Clique e assine por apenas 3,90/mês

Três perguntas para Felipe Neto

No show de humor Megafest, o fenômeno da internet apresenta ao vivo quadros de seu canal

Por Renata Magalhães - 3 nov 2017, 13h00

O que se pode adiantar do espetáculo?
É um festival para quem é realmente fã. Vários quadros do meu canal, como Casa, Mata ou Beija e Tente Não Rir, serão apresentados ao vivo. O público pode mandar vídeos com perguntas e desafios, que serão previamente escolhidos pela produção mas eu mesmo só vou conhecer em cena — o que faz com que cada sessão seja diferente. A galera também pode esperar ver o Bruno Correa sem ter o que vestir e precisando improvisar.

Você se considera um bom exemplo?
Claro que não! (risos) Bom exemplo precisa vir de casa, é fundamental não ter no ídolo esse tipo de modelo. Mas mudei muito a maneira de criar quando descobri que crianças pequenas viam os meus vídeos. Cortei os palavrões, por exemplo. Tento me policiar, sem perder a identidade.

Já rolou alguma situação curiosa com fãs mais apaixonados?
Costumo ser muito legal com quem me aborda, não importa a situação. Posso estar até comendo que paro e tiro uma foto. O que me incomoda é quando estou dentro de casa, no meu momento de lazer. De vez em quando os fãs param junto ao meu portão e ficam gritando. Isso me deixa um pouco chateado. Já chegaram ao ponto de revirar meu lixo!

› Vivo Rio. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Flamengo. Domingo (12), 12h, 15h e 18h. R$ 80,00 a R$ 180,00.

Continua após a publicidade
Publicidade