Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Polícias do Rio matam mais de mil pessoas de janeiro a novembro

O maior índice é o maior desde 2009. As mortes representam cerca de 17% das 6.173 mortes violentas registradas no estado no mesmo período.

Por Redação VEJA RIO 18 dez 2017, 18h42

O Rio atingiu uma triste marca, de acordo com dados Instituto de Segurança Pública (ISP). Juntas, as polícias do estado mataram 1.035 pessoas entre janeiro e novembro de 2017. É o maior índice desde 2009, quando 1.048 pessoas foram assassinadas em decorrência de uma suposta intervenção policial. As mortes representam cerca de 17% das 6.173 mortes violentas registradas no estado no mesmo período.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês