Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Fiéis terão que agendar ida à missa e confissões em algumas igrejas

Dom Orani comanda celebração no sábado (4) na Catedral Metropolitana

Por Carolina Barbosa 30 jun 2020, 11h45

Após mais de três meses de confinamento, as igrejas vão retomar o atendimento aos fiéis que queiram assistir às missas ou se confessar. A retomada inclui cuidados como oferta de álcool em gel e redução da capacidade dos espaços. No sábado (4), o cardeal-arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, vai celebrar uma missa, às 9h, na Catedral Metropolitana, a fim de marcar a retomada das celebrações diante do público.

+Escolas públicas e particulares continuam sem data para voltar às aulas

Na ocasião, os frequentadores terão de usar máscara, higienizar as mãos antes de entrar e acomodar-se em um dos assentos sinalizados com a distância a ser mantida do outro (a marcação também estará no chão). Todos terão a temperatura aferida. Algumas igrejas católicas vão fazer o agendamento prévio da ida às missas pela internet para que consigam controlar melhor o montante de fiéis, já que cada templo só poderá funcionar com um terço da capacidade.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade