Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Festa clandestina para 5 000 pessoas é interditada na Zona Oeste do Rio

O evento foi o maior já fiscalizado por agentes da prefeitura neste ano. Desde janeiro, foram registrados 145 casos irregulares

Por Redação 5 jul 2021, 13h25

Uma festa para cerca de 5 000 pessoas, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, foi interrompida na tarde de domingo (4). O evento clandestino foi o maior encerrado na cidade pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) neste ano.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

De acordo com a Seop, os agentes de fiscalização dispersaram a aglomeração de pessoas – grande parte sem o uso máscaras de proteção – e multaram os organizadores do evento. O atual decreto em vigor da Prefeitura do Rio proíbe a realização de festas que necessitem de autorização transitória em espaços públicos ou particulares.

Mais dois eventos foram interrompidos no fim de semana na Zona Oeste. Um deles, na Estrada dos Bandeirantes, em Vargem Pequena, reunia cerca de 150 pessoas, e outro na Estrada do Guandu do Sena, em Bangu, tinha em torno de 100 participantes.

+ Paes rebate o ‘Parece que Coronavac não deu muito certo’ de Bolsonaro

Ao todo, foram 117 infrações registradas entre a noite de sexta (2) e a madrugada desta segunda (5), entre multas aplicadas a pessoas sem máscaras e a estabelecimentos que não cumpriram as normas estabelecidas pelo município. Desde janeiro deste ano, 145 festas clandestinas foram fechadas pela prefeitura.

Continua após a publicidade
Publicidade