Clique e assine por apenas 4,90/mês

Polícias do Rio matam mais de mil pessoas de janeiro a novembro

O maior índice é o maior desde 2009. As mortes representam cerca de 17% das 6.173 mortes violentas registradas no estado no mesmo período.

Por Redação VEJA RIO - 18 dez 2017, 18h42

O Rio atingiu uma triste marca, de acordo com dados Instituto de Segurança Pública (ISP). Juntas, as polícias do estado mataram 1.035 pessoas entre janeiro e novembro de 2017. É o maior índice desde 2009, quando 1.048 pessoas foram assassinadas em decorrência de uma suposta intervenção policial. As mortes representam cerca de 17% das 6.173 mortes violentas registradas no estado no mesmo período.

Publicidade