Continua após publicidade

Uma das casas mais antigas do Rio, Aurora celebra 126 anos com festival luso

Até domingo (16), serão servidas delícias como a clássica francesinha, do Porto, empada de cozido, rojão de porco, sardinhas e tiborna de bacalhau

Por Marcela Capobianco
Atualizado em 14 jun 2024, 10h59 - Publicado em 14 jun 2024, 10h59

Uma centenária tradição. Localizado na movimentada esquina entre as ruas Visconde de Caravelas e Capitão Salomão, no Humaitá, o restaurante Aurora está comemorando 126 anos de história.

A celebração vai até domingo (16), com a sexta edição do Festival de Portugal do Aurora, que inclui no cardápio da casa tradições lusitanas com criações exclusivas.

+ Sucesso em São Paulo, bar de vinhos na torneira vai abrir em Botafogo

Apenas a francesinha (R$ 62,00 com fritas), sanduíche à moda do Porto, se repete todos os anos. A gostosura tem duas camadas de alcatra, presunto e linguiça de pernil, além de ovo estrelado, gratinado com queijo mussarela e molho secreto. Tudo isso servido com batatas cortadas à mão e fritas na hora, uma das especialidades do Aurora.

Entre as novidades deste ano, está a empada de cozido (R$ 10,oo, a unidade) com massa que desmancha na boca e recheio com o tradicional cozido luso-brasileiro da casa. Os testes da receita foram tão bem-sucedidos que o prato já está garantido no cardápio da Aurora pós-festival.

Continua após a publicidade

Outro petisco que também ganhou uma versão no menu é o rojão de porco aperitivo (R$ 48,00, a porção), que consiste em nacos de costela e barriga de porco fritos, servidos com laranja, vagem francesa e batatas cozidas à perfeição. A versão almoço (R$ 36,00) também está disponível no novo menu executivo da casa, que estreou no início de junho.

+ Bares da Rua Barão de Iguatemi promovem festival junino

Para compartilhar, há ainda as sardinhas com pimentos e molho verde (R$ 39,00, a dupla), que chegam à mesa morninhas e sem a espinha central, servidas com pimentões confit, molho de ervas e fatias de pão artesanal; além da tiborna de bacalhau (R$ 85,00) com lascas do peixe, batatas ao murro, alho, couve e pão – prato inspirado na receita clássica feita para comemorar a produção do azeite novo em Portugal.

+ La Guapa, casa de empanadas de Paola Carosella, chega ao Rio

Continua após a publicidade

A jarra de vinho de casa (R$ 43,00) é a sugestão para acompanhar as receitas, um costume das casas e tascas lusitanas. “Em Portugal é muito comum que o vinho produzido em casa, ou mesmo no vizinho, seja servido nos bares da região. Sem rótulo, em jarras, um vinho que faz parte da refeição”, conta conta a chef do espaço, Ana Beatriz Capão. “Quisemos resgatar essa tradição e oferecer uma bebida a bom preço para quem vier nos prestigiar nesse período de festa”, complementa.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Serviço:

Festival de Portugal Aurora 2024. Rua Capitão Salomão, 43, Humaitá. Até dom. (16), sempre a partir das 19h. Horário de funcionamento do restaurante: 11h/1h. 

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.