Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Beco do Becoza Por Juarez Becoza, repórter de gastronomia popular e caçador de botequins

Três coisas legais para pais boêmios fazerem no Dia dos Pais

Visitar veteranos estreantes do Comida di Buteco, beber a nova cerveja em homenagem ao Mussum, ou ir com as crianças comer em Niterói: tem para todo gosto

Por Juarez Becoza Atualizado em 2 ago 2021, 19h50 - Publicado em 2 ago 2021, 14h14

Enquanto sigo em hibernação boêmia (aguardando os efeitos da segunda dose, tomada semana passada, e razão pela qual este blog não tem sido atualizado nos últimos tempos), tenho recebido muitos pedidos de sugestão sobre o Dia dos Pais, que se aproxima domingo que vem. Boêmios de terceira ou meia-idade, como eu, andam reservando o próximo fim de semana para começar a voltar a visitar botecos, depois de longo e tenebroso inverno preservando-se em casa. Pensei então em cinco dicas para o fim de semana do Dia dos Pais, que tenho certeza vai interessar aos poucos e bons leitores desta coluna que também já são avós.

1 – CONHECER OS “ESTREANTES VETERANOS” NO CONCURSO COMIDA DI BUTECO
Tal e qual os Jogos Olímpicos de Tóquio, a edição de 2020 do maior evento gastronômico do Brasil foi adiada do ano passado para este mês de agosto. Começou no último fim de semana, em todo o Brasil, e vai até o dia 29. E aqui no Rio tem algumas novidades interessantes: além do foco no delivery para reduzir aglomerações, e na campanha de auxílio financeiro aos bares, todos eles seriamente abalados pela crise econômica causada pela pandemia, este ano tem também a presença de veteranos, velhos conhecidos do público, participando pela primeira vez do concurso. O evento conhecido por tirar do anonimato bares obscuros ou recém-inaugurados desta vez está ajudando nomes famosos a recuperar o fôlego financeiro. Alguns deles:
Cine Botequim: Há mais de uma década favorito do centro da cidade, em especial dos amantes de cinema, o bar especializado em coxinhas cinematográficas que oferece cadeiras de cinema de verdade pra galera sentar, além de uma decoração hollyoodiana nas paredes, vem pro concurso com o petisco “Eu, Tu Eles”, feito de copinhos de aipim recheados com moela.
Contemporâneo: Quando eu morava na Lapa, alguns anos atrás, era um simpático botequinho meia porta na Gomes Freire. Reformou e virou um simpatissíssimo e espaço botecão. Mas manteve a devoção à pintora Frida Kahlo, que domina o salão em quadros e objetos lindos. Seu petisco? Um ajeitadinho de batata doce roxa com pernil e queijo, batizado de “Não me Kahlo”.
Costelas: O que há alguns anos era um negócio literalmente de fundo de quintal agora é coisa muito séria, com uma das costelas mais atraentes da cidade, num ambiente familiar irresistível no Estácio. Estreia no CdB com um creme de batata roxa com costelinha suína desfiada.
Dom Pedro: O restaurante popular tradicionalíssimo de Benfica, bom de peixe e de papo, entra no concurso com um trio de almôndega suína, creme de aipim com carne seca e creme de batata baroa.
Armazém Granel: Quando conheci, era um achado escondido em Niterói. Hoje, é um orgulho da cidade. Que estreia no concurso com um acarajé de inhame com vatapá de jiló e costela bovina. Tive a chance de experimentar esse já. É divino.
Zinho Bier: Talvez o mais antigo de todos os “estreantes”, este barzaço em Benfica rivaliza com o Cachambeer na luta pelo título de melhor costela no bafo da cidade. Como não poderia deixar de ser, debuta no CdB com a própria, ladeada por cebolas e purê de batata baroa com bacon.

 2 – CONHECER A NOVA CERVEJA SAZONAL DA AMPOLIS

Biritis Sem Filtris, a nova cerveja sazonal da Ampolis: lançada para homenagear Mussum no Dia dso Pais
Biritis Sem Filtris, a nova cerveja sazonal da Ampolis: lançada para homenagear Mussum no Dia dos Pais Brassaria Ampolis/Divulgação

Na semana do Dia dos Pais, a Brassaria Ampolis, criada pelo filho do Mussum, Sandro Gomes, homenageia o ícone que lhe inspirou a marca com o lançamento de uma cerveja sazonal criada no espírito de presentão de filho para pai. A Biritis Sem Filtris é uma derivação mais rústica, mais seca e mais rascante da Biritis, o primeiro rótulo produzido pela marca, em 2013. Uma versão, talvez, mais ao estilo pessoal do grande humorista, que se notabilizou pelo “mé” – a cachaça – mas que na intimidade gostava mesmo era de uma cervejinha. Lançada essa semana em edição limitada, a Biritis Sem Filtris só pode ser encontrada online, no site www.bomdebeer.com.br (@bomdebeer). Como não tenho filho bípede, pedi pra patroa mesmo encomendar algumas pra mim, em nome do cachorro. Gostei. Boa pedida para o Dia dos Pais de quem ainda hesita em beber fora de casa.

3 – CONHECER O PARQUE DE DIVERSÕES PARA PAIS BOÊMIOS E GLUTÕES EM NITERÓI

Cerveja artesanal e excelentes hambúrgueres estão entre as atrações do Pólo de Icaaraí para os pais. Para as crianças, pula-pula, pintura e animadores
Cerveja artesanal e excelentes hambúrgueres estão entre as atrações do Pólo de Icaaraí para os pais. Para as crianças, pula-pula, pintura e animadores. Juarez Becoza/Arquivo pessoal

Conheci pouco antes da pandemia, e fiquei impressionado, com o pólo gastronômico da Rua Nóbrega, oficialmente conhecido como Pólo Gastronômico do Jardim Icaraí, que concentra mais de 15 bares num único quarteirão, com trânsito permanentemente fechado aos automóveis e estrutura 100% focada para agradar pais e filhos, especialmente aos finais de semana. Nestes dias, pode-se comer e beber tranquilamente nas diversas opções etílicas e gastronômicas, que agradam todos os bolsos e gostos (com destaque especial para a excelente cervejaria artesanal Armazém São Jorge), deixando os pimpolhos se esbaldarem por horas a fio com pula-pulas, animadores infantis, aulas de arte e outras atividades misteriosas que as crianças adoram – tudo sem um pingo de preocupação. E para este domingo Dia dos Pais, o pólo promete programação especial cheia de atrações para as crianças. Já os pais, não precisam de nada além do que já têm por lá: comer, beber, conversar e relaxar, enquanto os infantes pintam, bordam e ralam os joelhos.

Continua após a publicidade

Publicidade