Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Covid-19: atendimentos psicológicos on-line dobram em menos de um mês

Secretaria de Estado de Vitimados (SEVIT) atende 656 pessoas que perderam familiares para o novo coronavírus

Por Bruna Motta Atualizado em 28 Maio 2020, 21h04 - Publicado em 28 Maio 2020, 17h02

Oferecido pela Secretaria de Estado de Vitimados (Sevit), o auxílio psicológico a familiares de vítimas fatais da Covid-19, pacientes infectados que se recuperam em isolamento social, idosos e demais grupos de resto teve o dobro do número de atendimentos on-line. No início do mês de maio, 300 pessoas se consultavam com  voluntários da área de psicologia. O serviço, que começou em abril, fecha o seu segundo mês com 656 pacientes.

+Covid-19: estudo projeta estado do Rio com 80 mil casos em 9 de junho

As queixas mais frequentes são: crise de ansiedade, depressão, insônia, oscilação de humor, irritabilidade e dificuldade de concentração. A maioria dos casos vem sendo acompanhada de forma contínua pelos psicólogos.

+Justiça decide que Rio suspenda pagamento a empresa que cuida do Samu

Além do Rio de Janeiro, moradores de outros estados procuraram a pasta em busca de ajuda. São Paulo lidera o número de pedidos, seguido por Pará, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Amazonas, Bahia, Pernambuco e Goiás. No estado do Rio, há maior concentração de solicitações de atendimentos para municípios da região Sul Fluminense, como Volta Redonda, Barra Mansa e Barra do Piraí.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

No site oficial, é possível entrar em contato para agendar uma consulta.

Continua após a publicidade
Publicidade