Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

COMER & BEBER 2015: Aprazível tem a melhor carta de vinhos

Pela segunda vez consecutiva, o reduto em Santa Teresa, famoso pelo cardápio brasileiro com vista paradisíaca, sagra-se campeão 

Por Fabio Codeço Atualizado em 5 dez 2016, 11h44 - Publicado em 23 out 2015, 00h00

Ponto turístico, por causa da vista deslumbrante, voltada para o Centro e a Baía, o endereço em Santa Teresa serve, no salão com decoração de casa de fazenda e em agradáveis áreas ao ar livre, o cardápio brasileiro da chef e proprietária Ana Castilho. Suas receitas esmeradas alcançam outro patamar quando acompanhadas por um dos rótulos elencados na melhor carta de vinhos da cidade, prêmio recebido pela segunda vez consecutiva. Resultado de incessante pesquisa de Pedro Hermeto, filho da mestre-cuca, a seleção atual traz mais de 90% dos rótulos produzidos com métodos orgânicos e biodinâmicos. Tendência mundial, os chamados vinhos naturais são fruto de um extenuante garimpo, feito em muitas viagens pelo Brasil e ao exterior. Só neste ano Hermeto esteve duas vezes na França, onde visitou regiões como Rhône, Borgonha e Beaujolais, além de ir a Nova York e, mais recentemente, ao Porto, em Portugal. No salão, o sommelier franco-carioca Marco London comanda o serviço com a propriedade de quem, há seis anos, foi pioneiro na importação desses vinhos para o Rio. Entre suas sugestões está o branco Era dos Ventos Trebbiano On The Rock 2014 (R$ 120,00), produção da casa em parceria com o respeitado enólogo Luís Henrique Zanini. O Vinhetica Terroir Rosé 2015 (R$ 90,00), não filtrado, é feito na Campanha Gaúcha com uvas merlot, teroldego e syrah, inspirado em exemplares da Provence. Na ala dos tintos, a dica é o francês Saumur-Champigny Ruben 2013 (R$ 240,00), à base da uva cabernet franc e original do Vale do Loire. A oferta em taças muda a cada dia, mas há sempre um espumante brasileiro (R$ 35,00), além de brancos e tintos, a R$ 30,00 cada dose.

Publicidade