Clique e assine por apenas 4,90/mês

Coronavírus: sistema de transporte público do Rio está à beira do colapso

Representantes do metrô, barcas e ônibus vão a Brasília pedir ajuda ao governo federal; empresas alegam ter perdido 44 milhões de passageiros na pandemia

Por Cleo Guimarães - 20 Maio 2020, 15h48

Não são apenas os setores de estradas e aviação que estão pedindo ajuda ao governo federal. O sistema de transporte público do Rio vai de pires na mão a Brasília para tentar conseguir algum auxílio financeiro e evitar o colapso. Na segunda-feira (18), representantes da Firjan, da Fecomércio, da SuperVia, do MetrôRio, das Barcas, do setor de ônibus, além de parlamentares, se reuniram com a Secretaria Estadual de Transportes para começar a pensar em soluções para a difícil situação que as concessionárias estão enfrentando.

Prefeitura estende duração de lockdown parcial na Zona Oeste

Juntas, elas perderam 44 milhões de passageiros durante a pandemia, e algumas delas tiveram queda de 80% da sua demanda. Como não há previsão do fim da crise provocada pelo coronavírus, o cenário deve se agravar nas próximas semanas. As empresas alegam que  estão mantendo os custos de uma operação normal e ainda incluíram nos gastos os serviços de sanitização e higienização dos seus espaços e da frota.

Covid-19: Rio bate recorde de mortos em um dia

Continua após a publicidade

Para assinar Veja Rio clique aqui

Publicidade