Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

É golpe: emboscadas on-line quase triplicaram no primeiro trimestre de 2021

Em janeiro, feveiro e março deste ano foram registrados 3 616 crimes de estelionatos digitais, enquanto em 2020, no mesmo período, foram 1 481 cometidos

Por Luiza Maia Atualizado em 21 jun 2021, 18h02 - Publicado em 21 jun 2021, 17h59

O número de golpes virtuais sofridos pelos cariocas quase triplicou no primeiro trimestre de 2021, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP).

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Neste ano foram registrados 3 616 estelionatos digitais, enquanto em 2020 foram contabilizados 1 481 no mesmo período.

Do total dos crimes de estelionato ocorridos em janeiro, fevereiro e março, incluindo os que não se deram de forma virtual, os golpes digitais representam cerca de 27%

+ Twitter perde mais uma para Caetano Veloso e Paula Lavigne

Uma cartilha do Procon RJ, lançada pela primeira vez em 2020 e atualizada em maio deste ano, alerta os consumidores sobre os crimes mais comuns cometidos, entre eles sequestros de números do whatsapp, notificações falsas nas redes sociais e roubos de dados através da chave PIX.  As orientações podem ser acessadas on-line.

“Com o aumento das compras on-line na pandemia foi registrado também um aumento nas reclamações sobre golpes. Através do compartilhamento de informações é possível orientar mais pessoas a perceberem os indícios e a evitarem esses crimes”, afirma Cássio Coelho, presidente do Procon RJ .

 

Continua após a publicidade
Publicidade