Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Cinco endereços para ouvir jazz

Às vésperas do Carnaval, saiba onde curtir bons shows do gênero com caprichados comes e bebes

Por Carol Zappa 22 jan 2017, 15h59
Rodrigo Sha e Quinteto animam os domingos no La Nave
Rodrigo Sha e Quinteto animam os domingos no La Nave Marcelo de Mattos/divulgação

La Nave Bistrô Bar. No charmoso deque coberto, os domingos de verão são embalados pelo saxofonista Rodrigo Sha e
seu quinteto, a partir das 19h. Versões contemporâneas de clássicos do jazz escoltam as criações do chef Daniel Pinho. Couvert artístico a R$ 15,00.

Assis Garrafaria. Prateleiras exibem 300 rótulos de cerveja e quarenta cachaças. Na terça e na quarta, a Companhia Estadual de Jazz — que tem como baixista o casseta Reinaldo Figueiredo — e o músico Bruno Migliari se revezam nas jams, a partir das 21h. O couvert (R$ 15,00) é opcional.

Oscar Bistrô Bar. Durante o verão, quarta é dia de jazz no wine bar. O som ao vivo fica a cargo das craques Daniela Spielmann, Sheila Zagury & Band. Para beliscar, a la planche st. germain des prés é uma tábua de frios e queijos com pão campestre (R$ 79,00).

Daniela Spielmann: jazz aos domingos no La Nave
Daniela Spielmann: jazz às quartas no Oscar Bistrô Bar Emma Monteiro/divulgação

TribOz. Em território dominado por samba e choro, a casa de jazz nas cercanias da Lapa tem boa programação ao vivo. Na quinta (26) exibe-se o Sávio Araújo Quarteto (R$ 30,00) e, no sábado, abre-se exceção para a bossa nova de Wanda Sá (R$ 35,00), ambos às 21h.

Teto Solar. No 2o andar do bar, colado ao teatro Solar de Botafogo, as terças são de jazz com a cantora americana Alma Thomas e Thiago Trajano. No menu, Duke Ellington, Dizzy Gillespie, Moacir Santos e outras feras. A entrada é gratuita. Para beber, há chopes artesanais e bons coquetéis.

Continua após a publicidade
Publicidade