Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Prefeitura libera público no Macaranã na final da Copa América

Cada setor do estádio receberá até 10% de sua capacidade; para o prefeito Eduardo Paes, partida entre Brasil e Argentina será 'uma espécie de evento-teste'

Por Luiza Maia 9 jul 2021, 13h01

A Prefeitura anunciou na manhã desta sexta (9) que autorizou a presença de público na final da Copa América. Brasil e Argentina disputarão a partida neste sábado (10), no Maracanã. O estádio abrirá as portas com 10% de capacidade em cada setor. A Conmebol, organizadora do evento, será responsável por realizar testes de Covid-19 nos convidados para o jogo que, teoricamente, terá dentro do estádio um espaçamento mínimo de dois metros entre cada pessoa ou família.

+ Copa América: entorno do Maracanã será interditado no sábado (10)

Na coletiva de divulgação do novo Boletim Epidemiológico do Rio, o prefeito Eduardo Paes afirmou que a liberação, desta vez, ocorre em diferentes termos da final da Copa Libertadores, entre Palmeiras e Santos, em janeiro. “Naquela época liberamos para que tivesse cinco mil convidados, e eles concentraram todo mundo em um setor do Maracanã, o que acabou sendo um problema, tanto que a prefeitura multou naquele momento”, disse.

Podemos dormir tranquilos: Zeca Pagodinho toma segunda dose da vacina

Para o prefeito, com apenas 10% dos convidados em cada setor do estádio, haverá um espaçamento grande entre as pessoas. “E até onde eu entendo, são convidados da Conmebol, todos eles testados”, afirmou. Segundo Paes, a medida serve também para a prefeitura avaliar a realização de eventos neste período. “Será para nós uma espécie de evento-teste, a partir do momento que as notícias sobre a situação da pandemia são melhores e a gente começa a viver um período de transição”, afirmou.

Coronavírus: Xuxa pede orações para Luciano Szafir, que está no CTI

Continua após a publicidade
Publicidade