Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

O tombo de Karol Conká: rapper pode ter apresentação em festival cancelada

Em post nas redes sociais, evento Rec-Beat afirma que postura da curitibana no BBB vai contra os princípios em que acreditam

Por Luiza Maia 1 fev 2021, 18h55

A cantora curitibana Karol Conká entrou no Big Brother Brasil deste ano como participante  do grupo camarote, trazendo consigo um grande número de apoiadores que já admiravam a carreira dela.

Após uma semana na casa,  telespectadores – inclusive alguns famosos – reclamam nas redes sociais dos seus comentários ácidos, agressivos e até mesmo preconceituosos sobre outros participantes.

Além de perder quase 100 000 seguidores no Instagram, ela ganhou o apelido de “Jaque Patombá”, devido ao trecho da sua música Tombei: “Já que é pra tombar… Tombei”. E tombou mesmo.

+ Estreias do streaming em fevereiro: Filhas de Eva e Cidade Invisível

Apesar de não ter recebido votos no paredão deste domingo (31), o comportamento da artista tem mobilizado um grande número de internautas pedindo #ForaKarol. Toda a confusão pode surtir efeitos negativos para Karol Conká.

Continua após a publicidade

O festival de música Rec-Beat considera suspender a apresentação da rapper, gravada antes do começo do reality, e que seria transmitida no dia 14 de fevereiro.

+ Na estreia de BBB que aposta na diversidade, Globoplay bate recorde de assinaturas

Em uma nota publicada no perfil do festival no Instagram, os organizadores afirmam que as atitudes da cantora no BBB revelam “posturas que confrontam os princípios” do evento e que estão “avaliando as implicações resultantes de uma possível suspensão da exibição do conteúdo audiovisual gravado pela artista para compor a edição digital do Rec-Beat SP”.

Na última sexta (29), Karol foi acusada de xenofobia após dizer que tem “muita educação pra falar com as pessoas” por ser de Curitiba, uma cidade “reservadinha”, enquanto criticava o jeito de falar expansivo da sister Juliette, que é paraibana.

No domingo (31), a rapper voltou a satirizar o sotaque da adversária, ainda apontando os defeitos da advogada pelas costas.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade