Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ex-atleta olímpica critica Yasmin Brunet: ‘Precisa de choque de realidade’

Joanna Maranhão, da natação, ironizou a mulher de Gabriel Medina, que reclama de 'descaso' do COB por não ser autorizada a acompanhá-lo nos Jogos

Por Da Redação 9 jul 2021, 18h18

Finalista da prova dos 400 metros medley nas Olimpíadas de Atenas em 2004 – quando chegou em quinto lugar (a melhor colocação de uma mulher brasileira em uma final olímpica da natação),  Joanna Maranhão usou suas redes para comentar o “Caso Yasmin Brunet”.

Coronavírus: site colaborativo vira guia para os ‘sommeliers de vacina’

Yasmin vem se declarando chateada e injustiçada por não ter sido autorizada pelo Comitê Olímpico do Brasil a preencher a vaga única de acompanhante do marido, o surfista Gabriel Medina, nos Jogos de Tóquio:  Vetada nos Jogos, Yasmin Brunet critica COB: ‘Eu não iria a passeio’ 

Segundo Joanna, que disputou sua última Olimpíada em 2016, no Rio, a modelo presta um desserviço ao esporte e passa uma visão errada dos Jogos para o público ao se posicionar desta maneira. “Mermão, alguém precisa dar um choque de realidade em Yasmin”, iniciou seu texto assim a ex-atleta, que ganhou oito medalhas em quatro edições dos Jogos Pan-Americanos (três de prata e cinco de bronze) e é dona de dois recordes sul-americanos.

Renata Silveira: “Desenvolvi o gosto por esporte brincando no subúrbio”

“Eu não tenho nada a ver com isso mas ela tá nos stories falando em ‘descaso do COB’ olha, eu realmente acredito que uma galera precisa entender o movimento olímpico”, afirmou. “Ela fala para um público que não vive ou acompanha esporte. Não tô falando de torcedor de futebol, aqui…é outra realidade”, continuou.

Novas músicas de Marisa Monte viram filtros de Instagram. Saiba como usar

Ela também rebateu uma das colocações de Yasmin: “‘Surf é um esporte individual e quem compete sabe a importância de ter alguém do lado’…. Sim, amor, você sabe que a grande maioria dos atletas de esporte individual não tem sequer o treinador presente nos jogos? Por que não cabe geral, tá ligado?”, completou.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade