Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Gabriel Medina, por que não vacinou? ‘Não consegui encaixar na agenda’

Surfista perderá uma etapa do Circuito Mundial por não ter recebido o imunizante, disponibilizado pelo COB a todos os atletas que foram aos Jogos de Tóquio

Por Da Redação 6 ago 2021, 11h53

Um dia depois de anunciar que não participaria da etapa de Teahupoo do Circuito Mundial porque não está imunizado – leia todos os detalhes aqui: Gabriel Medina está fora de etapa do Mundial de Surfe por recusar vacina, o surfista brasileiro voltou às redes sociais nesta sexta (6) para contar por que, afinal, pôs em risco a sua saúde, a dos que convivem com ele – e, de quebra, a conquista do título mundial.

Lembra do ‘Barraco no Leblon’? Saiba como acabou essa novela

No Twitter, ele começou se apresentando como uma pessoa não-negacionista: “Vacina salva vidas, galera!”. Em seguida, fez um mea culpa – “Erro meu” – e emendou com a explicação do motivo que o  levou a viajar para o Japão sem estar imunizado, apesar de o COB disponibilizar a vacina a todos os atletas brasileiros. Leia a mensagem (escrita em letras maiúscula), na íntegra:

Todo serelepe, Luís Roberto narra vitória do vôlei e leva web ao delírio

“Vacina salva vidas, galera! Foi um erro meu eu não ter conseguido encaixar a imunização na minha agenda de treinos pros desafios desse ano. Focado no Campeonato Mundial. Mas em breve tomarei a minha. Enquanto isso, sigo tomando todos os cuidados e seguindo os protocolos de segurança”.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade