happy-hour

Com bons bolinhos, João Sexto é novidade no Centro

Com carta de cerveja caprichada e salgados criativos, novo bar se torna reduto para reunião pós-trabalho

Por: Rafael Cavalieri - Atualizado em

BEBIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COMIDA ✪✪✪

João Sexto
João Sexto: novidade no Centro (Foto: Lipe Borges)

Mineira de Itajubá, a pedagoga Suelen Masseli, 32 anos, deixou sua cidade em setembro e instalou-se no Rio para não ficar longe do namorado. A sorte não é só deles. Também apaixonada pelas coisas da cozinha, Suelen assumiu o ponto no Centro, nos arredores da Praça Mauá, no mês passado. Em pouco tempo de atividade, a casa já vem sendo disputada pela turma da happy hour. Entre as criações da proprietária, apetitosos bolinhos de arroz ganham recheios variados. Na lista, o salgado de picadinho pode soar exótico demais da conta, mas vale cada mordida. A receita reúne todos os componentes clássicos do prato, inclusive a banana, de presença bem suave no paladar. Outra pedida aprovada traz a massa envolvendo frango e milho. Cada petisco é servido por R$ 5,00.

+ Veja duas receitas com espumante para bombar seu réveillon

Opção simples porém mais farta, perfeita para dividir entre os amigos, a tábua do barão (R$ 44,00) combina aipim frito, calabresa acebolada, cubos de alcatra e uma gostosa farofa de alho. Para os bolinhos, fez excelente companhia a Hija de Punta (R$ 15,00; 300 mililitros), uma lager bastante aromática fabricada no Rio. A generosa tábua fica melhor ao lado da Therezópolis Jade (R$ 17,00; 600 mililitros), cerveja bastante agradável do tipo IPA, com 6,5% de teor alcoólico, produzida na St. Gallen. Mais em conta, o popular chope Brahma (R$ 5,50; 350 mililitros) é bem tirado por lá. Curiosidade: um pequeno texto no cardápio traz uma explicação histórica fantasiosa para o nome do lugar. 

+ Veja os demais destaques de bar da cidade

Rua Conselheiro Saraiva, 37, Centro, ☎ 2263-8534 (70 lugares). 11h30/23h (seg. até 17h; fecha sáb. e dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2014.

Outro perfil: no almoço, a casa oferece opções de pratos saudáveis, ao lado das pedidas tradicionais

Fonte: VEJA RIO