Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Prefeitura se reúne com representantes dos blocos de rua para definir Carnaval 2022

Com avanço da Ômicron, agremiações do Rio de Janeiro podem não desfilar este ano. Banda de Ipanema e Bloco da Preta já anunciaram que não irão às ruas

Por Da Redação 3 jan 2022, 14h35

A prefeitura do Rio se reunirá nesta terça-feira (4) com representantes da Associação Independente dos Bloco da cidade (Sebastiana) para avaliar os desfiles do carnaval diante do avanço da variante Ômicron e do temor de uma nova onda de Covid-19. Além do prefeito Eduardo Paes, o encontro contará com a presença do Secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz. Paes destacou que, de acordo com as regras sanitárias vigentes, tanto os desfiles das escolas de samba, na Marquês de Sapucaí, quantos os bailes, podem ser realizados mediante a cobrança do passaporte da vacinação e/ou de testes RT-PCR. Já os desfiles dos blocos de rua vão depender de uma análise mais detalhada, pois, nesse caso, não há possibilidade de controle do acesso dos foliões.

A Riotur recebeu cerca de 500 pedidos de blocos para desfiliarem nas ruas da capital este ano. Caso a festa de rua seja liberada, o número máximo de desfiles na cidade também será discutido.

+ Navio que atracou no Rio com casos de Covid abrigará cruzeiro de Roberto Carlos

Pelo menos dois importantes blocos de rua da cidade já cancelaram os desfiles em 2022. O mais novo anúncio veio da Banda de Ipanema, na semana passada. Por meio de nota, o presidente da agremiação, Cláudio Pinheiro, afirmou que “ainda existem riscos para a população”. Antes dele, O Bloco da Preta, da cantora Preta Gil, também havia informado que não sairá pelas ruas do Centro neste carnaval.

Já a avaliação do desfile das escolas de samba, na Marquês da Sapucaí, será discutido em uma reunião prevista para 15 de janeiro. Neste mesmo dia está previsto o início dos ensaios técnicos das escolas de samba do grupo especial no Sambódromo.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Faltando menos de dois meses para Carnaval, 60% das arquibancadas para os desfiles do grupo especial na Marquês de Sapucaí já foram vendidas. Os desfiles estão marcados para os dias 27 e 28 de fevereiro. As informações foram confirmadas neste fim de semana pela Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa).

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês