Continua após publicidade

Navio que atracou no Rio com casos de Covid abrigará cruzeiro de Roberto Carlos

Navio MSC Preziosa tinha 28 pessoas infectadas a bordo. Embarcação chegou a ancorar na Praia de Copacabana no Réveillon

Por Da Redação
Atualizado em 3 jan 2022, 12h47 - Publicado em 3 jan 2022, 12h47

O MSC Preziosa, navio que atracou no Porto do Rio neste domingo (2) com 28 passageiros infectados com Covid-19, será palco do show Emoções em alto-mar, promovido por Roberto Carlos. A apresentação está programada para março e tem quase todas as cabines esgotadas. Há apenas vagas nas cabines internas, cujo pacote custa a partir de 12x de R$ 348 por pessoa.

O navio, que conta com teatro, cassino, cinema 4D e boliche, terá uma noite de show do Rei. De acord0 com  o site do projeto, o cantor canta “clássicos“, além de “surpresas como interpretações em outros idiomas e canções que só fazem sentido serem cantadas em um palco intimista“.

+ Covid-19: Rio tem 22,8% da população vacinada com a dose de reforço

Segundo a MSC, empresa que organiza o cruzeiro, todos os 28 contaminados, sendo dois tripulantes e 26 passageiros, “estão assintomáticos ou com sintomas leves” e foram testados. No total, quase 60 passageiros estavam cumprindo isolamento na embarcação, que chegou a ancorar na Praia de Copacabana durante o Réveillon, e seguiu para Búzios, na Região dos Lagos, antes de voltar à capital.

Segundo nota da Secretaria municipal de Saúde, se os passageiros que testaram positivo para a Covid forem moradores do Rio e cidades próximas poderão cumprir isolamento em domicílio. Os de fora, serão isolados em hotéis específicos. De acordo com a secretaria, o Centro de Informação Estratégica em Vigilância em Saúde do município vai monitorar os casos em residentes na cidade. A orientação é de uma quarentena de 14 dias. A MSC informou que “os casos confirmados são desembarcados de forma segura para que retornem para casa ou fiquem em hotéis para o período de isolamento”. Por volta das 13h30 de domingo (2), esses passageiros começaram a deixar o navio.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que irá apurar o descumprimento de protocolos sanitários pelas embarcações que operam cruzeiros marítimos ao longo da costa brasileira com casos de Covid-19. Segundo a agência, as embarcações podem ser multadas e, até mesmo, ter suspensas as atividades. A Anvisa já recomendou ao Ministério da Saúde a suspensão provisória da temporada de navios de cruzeiro, até
que sejam debatidas as questões que envolvem uma eventual retomada das operações.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.