Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Covid: pela primeira vez, todos os municípios do Rio possuem risco baixo

Balanço mostra uma queda de 40% das internações e de 39% no índice de mortes no estado. Na capital, as hospitalizações caíram 65% nas últimas oito semanas

Por Luiza Maia 15 out 2021, 13h44

Com a melhora do cenário epidemiológico, todos os municípios do Rio apresentam pela primeira vez um risco baixo para a Covid-19. Segundo os dados do 52º Mapa de Risco do estado, divulgado nesta sexta (15), o panorama é o melhor observado desde 8 de julho de 2020, quando o levantamento foi lançado.

+ Vai ter Carnaval no Rio? Especialistas defendem cobertura vacinal mínima de 80%

O último mapeamento da Secretaria Estadual de Saúde (SES), publicado no dia 8 de outubro, mostrava que somente as regiões Norte e Noroeste do estado possuíam risco moderado para a doença.

O indicador é calculado com base no número de óbitos, hospitalizações e casos registrados. De acordo com os dados da SES, houve uma redução de 40% das internações e de 39% no índice de mortes no estado. O balanço compara a semana epidemiológica 39 (do dia 26 de setembro a 02 de outubro) com a semana 37 (12 de setembro a 18 de setembro).

+ Em novo decreto, Prefeitura do Rio flexibiliza exigências para eventos-teste

Quanto à ocupação de leitos de UTI, o índice caiu de 45% para 41% em comparação ao mapa anterior divulgado. O número de pacientes nas enfermarias também teve queda de 23% para 21%.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, a melhora dos indicadores está diretamente relacionada ao avanço da vacinação. “A tendência agora é que se consolide ainda mais essa queda, com uma diminuição dos casos graves, internações, e consequentemente, os óbitos no Rio de Janeiro”, diz o secretário.

+ Covid-19: Rio registra menor média móvel de casos desde março de 2020

Durante uma coletiva para divulgação do 41º Boletim Epidemiológico do Rio, nesta sexta (15), o secretário municipal de Saúde Daniel Soranz afirmou que esta “é a primeira vez desde o início da pandemia que podemos dizer que temos uma situação controlada”.

Continua após a publicidade

Segundo as informações do boletim, todas as 33 regiões administrativas da capital fluminense continuam com risco moderado de contaminação da doença pela quarta semana seguida.

+ Covid-19: o que vem por aí de eventos-teste autorizados no Rio

Após o último pico de internações no fim de agosto, o número de pacientes hospitalizados em unidades do SUS caiu 65%. Os índices de casos e mortes também sofreram redução em comparação às últimas sete semanas.

Na manhã desta sexta (15), o prefeito Eduardo Paes celebrou na sua rede social o alcance de 60% da população carioca vacinada com as duas doses ou a dose única contra a Covid-19. “Como vocês já sabem, o resultado é o menor número de internados e óbitos, além da menor taxa de transmissão, desde o início da pandemia. Falta pouco, pessoal! Não deixem de tomar a segunda dose!!!”, escreveu Paes.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade