COMER E BEBER 2012

O melhor tradicional: Antiquarius

- Atualizado em

restaurantes-tradicional-01.jpg
(Foto: Redação Veja rio)
restaurantes-tradicional-03.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Reduto de excelência, a casa no Leblon começou a colecionar prêmios de VEJA RIO junto com a estreia da edição especial de gastronomia da revista, em 1997, então batizada de "Guia para Comer Bem". Não parou mais. Só passou em branco em 2009, quando a sua especialidade, a cozinha portuguesa, não entrou em disputa. No ano seguinte, no entanto, levou o prêmio de melhor feijoada. Agora, com a culinária lusitana novamente fora da concorrência, a casa de Carlos Perico fisgou o título de melhor tradicional. Faz sentido. Fundado em 1977, o endereço mantém sua reputação ilibada. Mérito, em parte, do serviço impecável e discreto implantado pelo sócio Manoel Pires, o Manoelzinho, atualmente na filial de Brasília. Da cozinha chegam clássicos preparados com o mesmo padrão de qualidade há mais de duas décadas. Muitos foram criados em homenagem a clientes ilustres, como o camarão à zico (R$ 130,00), um pratinho de barro no qual se misturam crustáceos graúdos, alho, pimentão e azeite fumegante. Na ala principal, duas sugestões são a cataplana de frutos do mar (R$ 130,00) e o bacalhau à lagareiro (R$ 143,00), o preferido do cantor Roberto Carlos.

restaurantes-tradicional-02.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Rua Aristides Espínola, 19, Leblon, ☎ 2294-1049 (76 lugares). 12h/2h (seg. a qua. até 1h; dom. até 0h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert: R$ 28,00 (individual). ⑤ ⑥ (R$ 75,00, vinhos e espumantes, e R$ 100,00, champanhe) ? (4003-2665) www.antiquarius.com.br. Aberto em 1977. $$$$

Fonte: VEJA RIO