Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Covid: nem aí para variante Delta, 2 000 pessoas festejam no Cosme Velho

Na madrugada de domingo (15), outro evento clandestino foi flagrado pela Ordem Pública no Jockey Club, com cerca de 600 participantes

Por Luiza Maia 16 ago 2021, 15h53

Mesmo com o avanço da variante Delta do coronavírus no Rio, duas festas clandestinas de grandes proporções foram interditadas neste fim de semana. No início da madrugada de sábado (14), fiscais da Ordem Pública encerraram uma festa para cerca de 2 000 pessoas no Espaço Corcovado, no Cosme Velho. O evento foi descoberto pelo setor de inteligência da pasta.

+ Covid-19: Rio vacina pessoas acima de 18 anos nesta semana; veja as datas

Além da interdição, o estabelecimento recebeu multas pela falta de licenciamento sanitário, por atividade de boate, aglomeração e pessoas consumindo bebidas em pé. Ou seja: tudo errado em tempos de pandemia. Na mesma madrugada, mais um evento foi ilegal foi flagrado na Zona Sul – mais especificamente, na ExC, no Jockey Club, no Jardim Botânico.

O pai tá ON! Em vídeo, Zeca Pagodinho manda recado aos fãs

Por lá, cerca de 600 pessoas se divertiam como se não houvesse amanhã (nem nova variante do coronavírus). Fiscais foram alertados sobre a aglomeração através de denúncia pelo canal 1746 da Prefeitura, e os responsáveis foram multados por falta de licenciamento sanitário, aglomeração e pessoas consumindo bebidas em pé. Segundo o balanço da secretaria de Ordem Pública, os agentes de fiscalização já notificaram 157 eventos clandestinos desde o início deste ano.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade