Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Aplicativo de transporte vai permitir aluguel de patinetes no Rio

Equipamentos da Lime, que voltaram a aparecer na cidade em meados de 2020, poderão ser desbloqueados através do app Uber

Por Marcela Capobianco 1 fev 2021, 13h09

Após ficarem um tempo sumidos das ruas, devido ao combo pandemia e falta de conservação, os patinetes elétricos da Lime (de cores verde e branca) agora podem ser alugados através do aplicativo de mobilidade Uber.

A partir desta segunda (1º), clientes da Uber poderão ver os patinetes disponíveis no mapa do aplicativo, após selecionar a nova opção “Duas Rodas” no menu.

+ Por que o número de patinetes elétricas diminuiu tanto no Rio?

Ao localizar o equipamento elétrico, é preciso escanear ou digitar o código da unidade para desbloqueá-la. O preço é o mesmo do app da Lime, que segue operando na cidade: R$ 2,25 para desbloquear mais R$ 0,75 por minuto de uso.

+ Exposição virtual sobre Egito Antigo ultrapassa 465 000 acessos

“A integração com a Lime representa mais uma etapa na estratégia da Uber de abrir sua plataforma para reunir vários serviços no mesmo aplicativo. Agora, o carioca poderá escolher se quer fazer uma viagem de carro, pedir uma refeição, fazer mercado, enviar ou receber encomendas ou alugar um patinete elétrico”, afirma Tiago Lambuca, gerente de operações da Uber.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Apesar da parceria, as empresas seguem independentes. A operação dos patinetes e o suporte ao usuário são realizados pela Lime, que implementou protocolo de sanitização dos veículos na pandemia.

+ Prefeitura desiste de criar autódromo em floresta

Continua após a publicidade
Publicidade