Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Veja onde serão as novas ciclovias que a prefeitura planeja instalar no Rio

Publicado no Diário Oficial do município nesta quarta (22), documento prevê a criação de novas faixas e trechos de interligação em todas as áreas da cidade

Por Luiza Maia Atualizado em 22 set 2021, 16h06 - Publicado em 22 set 2021, 15h50

Uma boa notícia para os cariocas adeptos ao pedal: um decreto divulgado pela prefeitura nesta quarta (22), data de celebração do Dia Mundial Sem Carro, prevê a criação de novas ciclovias na cidade.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

O plano pretende ampliar a Rede de Mobilidade por Bicicleta (RMB) no município para facilitar os deslocamentos e criar mais conexões entre os bairros e o Centro do Rio. O mapa da expansão inclui 123 faixas e trechos de interligação a ciclovias já existentes em todas as áreas administrativas da cidade.

Na região central, por exemplo, está previsto um trecho na Avenida Presidente Vargas, na altura da estação de metrô da Cidade Nova, que se estenderá até a Orla Conde (Boulevard Olímpico). Já na Zona Sul, endereços como a Rua Humaitá, Rua São Clemente e a Avenida Epitácio Pessoa ganharão novos trechos de ligação.

+ Sem aglomeração: aplicativo ajuda a mapear ônibus lotados em tempo real

Continua após a publicidade

Na Zona Norte, faixas serão criadas para ligar vias como a Avenida Pastor Martin Luther King Junior e Avenida Don Helder Câmara. Enquanto na Zona Oeste, percursos estão previstos na Avenida das Américas, Avenida General Felicíssimo Cardoso, Estrada de Jacarepaguá, entre outros pontos

Veja o mapa completo:

Foto mostra o mapa de ciclovias da cidade
Mapa de expansão: imagem inclui trechos novos e outros já existentes Reprodução/Prefeitura do Rio de Janeiro

A segurança nos percursos também deverá ser um dos focos principais das melhorias, com novas sinalizações e uma readequação do espaço urbano.  Para se ter uma ideia dos riscos que os ciclistas hoje enfrentam, um levantamento da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, de janeiro a maio de 2021, mostra que o número de ciclistas acidentados no estado do Rio cresceu 28% em comparação ao mesmo período em 2020. 

+ Mais de 99% da população adulta do Rio está vacinada com a primeira dose

Além das ciclovias e ciclofaixas, o projeto lista também a criação de faixas compartilhadas e estacionamentos de bicicletas. Segundo a prefeitura, diversos órgãos municipais e grupos da sociedade civil deverão participar do planejamento das obras. A previsão para conclusão do plano é de até um ano.

Continua após a publicidade
Publicidade