Clique e assine por apenas 4,90/mês

Sucesso, espetáculo Céus prorroga temporada até dezembro

Em ponte aérea, Felipe de Carolis será substituído por Thiago Marinho de sexta a domingo

Por Renata Magalhães - Atualizado em 5 dez 2016, 10h57 - Publicado em 5 nov 2016, 00h00

O frisson que Incêndios causou em 2013 repete-se com o segundo texto do autor libanês Wajdi Mouawad montado no Rio. Sucesso de público e de crítica, o espetáculo Céus, dirigido por Aderbal Freire-Filho, prorrogou a temporada no Teatro Poeira até 18 de dezembro. O idealizador e produtor da montagem Felipe de Carolis terá de revezar seu papel com o ator Thiago Marinho. Comprometido com o musical Rocky Horror Show, em São Paulo, o ator fará apenas a sessão de quinta, enquanto Marinho assume o papel de sexta a domingo. “Eu poderia ter finalizado a temporada em outubro, como era previsto, mas optei por priorizar a obra e o elenco. Não seria justo com eles nem com o público parar a peça só porque eu não poderia maisfazê-la todos os dias. Eu ficaria em dívida com os deuses do teatro”, diz De Carolis. A tragédia, conduzida em tom de thriller, conta a história de cinco personagens que tentam evitar um iminente ataque terrorista. Charles Fricks, Isaac Bernat, Rodrigo Pandolfo e Silvia Buarque também estão no elenco.

Teatro Poeira. Quinta a sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 80,00.     

Publicidade