Clique e assine por apenas 4,90/mês

Samba domina a agenda musical da semana

Quatro shows celebram o gênero na cidade

Por Carol Zappa - 21 jan 2017, 14h10
O sambista revisita trajetória de quatro décadas
O sambista revisita trajetória de quatro décadas Marcos Hermes/Divulgação

Jorge Aragão. Com quatro décadas de carreira, o “poeta do samba” estrela turnê comemorativa com escala na Barra. Clássicos como Malandro, Vou Festejar e Coisa de Pele têm lugar garantido no programa. No domingo (29), o cantor, um dos fundadores do grupo Fundo de Quintal, é o convidado do Pôr do Samba, roda no Boulevard Olímpico, às 18h.

Teatro Bradesco. Avenida das Américas, 3900, Barra (VillageMall). Quarta (25), 21h. R$ 120,00 (frisa) a R$ 180,00 (plateia baixa).

Pedro Miranda: samba na Laura Alvim
Pedro Miranda: samba na Laura Alvim Daryan Dornelles/Divulgação

Pedro Miranda. Cria da Lapa e um dos fundadores do Grupo Semente, o sempre elegante cantor e pandeirista defende seu novo disco, Samba Original. Clássicos do gênero, a exemplo de Batuca no Chão, a única parceria de Assis Valente e Ataulfo Alves, e a canção-título, feita por Elton Medeiros e Zé Keti em 1966, ganham interpretação criativa.

Casa de Cultura Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema. Terça (24), 20h. R$ 20,00.

Martinho da Vila: novo disco
Martinho da Vila: novo disco Leo Aversa/Divulgação

Martinho da Vila. O alto-astral contagiante dá o tom ao novo disco do sambista de 78 anos, De Bem com a Vida, a base do espetáculo. Além de inéditas como Alegria, Minha Alegria e a faixa que batiza o álbum, ambas gravadas em dueto com o rapper Criolo, sucessos do naipe de Mulheres e Casa de Bamba não devem ficar de fora.

Teatro Bradesco. Avenida das Américas, 3900, Barra (VillageMall). Quinta (26), 21h. R$ 100,00 (frisas) a R$ 200,00 (plateia baixa).

Tomáz Miranda: homenagem a Nelson Cavaquinho
Tomáz Miranda: homenagem a Nelson Cavaquinho Eduardo Sarmento/Divulgacao

Tomáz Miranda e Stephanie Serrat. Compositor de clássicos imbatíveis, o mangueirense Nelson Cavaquinho (1911-1986) recebe homenagem do cantor, cavaquinista e diretor do bloco Simpatia É Quase Amor e da “cantriz” que interpretou Beth Carvalho no musical Andança. Pérolas como Folhas Secas, A Flor e o Espinho e Juízo Final serão revisitadas pela dupla.

Espaço Cultural BNDES. Avenida República do Chile, 100, Centro. Quinta (26), 19h. Grátis.

Continua após a publicidade
Publicidade