Continua após publicidade

Hemorio lança campanha de doação de sangue com a série Sob Pressão

Estoques de sangue sofreram redução de 20% no mês de agosto. Marjorie Estiano, Julio Andrade e outros atores participaram da ação

Por Luiza Maia
2 set 2021, 17h36

Diante da queda nas doações de sangue, o Hemorio lançou, nesta quinta (2), uma campanha em parceria com a série Sob Pressão, da TV Globo. A ação incentiva os cariocas a comparecerem aos locais de coleta, seguindo as medidas sanitárias de prevenção à Covid-19.

+ Em campanha, UFRJ pede doações para novo acervo do Museu Nacional

No mês de agosto, os estoques do banco sofreram redução de 20% em comparação ao mesmo período no ano passado. Segundo o diretor do Hemorio, Luiz Amorim, o aumento de casos de Covid-19 no Rio nas últimas semanas foi um dos fatores que influenciaram a queda do número de doadores.

“Essa mobilização é essencial para que nós possamos manter o número suficiente de doações. Os hospitais no Rio estão cheios e dependem do nosso reabastecimento”, afirma.

+ Coronavírus: variante Delta é identificada em 96% das amostras no Rio

Continua após a publicidade

O início da campanha Corrente Sob Pressão contou com a presença dos atores Julio Andrade, Marjorie Estiano, Barbara Reis e David Junior, que interpretam profissionais de saúde no drama médico. 

Na ficção, eles vivem na pele o problema da falta de sangue nos hospitais no quarto episódio da atual temporada, lançado na última quarta (1º). O episódio mostra um paciente que precisa de uma transfusão, mas não há mais bolsas disponíveis na unidade.

+Rio ocupa primeiro lugar em tecnologia e inovação entre as cidades do país

Além do Rio, a Campanha Sob Pressão acontece em mais 124 cidades do país, em parceria com hemocentros e hospitais.  

Continua após a publicidade

O Hemorio está localizado na Rua Frei Caneca, número 8, no Centro da cidade. O espaço funciona todos os dias, das 7h às 18h.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Saiba quais são os critérios para doar:

  • Ter entre 16 e 69 anos.
  • Pesar no mínimo 50 kg.
  • Estar em boas condições de saúde.
  • Evitar a ingestão de alimentos gordurosos antes de doar.
  • Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à coleta do sangue.
  • No caso de infecção pela Covid-19, aguardar 30 dias após a recuperação completa.
  • Pessoas que receberam a vacina da gripe ou coronavac devem esperar 48h para doar. Quem tomou o imunizante Astrazeneca, Pfizer ou Janssen deve aguardar sete dias.
  • Veja mais recomendações no site.
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.