Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Covid-19: ocupação de UTI na rede municipal do Rio chega a 99%

Mais de 5 000 pessoas morreram de Covid-19 no Rio fora das UTIs, segundo nota técnica da Fiocruz

Por Carolina Barbosa 10 dez 2020, 12h15

Com mais 160 mortes e 3331 novos casos do novo coronavírus nesta quarta (9), o estado do Rio contabiliza, no total, desde o início da pandemia, 378 084 diagnósticos e 23 430 vítimas da doença.

+Eduardo Paes já definiu nomes de 19 secretarias; saiba quais são

Na capital, a ocupação dos leitos de UTI é de 91% (590 pacientes), que inclui leitos municipais, estaduais e federais, na rede SUS e de 99% apenas nas unidades municipais. Ou seja, das 288 camas, 287 estão lotadas. Em toda regulação estadual, mais de 250 pacientes com casos mais graves aguardam por transferência. Nas enfermarias, a lotação é de 86%.

Coronavírus: Cinema Estação fechará salas até janeiro

Em nota técnica recém-divulgada, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) alerta para o cenário que indica que “nos próximos meses, a busca por assistência especializada pode aumentar simultaneamente, nas regiões metropolitanas e no interior, provocando novo colapso no sistema de saúde”.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

O levantamento apontou que até novembro 5 636 pessoas morreram no estado do Rio sem acesso aos leitos de UTIs (um total de 30%). Dessas, 4 774 na Região Metropolitana e outras 862 nos municípios do interior.

Continua após a publicidade

 

 

 

 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade