Clique e assine por apenas 4,90/mês

Youtuber perde patrocínio após comentário sobre Mbappé

O paulista Júlio Cocielo está sendo acusado de racismo após post sobre jogador francês

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 3 jul 2018, 17h36 - Publicado em 3 jul 2018, 17h01

Após publicar um comentário em sua conta do Twitter que deu o que falar neste fim de semana, o youtuber Júlio Cocielo, famoso pelos vídeos humorísticos, está pagando caro pela polêmica. Acontece que, depois da vitória da seleção francesa contra a Argentina neste sábado (30), partida em que o francês Mbappé se destacou com dois gols e impressionante velocidade, Cocielo publicou a seguinte frase:

Internet/Reprodução

O cunho racista do comentário direcionado a Mbappé, jovem negro de 19 anos, logo foi apontado por seus seguidores e uma chuva de críticas começou.

Internet/Reprodução

Com mais de 16 milhões de seguidores em seu canal e diversos patrocinadores, Cocielo vem perdendo o apoio de diversas marcas após a efervescência do assunto. O banco Itaú tirou a campanha com o youtube do ar, a Coca-cola garantiu que não o convidará mais para propagandas futuras e o Submarino se posicionou via rede-social dizendo que “tomará as providências necessárias”.

Publicidade