Clique e assine por apenas 4,90/mês

TV Globo nega que vá dispensar atores de novelas paralisadas

De acordo com o setor de comunicação da emissora, também não existe proibição de escalação de artistas que não moram no Rio

Por Marcela Capobianco - 28 jul 2020, 18h14

A TV Globo vai retomar, no mês que vem, as gravações das novelas Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder, cujas filmagens foram interrompidas por causa da pandemia do novo coronavírus. Os desfechos das tramas, no entanto, só vão ao ar em 2021.

+ Novelas paralisadas só voltam no ano que vem

Diferente do que vem sendo noticiado por sites especializados em televisão, a emissora nega que vá dispensar atores coadjuvantes das duas novelas. A orientação é de que haja restrição apenas do elenco pertencente ao grupo de risco e crianças.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

De acordo com nota divulgada pelo setor de comunicação da Globo, a tendência é que as gravações tenham o menor número de atores possível, para evitar aglomerações.

“É natural que, com ou sem pandemia, na reta final de uma novela, conforme os desfechos aconteçam, os personagens diminuam e até encerrem a sua participação na obra. Portanto não há um ‘enxugamento’ de elenco e sim um cuidado permanente com a segurança dos talentos e das equipes”, informa o comunicado.

+ Tais Araujo e outras mulheres negras relatam casos de racismo

Na retomada das gravações, o acesso ao set será limitado somente aos profissionais necessários para a realização da cena. Tampouco houve proibição para a escalação do elenco que mora fora do Rio. A orientação é que se evite ao máximo expor qualquer artista desnecessariamente.

Continua após a publicidade

+ Governo e prefeitura não chegam a consenso sobre volta às aulas no Rio 

Um comitê será acionado para avaliar as exceções do protocolo, discutir a viabilidade da cena e propor as soluções mais adequadas, que não coloquem as pessoas em risco, informa a comunicação da TV Globo.

 

Publicidade