Clique e assine por apenas 3,90/mês

Lei proíbe que motoristas de ônibus acumulem função de cobrador

Atribuição é assegurada graças ao projeto de lei aprovado na Câmara de Vereadores

Por Redação VEJA RIO - 18 dez 2017, 17h03

Nesta segunda (18), foi publicado no Diário Oficial do município o projeto de lei aprovado na câmara dos vereadores e sancionado pelo prefeito Marcelo Crivella que proíbe a dupla atribuição de motorista e cobrador.

A lei ainda garante o retorno da função de cobrador, mesmo nos ônibus que têm o sistema de biometria. Procurada, a RioÔnibus disse que considera a decisão um retrocesso, já que mais de 70% das passagens são pagas usando Riocard.

Publicidade