Clique e assine por apenas 4,90/mês

Morre o escritor Rubem Fonseca, aos 94 anos

Autor mineiro, um dos mais celebrados da literatura brasileira, teve uma parada cardíaca e não resistiu

Por Marcela Capobianco - 15 abr 2020, 15h28

O escritor Rubem Fonseca morreu na tarde desta quarta (15), aos 94 anos. Ele teve uma parada cardíaca em casa, foi socorrido no Hospital Samaritano, Zona Sul da cidade, mas não resistiu.

Internado em UTI, Aldir Blanc está com coronavírus

Rubem Fonseca, que nasceu em Juiz de Fora, Minas Gerais, se mudou para o Rio ainda criança.

Entre seus principais livros estão a coleção de contos Lucia McCartney, Feliz Ano Novo, O caso Morel e Agosto, que foi adaptado para a TV como uma minissérie da Rede Globo. O escritor era considerado um dos maiores nomes da literatura brasileira e gostava de ficar recluso em casa.

Continua após a publicidade

+Covid-19: o que será da arte quando tudo isso terminar?

Rubem Fonseca é pai do cineasta José Henrique Fonseca.

+ Para assinar o conteúdo digital de VEJA RIO, clique aqui

Publicidade