Clique e assine com até 65% de desconto

Diretora da Sympla: “Eventos on-line são saída financeira e emocional para artistas”

Kátia Latufe, diretora da área de negócios da empresa de ingressos e eventos, foi a convidada desta semana na live Cena Carioca

Por Bruna Motta Atualizado em 27 out 2020, 20h51 - Publicado em 27 out 2020, 20h49

A live Cena Carioca, comandada por Rita Fernandes, jornalista e colunista de Veja Rio, abordou a rentabilidade do entretenimento na noite desta segunda (27). A convidada foi Kátia Latufe, diretora de negócios da plataforma digital de ingressos Sympla.

A startup brasileira de tecnologia fundada em 2011 é atuante no ramo de venda de tickets e gestão de eventos na internet. Durante a pandemia, eles precisaram pensar “fora da caixa” para conseguir manter o funcionamento do negócio e se surpreenderam: viram um aumento de quase 50% de eventos disponibilizados no site. “Conseguimos adiantar o nosso serviço de streaming que ainda não estava pronto. Lançamos a versão beta em abril e foi um sucesso”, explicou Kátia.

+Não conseguiu o almanaque Tudum, da Netflix? Saiba como garantir versão digital 

Com o projeto de streaming, os artistas puderam ensaiar remotamente e apresentar seus trabalhos por lá mesmo. “Os atores e diretores estavam enfrentando dificuldades para aprender a mexer nessas novas tecnologias. A Sympla encontrou uma forma de movimentar o setor quando as atividades convencionais pararam. Tivemos noites e madrugadas em reuniões on-line para convencer os artistas a levar seus trabalhos para internet”, contou Katia.

+Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Confira abaixo alguns trechos da conversa:

Streaming

“Nós já tínhamos o projeto previsto para o final de 2020, acabamos acelerando o desenvolvimento e o lançamento. Em abril conseguimos inaugurar uma versão beta.

Teatro on-line

“O mercado, muito acostumado ao teatro convencional, teve uma certa resistência. Quem tentou primeiro gostou muito do resultado. É claro que houve uma curva de aprendizado, mas foi muito rápida. Trouxe uma experiência muito boa de falar com o grande público, inclusive internacional”.

Continua após a publicidade

+Mariene de Castro sobre Grammy Latino: “Resultado de um lindo encontro” 

Recursos

“Como as lives já estavam sendo transmitidas pelas redes sociais, ficava difícil monetizar os shows realizados na nossa plataforma. O que foi feito em paralelo para conseguirmos lucrar foi o meet and greet.  A ideia consiste no fã ter um plus naquele evento: ver  a passagem de som da live, fazer pedidos de música e até conversar com o artista depois do show. Foi interessante, ainda acontece de vez em quando”

+Tradicional Trem da Leitura, da SuperVia, terá distribuição de livros higienizados 

Pandemia

“Quando a Covid-19 chegou, foi aquele susto. Em abril tivemos uma queda nos eventos, o que era natural. Mas em pouco tempo tivemos um aumento de 50% dos nossos eventos. Tem realmente de um tudo, desde shows até cursos. Já foram mais de 30 mil eventos na nossa plataforma”.

 

Continua após a publicidade
Publicidade