Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

O Rio no Grammy: conheça os nossos indicados ao prêmio de música

Nana Caymmi, Giulia Be e Duda Beat são algumas cariocas no páreo para a importante competição

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 29 set 2021, 13h49 - Publicado em 29 set 2021, 13h45

Maior premiação de música do continente, o Grammy Latino anunciou nesta terça (28) seus indicados para a 22ª edição – e temos vários cariocas no páreo.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Nana Caymmi concorre a Álbum do Ano, com o disco Nana, Tom, Vinicius. Com direção artística e arranjos de Dori Caymmi, a obra traz a veterana interpretando canções da dupla Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes e é a única brasileira a concorrer na categoria.

Já a novata Giulia Be angariou uma indicação como Artista Revelação e publicou um vídeo emocionado nas redes sociais: “Acordei sem palavras”, escreveu na legenda.

View this post on Instagram

A post shared by GIULIA BE (@giulia)

+ Lembra do ‘meme’ de Chico Buarque? Ele ganhou a ação. Saiba quanto

Chico Chico, filho da cantora Cassia Eller, também faz sua estreia na premiação com A Cidade, indicada como Melhor Canção em Língua Portuguesa. Nesta mesma categoria, a banda Melim, de Niterói, concorre por Amores e Flores.

Junto com Nando Reis, Duda Beat disputa Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa com obra que leva o nome dos dois, e Marcelo D2, com Assim Tocam Meus Tambores, pode levar Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa.

Continua após a publicidade

+ Anitta, Obama e Papa Francisco juntos: saiba o motivo do grande encontro

Paulinho da Viola e Diogo Nogueira concorrem por Melhor Álbum de Samba/Pagode respectivamente com Sempre Se Pode Sonhar e Samba de Verão. Já o sambista Martinho da Vila, além de também disputar esta categoria, será agraciado com o Prêmio à Excelência Musical, uma honraria para músicos com valor da obra imensurável para a história da música latina.

A presença de artistas brasileiros é uma das maiores mudanças da edição 2021 em relação à premiação de 2020. Enquanto no ano passado nenhum disputou os grandes prêmios da noite, agora temos representantes de peso, como Caetano Veloso, que concorre ao lado do filho Tom em Gravação do Ano por Talvez.

+ “Demorei para me libertar”, diz Angélica, prestes a estrear no streaming

Por outro lado, a edição deste ano marca algumas estreias nacionais na competição: o grupo de forró eletrônico Barões da Pisadinha e o trio curitibano Tuyo, além de Chico Chico.

Scalene, André Abujamra, Velhas Virgens,  Anavitória, Vitor Kley, Fernanda Takai, Luedji Luna, Zeca Baleiro, Chitãozinho e Xororó, Michel Teló, Elba Ramalho são outros nomes de destaque na competição, prevista para acontecer dia 18 de novembro na MGM Grand Garden Arena.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade