebem o público somente aos sábados no charmoso galpão na Fábrica Bhering, que mistura elementos rústicos com moderninhos (a ideia é ampliar o atendimento presencial em breve). Estrelas locais, as tortas, decoradas com flores naturais e comestíveis (daí o nome), são vendidas por fatia ou inteiras. Uma das preferidas do público, a de chocolate com caramelo salgado (R$ 14,50 a fatia) figura ao lado da banoffee, de doce de leite de castanha-de-caju, banana e chantili vegetal (R$ 16,50). Há também opções sem glúten, salgados e sanduíches: prove o de almôndegas de lentilha com pesto, tomate assado, cebola crocante e maionese de castanha-de-caju na ciabatta (R$ 26,90). A lista de bebidas vai de sucos orgânicos (R$ 8,90) ao milk-shake com sorvete Hoba, leite de coco e castanha (R$ 25,00). Rua Orestes, 28, Santo Cristo, ☎ 98167-7220 (20 lugares). 13h/18h (fecha dom. a sex.). http://www.conflorvegan.com. Aberto em 2018. Peça no ifood

Kurt
Com quase oito décadas de tradição irretocável no Leblon, a pequena confeitaria é um porto seguro para os fãs das receitas à moda europeia (sem pesar no açúcar), criadas nos anos 1940 por seu fundador, o alemão Kurt Deichmann (1907-2000), e consagradas treze vezes em edições de VEJA RIO COMER & BEBER. Clássico local, a picada de abelha é um bolo típico do norte da Alemanha recheado de creme de baunilha, com cobertura crocante de castanhas e mel (R$ 18,00 a fatia; R$ 160,00 inteira), de comer rezando de tão bom. Todo ano, há festival de doces franceses e sugestões fixas no cardápio, como éclairs de chocolate (R$ 17,00) ou pistache (R$ 19,00), dica mais recente, além de macaron recheado de chantili e frutas vermelhas, em cartaz nas versões individual (R$ 19,00) ou torta (R$ 170,00). Rua General Urquiza, 117, loja B, Leblon, ☎ 2294-0599 e 2512-4943 (18 lugares). 8h/19h (sáb. 9h/18h; fecha dom.). http://www.confeitariakurt.com.br. Aberto em 1942. Peça no ifood gourmet

L’Éclair Shop
No fim de 2020, a charmosa lojinha dedicada a deliciosos éclairs (por aqui chamados também de “bombas”) migrou do Largo do Machado para um ponto mais espaçoso em Ipanema. Ali, o casal Nicola e Maria Fernanda Picavet — ele francês e ela brasileira, com passagem por escolas de renome como Alain Ducasse, Lenôtre e Le Cordon Bleu — prepara a iguaria diariamente seguindo a tradição francesa e de forma artesanal, garantindo o frescor. De massa delicada e recheio generoso, os sete sabores fixos — chocolate meio amargo, baunilha, bicolor (que une os dois primeiros), café, caramelo salgado, limão e lavanda — ganham o reforço mensal de uma sugestão inédita e sazonal, e são oferecidos nos tamanhos original (R$ 12,50) e míni (R$ 7,00). Uma versão salgada, de presunto de Parma e queijo emmenthal, é vendida apenas por encomenda (a caixa com quatro sai a R$ 56,00). Rua Visconde de Pirajá, 540, loja 107, Ipanema, ☎ 98560-3456 (4 lugares). 10h/18h (sáb. 10h/17h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2017. http://www.leclairshop.com.br. Peça no ifood

Louzieh Doces Finos
Saudade de uma mesa de docinhos de casamento? Mesmo com as grandes cerimônias em suspenso, dá para matar a vontade no café-ateliê de Louzier Lessa, em Ipanema. Requisitada no ramo de eventos há três décadas com seus doces finos e bem-casados, ela cria pequenas joias açucaradas, vendidas em caixas ou por unidade (R$ 7,00 cada uma). Entre os sabores mais delicados, há figo português com vinho do Porto e nozes, hibisco com morango e camomila com limão-siciliano. O bolo pomposo das festas, com cinco camadas de recheio (damasco, baba de moça, nozes, coco e ameixa), é vendido em fatias (R$ 25,00) — tem ainda a versão de chocolate com coco, brigadeiro e doce de leite. Uma novidade mais casual é o bolo piscina, na versão red velvet, com cobertura de brigadeiro de queijo e chocolate branco (R$ 180,00, para quinze pessoas). Rua Visconde de Pirajá, 444, loja 119, Ipanema, ☎ 99494-8667 (15 lugares). 10h/19h (sáb. até 14h; fecha dom.). http://www.louziehdoces.com.br. Aberto em 2019.

Make a Cake
Que tal brincar de confeiteiro? Aqui o cliente monta o bolo como quiser e em dez minutos está pronto. É possível escolher entre sete sabores de massa, vinte recheios e catorze coberturas. São quatro tamanhos: do míni (a partir de R$ 17,90) ao grande, com até 35 fatias (a partir de R$ 237,50) — os valores variam de acordo com os ingredientes. Nesta faixa, uma sugestão é o clássico, com massas de baunilha e chocolate, recheado de chocolate ao leite, brigadeiro branco e doce de leite, e finalizado com raspas de chocolate. Outra combinação queridinha leva massa de red velvet, cream cheese e calda de morango, coberta por pedaços da fruta e “pó mágico”, um glitter comestível (R$ 18,90, o míni). Completam a festa brigadeiros (R$ 4,50) e macarons de amora, pistache e caramelo salgado (R$ 5,80 cada um). Shopping RioSul, ☎ 3873-0801 (4 lugares). 10h/22h (dom. 13h/21h); BarraShopping, ☎ 2408-3272. 10h/22h (dom. 13h/21h); Shopping Downtown, ☎ 3486-3120 (10 lugares). 10h/19h (fecha dom.). http://www.makeacake.com.br. Aberto em 2016. Peça no ifood

Miamor Atelier
Médica de formação, Yeda Sousa trocou o jaleco pelo avental incentivada pelo humorista Fábio Porchat, que se encantou por seu pão de mel e apadrinhou o negócio, materializado em charmosa lojinha em Botafogo. A famosa receita (R$ 6,00 a unidade), de massa aerada com farto recheio de doce de leite, coberta por generosa camada de chocolate, inspira versões sazonais, como o ovo de Páscoa e o panetone no Natal. O carro-chefe entra também no recheio da barra de ouro (R$ 56,00), com casquinha crocante de chocolate. Mas as tentações açucaradas vão além, em dicas como o minibolo azedinho doce (R$ 17,00), com três camadas de massa branca entremeadas de creme de limão e cobertura de merengue maçaricado. Rua Real Grandeza, 193, loja 9, ☎ 99890-2387 (2 lugares). 11h/18h (fecha sáb. a seg.). http://www.miamoratelier.com.br. Aberto em 2020. Peça no ifood

MP Tortas Boutique
Ao lado das filhas, a chef Marlene Percílio prepara delícias açucaradas seguindo receitas de família, como o bolo de cacau com recheio de chocolate branco, 70% e ao leite, coberto por calda de chocolate (R$ 95,00, com 15 centímetros de diâmetro). Hit local, a torta alemã (R$ 120,00 com 25 centímetros de diâmetro) aparece também nas versões com nozes ou crocante (R$ 140,00 cada uma). A caixinha com doze unidades de brigadeiros, feitos com chocolate belga em sabores como ao leite, branco com amêndoas e doce de leite com nozes, sai a R$ 95,00. Vão bem com as infusões artesanais, como de laranja com especiarias ou abacaxi e zimbro, em jarras de 400 mililitros (R$ 18,00). Servido em louças delicadas no ambiente com jeitinho de casa de boneca, o chá da tarde inclui sanduíches, quiches, cupcakes e docinhos, a R$ 95,00 por pessoa. Avenida das Américas, 15000, Recreio, ☎ 3592-3330 (48 lugares). 12h/19h30 (fecha dom.). http://www.mptortasboutique.com.br. Aberto em 2010.

Nanica
Criada em um pub inglês na década de 70, a torta banoffee é a queridinha da vez entre os fãs de doces. A iguaria é a estrela deste simpático endereço, que aportou no Leblon no fim de 2020. Com oito lojas espalhadas pelo Brasil, a empreitada criada em São Paulo arrebanhou seguidores nas redes sociais (são 270 000 só no Instagram) com suas receitas vistosas. A tradicional (e mais gostosa) combina massa de biscoito com doce de leite, banana-nanica, chantili e cacau polvilhado (R$ 16,00 a fatia). Quem quiser variar, poderá experimentar a monoffee, com biscoito de chocolate, leite condensado, morango, chantili e suspiro (R$ 18,00), ou a churroffee, criação mais recente, com leite condensado de churros, banana e chantili cobertos por cereal de churros (R$ 17,00). A receita aparece até na lista de bebidas: o nanicoffee (R$ 15,00) leva café, doce de leite, chantili de banana e leite. Rua Dias Ferreira, 679, Leblon, ☎ (11) 97592-0997 (8 lugares). 10h30/23h (dom. até 22h). → http://www.instagram.com/nanicabrasil. Aberta em 2020.

Continua após a publicidade

Rotisseria Sírio Libanesa
Pergunte a qualquer carioca onde encontrar a melhor esfiha da cidade: pode ter certeza de que este tradicional reduto árabe, que coleciona cinco décadas de história na Galeria Condor, no Largo do Machado, aparecerá no topo da lista. Ali, o salgado de massa leve e recheio úmido é consumido aos montes, nas poucas mesas do salão ou de pé no balcão, nas versões de carne, queijo, frango e verdura (preparada com acelga), a R$ 7,00 cada uma. Paga-se o mesmo preço pelo quibe, também imperdível, e pelos docinhos típicos, como o belewa, de massa folhada, recheio de nozes e calda de flor de laranjeira. Fomes maiores podem ser saciadas com prato de cafta e arroz de lentilhas (R$ 39,00). Durante a pandemia, o estabelecimento implementou seu delivery e passou a entregar todas essas delícias em casa. Largo do Machado, 29, lojas 16 a 19, 32 e 33 (Galeria Condor), Catete, ☎ 2205-2047 e 2146-4915 (24 lugares). 8h30/22h (fecha dom.). http://www.instagram.com/rotisseriasiriolibaneza. Aberto em 1972.

The Bakers
O talento para os doces está no DNA: à frente do negócio, criado em 1994 com o irmão, Alan, Dany Geller é sobrinho-neto do alemão Kurt Deichmann, fundador da tradicional confeitaria Kurt. Aqui, no entanto, a inspiração é nas antigas délis nova-iorquinas. Clássicos daquelas bandas, como a cheesecake com calda de morango (R$ 17,90 a fatia; R$ 129,90, inteira), fazem sucesso desde a abertura. Outro carro-chefe local, o devil’s cake, com camadas de bolo de chocolate úmido e aerado, recheado e coberto com fudge, ganhou generosa cobertura extra de calda de chocolate, rebatizado de lava cake (R$ 24,90 a fatia). O ponto funciona ainda como padaria, café, restaurante e empório gourmet. Novidade na ala salgada, o manhattan pastrami é um sanduíche feito com a carne curada, queijo emmenthal, pepino em conserva, cream cheese e mostarda de Dijon em grãos no pão de leite (R$ 39,90). Rua Santa Clara, 86-B, Copacabana, ☎ 209-1212 (70 lugares). → 9h/21h. http://www.thebakers.com.br. Aberto em 1994. Peça no ifood gourmet

Torta & Cia
Após 25 anos na Cobal do Humaitá, a loja criada há mais de três décadas por Heloísa Porto transferiu seu ponto no bairro para uma rua próxima. Ali e nas outras três unidades, além da pioneira receita de musse com chocolate na base de brownie (R$ 15,00 a fatia; R$ 148,00 no tamanho grande, com vinte pedaços), são servidas mais de trinta tortas de fabricação própria. Pelo mesmo valor, a torta de nata, carro-chefe absoluto, é inspirada numa receita da família de uma amiga portuguesa de Heloísa: massa de chocolate levinha entremeada de chantili e cobertura meio amarga. O acompanhamento fica a cargo de docinhos, como o brigadeiro (R$ 5,50), e salgados, como a empada de palmito (R$ 8,00), que podem ser saboreados com um cappuccino (R$ 7,50, o pequeno). Rua Capitão Salomão, 14, loja D, Humaitá, ☎ 2537-8484 e 99353-4200 (20 lugares). 9h/19h; Estrada da Gávea, 820 (Posto Shell), São Conrado, ☎ 3322-5933 (20 lugares). 10h/20h. Mais dois endereços. Aberto em 1989. http://www.tortaecia.com.br. Peça no ifood

HAMBÚRGUERES

B, de Burger
Tostados em uma grelha portuguesa com lâminas de cerâmica, que simulam o efeito da brasa do carvão, os discos de carne, já premiados como os melhores da cidade no especial VEJA RIO COMER & BEBER, ganham delicioso sabor defumado, que valoriza receitas como a que leva o nome da casa, com 210 gramas de costela, cheddar, cebola caramelizada e maionese de bacon (R$ 39,00). Para os fãs de smash, versão que ganha uma crosta saborosa ao ser achatada na chapa, o bem prensado 1 leva cebola-roxa, american cheese, ketchup e mostarda (R$ 19,00), e há pedidas vegetarianas também. Ondulada, sequinha e crocante, a batata frisée pode ser servida com molho de raiz-forte e bacon (R$ 17,00). Complete a farra calórica com o milk-shake de churros (R$ 25,00). Rua Teixeira de Melo, 21, Ipanema, ☎ 2523-6098 (70 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 2h); Vogue Square, Barra, ☎ 3570-9637 (70 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 2h). Mais quatro endereços. http://www.bdeburger.com. Aberto em 2015.

Bullguer
Pioneira na onda dos smash burgers, a rede paulistana, com trinta unidades espalhadas pelo Brasil, oferece ao menos sete versões com os discos de 100 gramas de carne black angus prensados na chapa, montados em um pão macio carimbado com a marca da casa. Uma das mais pedidas, a lumberjack (R$ 28,00) leva ainda queijo, bacon e picles. Criação mais recente, o indecente bullguer pururuca (R$ 32,00) tem queijo, maionese verde, alface, limão e uma crocante pele de porco desidratada e frita. Entre as opções sem carne, o cheese please (R$ 32,00) é preparado com camembert empanado, tomate, alface e molho da casa. Complete o pedido com batatas crinkles, temperadas com páprica e maionese caseira (R$ 14,00). Para adoçar a visita, experimente os mini-donuts de doce de leite (R$ 18,00, seis unidades). Até o fim do ano, está prevista a abertura de uma filial na Tijuca. Rua Barão da Torre, 510, Ipanema, ☎ 3734-5931 (70 lugares). 12h/22h30 (dom. até 22h). → http://www.bullger.com. Aberto em 2017.

Burger Joint
Assim como na matriz em Nova York, as paredes das casas da rede são rabiscadas pelos clientes e os sanduíches tradicionais têm valores camaradas. Entre as sugestões mais incrementadas, o lazy boy (R$ 30,00) reúne blend bovino de 140 gramas, queijos colby e cheddar branco, alface, tomate, cebola-roxa, picles, bacon, mostarda de Dijon, ketchup e maionese da casa. Para apetites maiores, o triplo burger (R$ 45,00) segue a mesma fórmula, com três discos de carne. Versão alternativa, o los pollos hermanos (R$ 22,00) leva sobrecoxa de frango crocante com os mesmos acompanhamentos, além de maionese de jalapeño. Adicione batatas fritas ao pedido por R$ 10,00. Bossa Nova Mall, Centro, ☎ 99293-5709 (72 lugares). 11h/22h; Avenida Ataulfo de Paiva, 1228, Leblon, ☎ 99293-5709 (24 lugares). 12h/23h (sex. e sáb. até 4h). → http://www.instagram.com/burgerjointnybr. Aberto em 2017. Peça no ifood

Burgers
Uma das pioneiras na cidade a apostar nos smash burgers, esmagados na chapa com crosta caramelizada, a casa serve nove receitas com o blend de acém, fraldinha e costela de 110 gramas, preparadas com uma espátula especial para assar por igual os dois lados da carne. Entre as boas pedidas estão o tradicional, com maionese de endro feita na casa e pão de batata tostado na manteiga (R$ 19,00 ou R$ 28,00, o duplo), e o comegg (R$ 28,00), que leva ainda queijo prato ou cheddar derretido, ovo frito e bacon. Uma novidade para abrir o apetite são os nuggets artesanais de peito de frango (R$ 15,00 oito unidades). Para escoltar o pedido, a porção de batatas fritas (R$ 14,00), bem crocantes, é temperada com limão desidratado e pimenta e pode ser servida com ketchup com curry ou barbecue (R$ 5,00 cada uma). Rua Aníbal de Mendonça, 55, loja B, Ipanema, ☎ 2540-7828 (20 lugares). 12h/23h. http://www.instagram.com/burgers.rio. Aberto em 2018. Peça no ifood

Cabana Burger
Depois de quatro anos na Barra, a premiada hamburgueria paulista ganhou em julho mais uma unidade carioca, no NorteShopping. A fórmula simples e certeira aposta nos smash burgers — os discos de carne angus prensados entram em preparos como o que leva o nome da marca, com american cheese, alface, tomate e molho da casa (R$ 22,00 o simples e R$ 33,00 o duplo). Já o myegg é feito com queijo cheddar, maionese trufada e ovo caipira frito (R$ 26,00 e R$ 38,00). Todas as carnes podem ser substituídas pela versão vegetariana, feita com quinoa e grão-de-bico, sem custo adicional. Reforce os pedidos com a porção de fritas regada por azeite de trufas e parmesão ralado (R$ 18,00) e o pudim de duas camadas, de leite e doce de leite (R$ 14,00). Para refrescar, a limonada com chá de hibisco e pedaços de frutas vermelhas (R$ 11,00) pode vi r com ou sem gás. BarraShopping (104 lugares). 12h/23h (dom. até 22h); NorteShopping, Cachambi. 12h/23h (sex. e sáb. até 0h). http://www.cabanaburger.com.br. Aberto em 2017. Peça no ifood

Curadoria
Em um evento de amigos, Diogo Teixeira defumou uma costela bovina e serviu um pastrami que virou lenda entre os mais chegados. O negócio ficou sério e ele abriu um ponto para vender sua especialidade no recheio do pão de leite com queijo meia cura (R$ 39,00). O carro-chefe local divide as atenções com suculentos hambúrgueres, já premiados no Comer & Beber e que garantiram o segundo lugar no pódio desta edição. A R$ 38,00, o classic é preparado com carne, cheddar, bacon, maionese, cebola-roxa e picles. Aos domingos, o anfitrião faz na varanda um concorrido churrasco à moda americana (R$ 149,00, para três a tábua com quatro cortes). A casa ainda tem um posto avançado no Be+Co e os sócios lançaram neste ano a Lilie Burger, marca de smashes só para delivery. Shopping Vogue Square, Barra, ☎ 99065-9359 (80 lugares). 12h/23h (qui. a sáb. até 0h.; fecha seg.). →; Rua da Matriz, 54, Botafogo, ☎ 2148-6261 (50 lugares). 17h/23h (sáb. e dom. a partir das 12h; fecha seg.). http://www.thecuradoria.com. Aberto em 2017. Peça no ifood

Encarnado Burger
Ex-participante do reality MasterChef Brasil Profissionais, o chef Pedro Mattos aposta em receitas clássicas, sem firulas e muito bem executadas. A bem-sucedida fórmula garantiu o terceiro lugar da categoria nesta edição de VEJA RIO COMER & BEBER. Enxuto, o cardápio contava com apenas quatro opções, feitas com o suculento blend da casa, em discos de 180 gramas: do tradicional hambúrguer, com a deliciosa maionese da casa no brioche macio (R$ 24,00), às versões com queijo derretido (R$ 26,00), mais salada ou bacon (R$ 32,00 cada). O ponto fica a cargo do cliente. Sugestões sazonais reforçam a lista: criado para um festival, o acebolado (R$ 34,00) entrou para o time fixo. O preparo inclui american cheese e quatro texturas de cebola — caramelizada, frita, em picles e no molho. Há alguns meses, o negócio ganhou endereço na Barra, somente para entregas, e até o fim de outubro se expande para um novo ponto em Botafogo. Rua Gomes Carneiro, 132, loja 102, Ipanema, ☎ 96988-6858 (20 lugares). 12h/23h (dom. a partir das 17h; fecha seg.). http://www.instagram.com/encarnadoburger. Aberto em 2018. Peça no ifood

Ex-Touro
À frente de uma pequena butique de carnes inaugurada no Cadeg em 2015, o chef Yasser Regis começou a preparar ali as receitas que o tornaram uma lenda em batalhas de hambúrgueres pela cidade. O negócio cresceu e apareceu: conquistou fãs e o prêmio na categoria de VEJA RIO COMER & BEBER em 2017. Após dois anos parada, a marca ressurgiu em 2020 adotando o modelo de franquias, expandiu-se por cinco pontos fixos e ganhou pontos de entrega. Um dos carros-chefe, o clint boladão (R$ 42,00) leva 180 gramas do blend da casa, queijo monterey, maionese de sriracha e farofa de bacon no pão brioche. Praticamente uma refeição sozinha, a hardcore fries (R$ 42,00) é uma porção generosa de batatas fritas, cobertas por mix de queijos, costela desfiada e salsinha. Rua Ana Barbosa, 33, loja A, Méier (12 lugares), ☎ 3268-1107. 11h30/1h (sex. e sáb. até 2h); Rua das Dálias, 158, Vila Valqueire (100 lugares), ☎ 3281-7860. 11h30/1h (sex. e sáb. até 2h). Mais três endereços. http://www.extouro.com. Aberto em 2020. Peça no ifood

Hell’s Burguer
São tempos de mudanças: a unidade da Barra está se transferindo para o MAP Shopping e, até o fim do ano, a matriz em Botafogo também ocupará um novo espaço no bairro, mais amplo. No cardápio da marca de pegada rock and roll, seguem firmes os suculentos hambúrgueres que despontaram em eventos gastronômicos pela cidade e ganharam ponto fixo em 2014. Receita simples e certeira, a que leva o nome da casa reúne 150 gramas de costela bovina coberta por cheddar no brioche (R$ 32,90). Criação recente, o krusty (R$ 21,90) é um smash de 80 gramas com cheddar, alface, tomate e molho da casa. Vegetarianos têm vez com o green evil (R$ 27,90), preparado com faláfel. Todos os sanduíches podem ser servidos em combos com batata canoa e refrigerante (por mais R$ 12,90), milk-shake ou cerveja (mais R$ 15,90 cada um). Rua Muniz Barreto, 805, loja 1, Botafogo, ☎ 3442-9174 (16 lugares). 12h/0h; Avenida das Américas 10200, Barra (48 lugares). 17h/22h (fecha seg.). http://www.hellsburguer82.com.br Aberto em 2014. Peça no ifood

HOB Hamburgueria
O reduto tem inspiração na arte urbana e na cultura do hip-hop, impressas na decoração, na trilha sonora e nas embalagens. O ponto em Botafogo fechou, mas está de mudança para uma casa mais espaçosa no bairro, na Rua Paulo Barreto, que vai abrigar balcão de drinques, torneiras de chope e cardápio mais extenso, com previsão para abrir em novembro. Na matriz, na Tijuca, o menu recém-reformulado traz pedidas consagradas e novidades. Na primeira lista está o hambúrguer de costela bovina, cheddar, bacon, cebola crocante e barbecue no brioche (R$ 35,00). Há quem prefira montar o próprio sanduíche, com pão, carne (180 gramas, smash ou vegetariano) e acompanhamentos à escolha. A ala de entradinhas ganha reforço com a coxinha de costela, com a carne desfiada e empanada na farinha panko (R$ 24,00, quatro unidades). Rua Mariz e Barros, 184, Tijuca, ☎ 3624-9903 (32 lugares). 17h/22h (sex. e sáb. até 23h). http://www.hobhamburgueria.com.br. Aberto em 2016. Peça no ifood

Sheesh!
Nos últimos anos, os discos de carne fininhos, prensados diretamente na chapa formando uma crosta de sabor marcante, têm ganhado cada vez mais adeptos. Consagrados como os melhores da cidade na última edição do COMER & BEBER, os smash burgers são oferecidos em sete variações, um pouco menos achatadas que o padrão, com ponto rosado e suculento. A mais simples traz saboroso blend de costela com queijo prato e maionese da casa no pão de batata (R$ 22,00). Um dos mais vendidos, o trufado leva, além de carne e queijo, aïoli com azeite e salsa de trufa (R$ 31,00), e pode vir na versão vegetariana, com hambúrguer de faláfel. Para o início de 2022 está prevista a abertura de mais um ponto em Botafogo, com outros sanduíches no menu. Rua Oliveira Fausto, 29, loja A, Botafogo, 98346-1516 (15 lugares). 17h/23h; Rua Ruy Frazão Soares, 191, Loja J, Barra, ☎ 98247-8071(15 lugares). 17h/23h. http://www.sheesh.com.br. Aberto em 2018. Peça no ifood

T.T. Burger
Feitos com ingredientes artesanais e um toque brasileiro, os sanduíches levam a assinatura do chef Thomas Troisgros. Homenagem ao avô Pierre Troisgros, falecido no fim de 2020, o T.T. do Papí é um hambúrguer com carne orgânica, queijo meia cura, alface, tomate e mostarda de Dijon no pão de brioche (R$ 56,00). A novidade vem se juntar ao carro-chefe batizado com o nome da casa e preparado com 180 gramas de carne, queijo meia cura, alface, tomate, picles de cebola-roxa e molho da casa (R$ 42,00). Opção vegana, o T.T. Siriju (R$ 36,00) remete a uma moqueca: a “carne” de fibra de caju é temperada com dendê, pimenta e coentro. Vale a nota: além da Três Gordos, com smash burgers e preços mais em conta, Troisgros lançou o Tom
Ticken, dedicado a receitas com frango, ambos para entregas. Avenida Ataulfo de Paiva, 1240, Leblon, ☎ 96458-8675 (34 lugares); Avenida Olegário Maciel, 460, Barra, ☎ 96458-8675 (50 lugares). 12h/0h. → Mais três endereços. http://www.ttburger.com.br. Aberto em 2013. Peça no ifood gourmet

PÃES

Alveóle
Presente de um padeiro francês a um dos sócios, o fermento natural usado na produção dos cerca de vinte pães que se revezam na vitrine, reza a lenda, já teria servido de base para receitas oferecidas ao ex-presidente Charles de Gaulle (1890-1970). Na loja no Down­town, que passou a abrir aos sábados, ele abastece criações como a baguete (R$ 16,00, a tradicional, e R$ 24,00, de calabresa) e a fougasse, prima francesa da focaccia, de massa fofinha regada com azeite, alecrim e sal grosso (R$ 21,00). Xodó local, o cinnamon roll, enroladinho com canela e açúcar mascavo (R$ 8,00), disputa atenções com o brioche de cappuccino: disponível às terças e quintas, é recheado de café e gotas de chocolate meio amargo com cobertura de creme de amêndoas (R$ 16,00). Antes servidas quinzenalmente, as pizzas de fermentação natural (R$ 38,00) fizeram tanto sucesso que entraram para o cardápio fixo. Shopping Downtown, Barra, ☎ 97246-2185 (60 lugares). 10h/19h (sex. até 21h; sáb. 18h/22h; fecha dom. e seg.). http://www.alveole.com.br. Aberto em 2017.

Artesanos Bakery
Fundado há três anos pelo casal Ricardo Rocha e Mariana Massena no Recreio, o negócio ganhou novo fôlego durante a pandemia: além de um bem-sucedido sistema de delivery, está de mudança para um casarão mais espaçoso no bairro. Pelo menos até o fim do ano, o ponto original continua funcionando. No novo endereço, a padaria ganha reforços como o oliva spicy (R$ 31,00, 600 gramas), de fermentação natural e azeitonas chilenas, e uma linha de bagels sem glúten (R$ 7,00). O local conta ainda com cafeteria gourmet, que à noite se transforma em bar de drinques e cervejas artesanais com forno a lenha, de onde saem pizzas como a margherita (R$ 52,00). Queridinhos do público, o piccolo formaggio, pão de queijo com massa levinha, gruyère e parmesão (R$ 10,00, três unidades), e sanduíches como o croque-monsieur (R$ 26,00) seguem na linha de frente. Avenida Genaro de Carvalho, 1435, Recreio, ☎ 96691-0169 (110 lugares). 7h/23h; Avenida Pedro Moura, 150, loja B, Recreio, 96691-0169 (25 lugares). 9h/22h (ter. e qua. até 18h; dom. até 15h30; fecha seg.). → http://www.instagram.com/artesanos.bakery. Aberto em 2018.

Bicho Pão
Quando a cozinha de casa ficou pequena para atender às encomendas, o baiano Cássio Vieira, egresso do Bazzar, abriu este aprazível ponto fixo no Catete, porto seguro na vizinhança com fornadas diárias de sourdough (R$ 20,00, 500 gramas), focaccias como a de tomate confit com ervas (R$ 12,90, 350 gramas) e croissants (R$ 8,50). Nos fins de semana, a oferta aumenta: cerca de 25 variedades, como o levíssimo integral em crosta de aveia (R$ 22,00, 500 gramas), abastecem o café da manhã e sanduíches como o bicho quente, misto de queijo e presunto no sourdough tostado na chapa (R$ 12,00). Fique de olho: uma vez por mês entra em cartaz o tortano (R$ 45,00, 700 gramas). Trata-se de uma rosca com linguiça, mussarela, erva-doce e pimenta calabresa, molhadinha e deliciosa. E vem novidade aí: até o fim do ano, a padaria ganha posto avançado na Zona Norte. Rua Andrade Pertence, 33, Catete, ☎ 3497-3695 e 98005-5689 (16 lugares). 14h/20h (sáb. 9h/19h; dom. 9h/13h; fecha seg.). http://www.instagram.com/bicho_pao. Aberto em 2020. Peça no ifood

Dianna Bakery
Inspirada nos redutos do distrito nova-iorquino do Brooklyn, a pequena e charmosa loja, inaugurada em novembro de 2020, prepara fornadas concorridas: não deixe de provar a focaccia com alecrim (R$ 19,00, 450 gramas) e o sticky bunn, enrolado em massa de croissant com caramelo e castanha-do-pará (R$ 12,00). Dica dos sábados, o sourdough porteño leva chimichurri na massa (R$ 23,00, 650 gramas). Mas o ponto alto é a confeitaria, especialidade da sócia Dianna Macedo. Sua torta de nozes, receita de família, de casquinha crocante e recheio cremoso com mascavo e mel (R$ 15,00 a fatia; R$ 120,00, inteira), vale a visita. Recentemente, o rol de bebidas, que inclui delícias como o iced caramelo, batido com café, leite e gelo (R$ 13,00, 400 mililitros), ganhou reforço de vinhos franceses orgânicos. Até o fim do ano, está prevista uma segunda unidade no bairro. Rua Santo Afonso, 445, Tijuca, ☎ 3597-4777 (4 lugares). 9h/19h (sáb. até 16h; fecha dom. e seg.). http://www.instagram.com/diannabakery. Aberto em 2020. Peça no ifood

Fabro Padaria
Unidos pela música e pelo apreço à boa gastronomia, quatro amigos — entre eles o sambista Gabriel Cavalcante “da Muda” — desengavetaram um antigo projeto e inauguraram em abril este pequenino ponto na Barra, misto de padaria, mercadinho e bar de vinhos naturais. Deu tão certo que até o fim do ano migram para uma loja em frente, quatro vezes maior, triplicando a capacidade de produção. À frente das fornadas de fermentação natural, a sócia e cavaquinista Ana Rabello desenvolve seis receitas, como a da casa (R$ 35,00, 800 gramas), com farinhas branca e semi-integral, e a versão recheada de azeitona (R$ 24,00, 500 gramas). Para acompanhar um café ou uma taça de vinho (e por lá a seleção de grãos de pequenos produtores e de rótulos naturais é caprichada), a dica: misto aberto com queijos parmesão e meia cura, presunto royale e molho bechamel no sourdough (R$ 24,00). Avenida das Américas, 7907 (Open Mall), loja D-122, Barra (50 lugares). 11h/19h (qui. e sex. até 22h; sáb. 10h/20h; fecha dom. e seg.). http://www.instagram.com/fabropadaria.  Aberto em 2021.

La Bicyclette
Antes de abrir a padaria no Jardim Botânico, o casal franco-bra­sileiro Henri Forcellino e Ana Paula Gentil levava uma cesta de pães de fabricação caseira em sua bicicleta pelas ruas da Zona Sul, resgatando um hábito de outrora. Daí o nome do negócio, que inaugurou em setembro filial no Jardim Oceânico, na Barra. Nos dois pontos, as mesas ao ar livre são disputadas com pedidos à la carte ou combos como o que leva o nome da casa, com cesta de pães fatiados, croissant, geleia, fruta, iogurte, granola e suco (R$ 60,00). Para qualquer hora do dia, o croque-madame, com presunto royale, queijo gruyère derretido, molho bechamel e ovo pochê no pão de levain (R$ 40,00), é boa pedida. A ala de confeitaria ganhou doces de tradição francesa, como paris-brest, com creme pâtissière, morangos frescos e chantili (R$ 20,00). Rua Pacheco Leão, 320, lojas D e E, Jardim Botânico, ☎ 3256-9052 e 99531-5010 (80 lugares). 8h30/21h (sáb. e dom. até 20h; fecha seg.); Avenida Érico Veríssimo, 970, loja B, Barra, 2499-7395 (30 lugares). 8h30/20h (dom. até 19h; fecha seg.). http://www.labicyclette.com.br. Aberto em 2010. Peça no ifood

Nema
Com a proposta de democratizar a padaria artesanal, com preços mais acessíveis, a marca com matriz em Ipanema está em franca expansão: já são quatro unidades e mais duas a caminho, no Leblon e no Leme — essa uma loja de fábrica com valores ainda mais em conta. A baguete (R$ 5,00) e a focaccia (R$ 7,00) figuram ao lado do sourdough multigrãos, campeão de vendas com semente de girassol, linhaça dourada, gergelim e chia (R$ 16,00, 500 gramas). Outro hit por lá, o pão de queijo da Canastra (R$ 7,00, porção com cinco) foi eleito um dos melhores da cidade na última edição do COMER & BEBER. Concorridas, as pizzas de fermentação natural (R$ 22,00, com 26 centímetros) podem ser vendidas assadas ou refrigeradas, em sabores como calabresa com cebola-roxa e cogumelos. Uma curiosidade: o nome da empreitada não vem do bairro de origem, como muitos pensam, mas de uma homenagem às avós dos sócios, Neusa e Mathilde. Rua Visconde de Pirajá, 595, Ipanema, ☎ 3258-2787. 7h/22h (4 lugares); Rua Capitão Salomão, 11, loja C, Humaitá. 8h/19h. http://www.nemario.com.br. Aberto em 2018. Peça no ifood

O Pão
O negócio fundado por Shelley de Botton começou com a venda dos pães de fermentação natural em uma bike estacionada na frente da fábrica no Cosme Velho, que pouco depois cedeu parte do espaço a uma pequena loja, ampliada mais tarde. Em fevereiro de 2021, depois de cinco anos no bairro, mudou-se para um endereço mais espaçoso no Leme, com cozinha e salão onde são servidos café da manhã e almoço. Da padaria, saem receitas como o levain clássico ou integral, com centeio e gorgonzola (R$ 20,00 cada), e o brioche de parmesão (R$ 25,00). Versão local do pãozinho francês, o petit pain (R$ 3,00) também pode passar pela chapa com manteiga (R$ 8,00), assim como o cinnamon roll (R$ 8,00), da ala doce, que ganha ainda bola de sorvete de creme (R$ 16,00), uma delícia. Rua Gustavo Sampaio, 840-A, Leme, ☎ 2558-5509 (22 lugares). 9h/19h (sáb. até 13h; fecha dom.). http://www.opao.com.br. → Aberto em 2018. Peça no ifood

Primavera dos Pães
Após uma imersão de quatro meses na École Internationale de Boulangerie, em meio às montanhas do sul da França, o carioca Eduardo Savino, 33 anos, resolveu apostar no ramo da panificação, um sonho de longa data. De uma banquinha no Flamengo, a empreitada cresceu e ganhou ponto físico no início de 2021, em um casarão centenário em Laranjeiras. Vendidos por peso e cortados na hora no balcão (a ideia é instalar alguns lugares ao ar livre no pós-pandemia), os hits de fermentação natural são o multigrãos (R$ 46,00 o quilo), de casca rústica e miolo macio, e o integral (R$ 39,00 o quilo). Típico da região francesa em que Savino estudou, o brioche provençal (R$ 17,00 a unidade) tem versão vegana. Mais uma dica: o cantuccini, biscoito italiano, feito com castanha-do-pa­rá e mel (R$ 14,00, 100 gramas). Rua Ipiranga, 51, Laranjeiras, ☎ 99222-0003. 15h/19h (fecha sáb. a seg.). http://www.primaveradospaes.com.br. Aberto em 2021.

Sova
Em busca de uma guinada na carreira, o publicitário Marcelo Ferraz juntou-se ao pai para enveredar pelo ramo da panificação. Inicialmente uma venda caseira, mediante encomendas, o negócio passou para uma banquinha em feiras e eventos e, diante do sucesso, ganhou ponto fixo. Entre os mais de quarenta itens à venda, as especialidades são os pães e pizzas de fermentação natural. Da primeira lista, o sourdough tradicional, oferecido em três tamanhos (R$ 16,00, com 380 gramas; R$ 28,00, 750 gramas), divide as atenções com o croissant (R$ 9,00), aerado e fofinho. Servidas após as 17 horas, as pizzas, com 26 centímetros de diâmetro, ganham coberturas como a choripán, com linguiça artesanal de pernil e chimichurri (R$ 38,00). Da vitrine açucarada faz sucesso o cinnamon roll (R$ 12,00), rolinho em massa de brioche com açúcar e canela. Rua Xavier da Silveira, 34, Copacabana, ☎ 2147-7158 (37 lugares). 8h/22h (sex. e sáb. até 23h; fecha seg.). http://www.sovanatural.com.br. Aberto em 2020. Peça no ifood

Talho Capixaba
Durante um bom tempo, quando as padarias artesanais ainda eram raridade por aqui, os pães do Talho reinavam absolutos na preferência dos cariocas. Uma das primeiras casas a apostar em fermentação natural, há mais de vinte anos, este misto de padaria, delicatéssen e café segue produzindo deliciosas fornadas diárias de 25 variedades. A lista vai do tradicional pão francês (R$ 23,20 o quilo) a dicas mais elaboradas, como campagne (R$ 51,00 o quilo) e baguete rústica (R$ 46,40 o quilo). Disputados, os produtos da rotisseria inspiraram uma recém-lançada linha de potinhos para acompanhar os pães, entre eles tomatinhos confit, picles de cebola-roxa e tapenade de azeitona (R$ 24,80 cada um). Com algum atraso, devido à pandemia, uma terceira unidade, em Ipanema, deve ser inaugurada ainda neste ano. Avenida Ataulfo de Paiva, 1022, lojas A e B, 2512-8760 (25 lugares). 7h/21h; Rua Marquês de São Vicente, 10, ☎ 2422-1270 (30 lugares). 7h/22h. http://www.talhocapixaba.com.br. Aberto em 1958.

The Slow Bakery
Eleito o padeiro do ano na última edição de VEJA RIO COMER & BEBER, o publicitário Rafa Brito Pereira anda encantado com a farinha viva que ajudou a desenvolver com a Fazenda Vargem, cuja moagem conserva o gérmen e sais minerais. Com ela, prepara o pão slow (R$ 39,00, 1 quilo), levíssimo, de casca fina e crocante. Essa e outras cerca de quinze receitas, como o rio sourdough (R$ 42,00, 1 quilo), renderam à casa três vezes o prêmio de melhor da cidade. Os preços valem para a matriz em Botafogo, mas os pães são vendidos também nas Slowzinhas de Ipanema e Jardim Botânico. A última, aberta em março, abriga também café, rotisseria e empório, com menu de sandubas como o porcaria (R$ 39,00), de barriga suína na focaccia com chutney de goiabada e picles de cebola e cenoura. Rua General Polidoro, 25, Botafogo (44 lugares). 8h/17h (sáb. até 16h; fecha dom. e seg.); Rua Maria Angélica, 113, loja G, Jardim Botânico (16 lugares). 11h/19h30 (sáb. 10h/18h; fecha dom. e seg.); Rua Visconde de Pirajá, 365, loja B, Ipanema. 10h30/18h (fecha dom. e seg.). http://www.theslowbakery.com.br. Aberto em 2016.

SANDUÍCHES

BB Lanches
Porto seguro há mais de cinco décadas no Leblon, a tradicional casa de sucos acolhe da turma saudável na saída da praia aos notívagos sem distinção. O nome é uma homenagem à atriz Brigitte Bardot, então no auge do estrelato, conta o português Adelino Ribeiro Monteiro, de 71 anos, que assumiu o negócio em 1980. Na vasta lista de sucos preparados com frutas frescas, há misturas saborosas, como fruta-do-conde com maracujá (R$ 17,00) e cacau com tangerina (14,00), além do celebrado açaí (R$ 15,00), incrementado com banana ou morango por mais R$ 2,00 (todos com 330 mililitros). Na ala de sandubas figuram pedidas certeiras, como salada de galinha (R$ 17,00), de atum (R$ 19,00) ou de ovos (R$ 16,00) no pão de fôrma tostado. Os pastéis de camarão ou carne (R$ 14,00 cada um) também são disputados pela clientela. Rua Aristides Espínola, 64, loja A, Leblon, ☎ 2294-1397. 9h/1h (qua. até 2h; qui. a sáb. até 3h). http://www.bblanches.com. Aberto em 1964.

Bibi Sucos
Com quase três décadas de estrada, a rede surgiu no Leblon com o DNA de uma casa de sucos, exibindo uma vasta gama de frutas frescas no balcão, batidas na hora. Misturas como melancia com gengibre (R$ 10,30, 300 mililitros) ainda fazem sucesso ao lado de clássicos como o sanduíche de pasta de galinha ao curry (R$ 13,90). Mas a marca, hoje com catorze endereços, expandiu seu leque de produtos, com pedidas para toda hora, e aposta cada vez mais em receitas autorais, preservando a essência saudável do negócio. Uma novidade é o hambúrguer vegetal (R$ 17,90), criado em parceria com a Fazenda do Futuro. Além da novata filial da Casa Farm, loja-conceito da marca de roupas na Lagoa, acaba de inaugurar em Copacabana o Bibi Lab, espécie de incubadora de pratos que, se aprovados pelo público, serão incorporados às demais cozinhas. Uma dica ali é o sanduíche de bife à milanesa com aïoli de balsâmico na baguete de fermentação natural (R$ 39,00). Avenida Ataulfo de Paiva, 591, loja A, Leblon, ☎ 2259-0000. 8h30/0h; Avenida Epitácio Pessoa, 1210, Lagoa, ☎ 2503-6891 (32 lugares). 9h/21h (fecha seg.). Mais doze endereços. Peça no ifood

Montagu — The Sandwich
Batizado em homenagem ao lorde inglês John Montagu, inventor do sanduíche, o espaço inaugurado em setembro de 2020, na primeira retomada do comércio durante a pandemia, mudou de donos, mas segue firme na vocação. As esmeradas receitas entre pães privilegiam ingredientes artesanais de pequenos produtores. Fazem parte do elenco o pão de alho de mignon (R$ 47,00), com lascas de filé bovino, creme de alho e mussarela no brioche, e o hot dog alemão (R$ 39,00), um cachorro-quente com salsicha húngara picante ou linguiça de pernil, coberto por queijo gouda, chucrute e mostarda rústica no pão australiano. Opção vegetariana, o hambúrguer de grão-de-bico com ricota da casa e pesto de manjericão custa R$ 45,00. Fritas ou onion rings (R$ 10,00 cada uma) podem acompanhar os pedidos. Rua Mena Barreto, 100, Botafogo, ☎ 2147-8872 (16 lugares). 18h/4h (qua. até 0h; dom. 16h/23h; fecha seg. e ter.). http://www.montagu.com.br. Aberto em 2020. Peça no ifood

P.Ovo
De coadjuvante, o ovo passa a protagonista nas receitas deste simpático espaço, fruto da tese final do chef Rodrigo Gomes na escola de gastronomia Alain Ducasse. A matéria-prima, proveniente de galinhas de granjas familiares, abastece deliciosos sandubas, como o de ovos mexidos com shiitake e cebola caramelizada no brioche (R$ 22,00). Novidade, a toast de abacate, com guacamole, presunto grelhado, queijo meia cura na torrada integral, coroada por ovo com flor de sal, azeite trufado, cebolinha e molho da casa (R$ 29,00), já conquistou fãs. Os pães são produzidos na pequena padaria instalada na filial do Leblon, que também vende exemplares de fermentação natural. Estrela local, o ovo no pote (R$ 22,00) é servido no vidrinho no ponto perfeito, sobre purê de batata-ba­roa, salpicado por flor de sal e azeite trufado. Rua General Venâncio Flores, 300, Leblon, ☎ 2234-5495 (40 lugares). 8h/20h; Rua Visconde de Pirajá, 437, Ipanema, ☎ 3258-4919, (24 lugares). 8h/20h. Aberto em 2019. Peça no ifood

SORVETES

Bacio di Latte
Criada por dois irmãos italianos, a marca paulista dedica-se aos sorvetes de textura bem cremosa, oferecidos em três tamanhos no copinho, que pode receber até três sabores: pequeno (R$ 14,50, mesmo valor da casquinha com uma bola), médio (R$ 16,50) e grande (R$ 19,50). Entre os mais pedidos, pistache, importado da Sicília; chocolate belga; doce de leite uruguaio; e o que leva o nome da casa, uma delicada mistura de leite e creme de leite. Além dos clássicos, as cubas ganham o reforço de três sugestões novas todo mês. Algumas lojas servem ainda bolos, sobremesas e cafés: o affogato al caffè consiste em uma bola de bacio di latte “afogada” em dose de expresso (R$ 16,00). Botafogo Praia Shopping, ☎ 3190-6190 (20 lugares). 10h/22h (dom. 12h/21h); Rua Visconde de Pirajá, 540, Ipanema, ☎ 3563-0317 (12 lugares). 10h/22h (dom. a partir das 11h). Mais catorze endereços. Aberto em 2014. http://www.baciodilatte.com.br. Peça no ifood

Blaus
Elevada concentração de frutas da região amazônica, ingredientes 100% naturais e nada de conservantes. Essa é a base das receitas regionais da sorveteria fundada em 1991 em Belém do Pará, que abriu em março na Barra o segundo ponto carioca — o primeiro fica no Flamengo, ao lado do Tacacá do Norte. Cercado por mesas ao ar livre, o quiosque oferece os hits da marca na casquinha (R$ 12,00, uma bola; R$ 20,00, duas) e alguns na versão picolé (a partir de R$ 6,00). Para explorar os sabores típicos, há opções como tucumã e taperebá, além de combinações como o mestiço, de açaí com tapioca. Da linha cremosa, o blaus mistura coco com Farinha Láctea e pedaços de chocolate. O cardápio elenca ainda gostosuras como o waffle paraense, com farinha de tapioca, castanha-do-pará e cumaru na massa (R$ 25,00). Shopping Downtown, bloco 8, Barra, ☎ 99918-7902 (20 lugares). 10h/22h; Rua Barão do Flamengo, 35, Flamengo, ☎ 2225-7342 (20 lugares) → http://www.blaus.com.br. Aberto em 2020. Peça no ifood

Gelateria Piemonte
Com a fábrica no Santo Cristo que abastece, desde maio, restaurantes e mercados, e a loja em Copacabana inaugurada em setembro, a recente empreitada da família italiana Coladangelo evoca a memória afetiva do patriarca Michele, que passou a infância no Piemonte. Com maquinário e insumos importados de lá, ele busca reproduzir sabores inesquecíveis dos gelatos que saboreava quando menino. As criações de textura aveludada passam por cheesecake de amarena, com o azedinho suave da cereja, caramelo com flor de sal e uma receita familiar de fior de latte, casca de laranja e pasta de pistache, na casquinha ou no copinho (R$ 15,00, o pequeno; a R$ 20,00, o grande, de até três sabores). No palito, o pinguino (R$ 16,00) traz versões cremosas, como avelã com cobertura crocante. Outra tentação é o sanduíche de sorvete, com recheio de creme ou chocolate entre dois biscoitos (R$ 16,00). Em outubro, a marca ganha uma loja conceito no Leblon. Rua Siqueira Campos, 128, loja A, Copacabana, ☎ 97152-6015 (4 lugares). 11h/19h (dom. até 18h). http://www.gelateriapiemonte.com.br. Aberto em 2021. Peça no ifood

Momo Gelato
Bicampeã na categoria (em 2017 e 2019), a rede carioca inspirada nas tradicionais gelaterias italianas assegurou seu lugar no pódio com o segundo lugar nesta edição de VEJA RIO COMER & BEBER. O mérito é dos sorvetes cremosíssimos em sabores originais, como momocookies, com gotas de chocolate belga e brigadeiro caseiro, e o de iogurte grego com damascos, amêndoas e mel orgânico. Os freezers trazem ainda novidades tentadoras: o spetacollare de fragola, de morango ao leite com uma camada de marshmallow artesanal e cobertura de chocolate em lascas. Em parceria com o leite de aveia Naveia, foram desenvolvidas três opções veganas: banana com canela, musse de chocolate e pistache. Aos preços: R$ 18,00 (no copo pequeno ou no cone de biscoito assado), R$ 22,00 (copo médio ou cone recheado de chocolate belga) ou R$ 27,00 (copo grande, com até três sabores). Em Ipanema e no Shopping Leblon funciona também a cafeteria Café com Fé, com tortas, salgados e bebidas. Rua Garcia D’Ávila, 83, lojas A e B, Ipanema, ☎ 3495-2469 (56 lugares). 9h/21h (sex. e sáb. até 22h); Rua Dias Ferreira, 147, Leblon, ☎ 2294-1965 (41 lugares). 13h/21h (sex. e sáb. até 23h). Mais três endereços. http://www.momogelato.com.br. Aberto em 2014. Peça no ifood

Sorvete Brasil
A tradicional marca que nasceu na lanchonete Sanduka, no Humaitá, da família de uma das sócias, funciona hoje com apenas uma loja em Ipanema (a do Lagoon fechou recentemente), além de filiais em Búzios e uma recém-aberta em Itaipava, onde fica a fábrica. De lá saem mais de sessenta sabores, que valorizam ingredientes brasileiros e frutas tropicais, além de combinações exóticas, feitas sem gordura trans ou conservantes. Entre as dicas, manga, tangerina, milho verde, brigadeiro, doce de leite e chocolate trufado com amêndoas ganham a companhia de edições especiais, como figo com nozes — uma das mais pedidas —, cupuaçu e creme de mirtilo (R$ 15,00, uma bola; R$ 28,00, duas bolas). Rua Maria Quitéria, 74, Ipanema, ☎ 2247-8404 e ☎ 98884-8404 (8 lugares). 12h/18h (fecha seg.). http://www.sorvetebrasil.com.br. Aberto em 2002.

Sorvete Itália
Ícone carioca, o negócio criado nos anos 70 por dois irmãos italianos com receitas da Sicília em uma lojinha em Ipanema se popularizou nas praias. Hoje são 23 endereços na cidade, além de unidades em Niterói, Búzios e Macaé, abastecidos pelos cerca de 2 milhões de litros que saem todo mês da fábrica em Jacarepaguá. A pedidas consagradas, como queijo com doce de leite (R$ 12,00, uma boa), além de opções sem açúcar, somam-se novos sabores, como cheesecake, torta de limão e flocos de Nutella, da recém-lançada linha Diamond (R$ 16,00, uma bola). Picolés de tangerina, uva e coco (R$ 5,00 cada um) figuram ao lado de tentações mais elaboradas no palito, como o ravello, de baunilha e trufa com cobertura de chocolate ao leite e castanha-de-caju (R$ 7,50). Os valores valem para as lojas de rua. Rua Visconde de Pirajá, 395, Ipanema, ☎ 3189-6200 (10 lugares). 9h/22h (dom. a partir das 10h); Avenida das Américas, 7370, Barra, ☎ 2496-4690. 10h/22h. Mais 21 endereços. http://www.sorveteitalia.com. Aberto em 1975. Peça no ifood

Vero Gelato Pizza & Café
Usando insumos locais aliados a técnica e maquinário da Bolonha, sua terra natal, o italiano Andrea Panzacchi produz há dez anos sorvetes de sabores ímpares, tetracampeões de VEJA RIO COMER & BEBER. De lavanda, mostarda e gim-tônica a frutas exóticas, mais de 1000 versões já foram criadas pelo mestre sorveteiro, sem aditivos químicos e respeitando a sazonalidade dos ingredientes. Na loja em Ipanema, certificada pela Accademia della Gelateria Italiana, são preparados diariamente 32 sabores. Os clássicos incluem pistache, cremino de avelã, tiramisu, caju completo (com a fruta e a castanha) e 100% cacau, nos tamanhos míni (R$ 9,00), pequeno (R$ 15,00), médio (R$ 19,00) e grande (R$ 23,00, três sabores no copo). Do forno instalado no espaço saem pizzas al taglio, quadradinhas, como manda a tradição romana, em versões como margherita (R$ 13,00). Rua Visconde de Pirajá, 229, Ipanema, ☎ 3497-8754 (32 lugares). 11h/21h. http://www.instagram.com/verogelateria. Aberto em 2010. Peça no ifood gourmet

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade