Clique e assine por apenas 4,90/mês

Número de casos de microcefalia aumenta no Rio

Dados da secretaria estadual de saúde apontam um aumento de 19,4% desde janeiro de 2015

Por Redação Veja Rio - Atualizado em 5 dez 2016, 11h33 - Publicado em 21 jan 2016, 17h37

A secretaria estadual de Saúde divulgou estatística sobre os casos de microcefalia. Segundo os dados, a incidência da doença aumentou e desde janeiro de 2015 até terça (19) foram constam 166 registros, num indicativo de aumento de 19,4% ao período anterior. Entre estes 133 são bebês e os outros 33 foram diagnosticados em fetos. O estudo ainda aponta que 55 mulheres relataram manchas vermelhas no corpo durante a gravidez, um dos sintomas de zika. Este tipo de sintoma é vem sendo registrado desde novembro de 2015. Desde então, foram 2.516 casos de grávidas com manchas. Entre as gestantes, 113 tiveram diagnóstico de zika, mas ainda não há confirmação se os bebês apresentam microcefalia.

+ Conheça a febre Zika

O estado acompanha as estatísticas nacionais, que demonstram aumento de casos no país. Desde 2015 foram levantados pelo ministério da Saúde 3.893 casos suspeitos de microcefalia com relação a zika, distribuídos por 764 municípios de 21 unidades da federação. Os dados indicam 10,2% a mais, em relação ao boletim anterior, divulgado na terça (12). O ministério ainda estuda o caso de 44 bebês que morreram e apresentavam a malformação, possivelmente ligados ao zika.

Publicidade