Clique e assine por apenas 4,90/mês

Turistas pedem desculpas por comportamento de Ryan Lochte em mural no Galeão

"Sorry about Lochte" é uma das frases que aparecem no aeroporto. Outras elogiam a experiência olímpica

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h07 - Publicado em 23 ago 2016, 21h14

Apesar de ter se desculpado após vandalizar um posto de gasolina e comunicar um roubo que não existiu no Rio, o nadador norte-americano Ryan Lochte parece não ter sido perdoado nem pelos compatriotas que estiverem na cidade olímpica. Nesta segunda (22), turistas se desculparam pelo comportamento de Lochte em um mural improvisado no Aeroporto Internacional Tom Jobim.

+ Ingressos da Paralimpíada já estão disponíveis para compra

Entre os dizeres escritos por quem passou pelo Galeão estavam elogios à cidade e pedidos de desculpas pelo comportamento do nadador, que se envolveu na confusão com outros quatro atletas:Jimmy Feigen, Gunnar Bentz e Jack Conger.

+ Uma retrospectiva dos melhores momentos da Olimpíada

 

Publicidade