Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Com temporada de shows de Sandra de Sá, teatros Firjan Sesi reabrem ao público

Nos dias 18, 24 e 25 de setembro as casas de Jacarepaguá e do Centro recebem a peça Era Medeia, inspirada na tragédia grega

Por Marcela Capobianco Atualizado em 10 set 2021, 17h22 - Publicado em 10 set 2021, 17h21

Fechados ao público desde março do ano passado, os teatro Firjan Sesi serão reabertos neste fim de semana, com uma temporada de shows de Sandra de Sá.

Neste sábado (11), a cantora carioca se apresenta no palco de Jacarepaguá, às 19h. O teatro vai receber apenas 40% da capacidade total da plateia.  O uso de máscaras é obrigatório durante o show.

+ ArtRio: Marcos Chaves e Antonio Bokel doam obras para leilão beneficente

A apresentação será uma viagem pelos quarenta anos de carreira da artista, que não vai deixar de fora do repertório os sucessos Retratos e Canções, Sozinha, Vale Tudo, Olhos Coloridos e Bye, bye Tristeza.

“O Rio de Janeiro tem essa vocação cultural na veia. Faz parte do nosso DNA. Estamos muito felizes em poder anunciar a volta dos espetáculos presenciais nos teatros Firjan SESI e sentir, novamente, o brilho que é a presença dos artistas no palco”, afirma o coordenador de cultura e educação da Firjan, Antenor José de Oliveira Neto.

Na sexta (17), Sandra de Sá reencontra os fãs na filial do Centro, que fica na Rua Graça Aranha. Já em 24 de setembro, é a vez de tocar e cantar para o público caxiense. Os ingressos custam R$ 20,00 e estão à venda pela Sympla.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Teatro

+ A melhor forma de redescobrir o Rio? A pé, é claro

Supervisionada por Cesar Augusto, a peça Era Medeia estreia no dia 18 de setembro, no teatro de Jacarepaguá.

Em cena, estão os atores Eduardo Hoffmann – que também assina o texto e a direção – e Isabelle Nassar. Ele vive um diretor excêntrico e ela uma atriz insegura trabalhando juntos na tragédia Medeia. Aos poucos, o passado deles vem à tona e os espectadores passam a ser testemunhas de um acerto de contas íntimo entre os personagens.

+ O que Ana Beatriz Nogueira aprendeu com o teatro pela internet?

A montagem é pano de fundo para uma discussão que passa pelo machismo, o abuso de poder, a exposição da vida privada e a importância do processo na criação artística.

Nos dias 24 e 25 de setembro Era Medeia estará no Teatro Firjan SESI Centro, com sessões às 17h e bilhetes a R$ 20,00.

Continua após a publicidade
Publicidade