Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Não deixe o samba morrer: atrações on-line para curtir o ritmo

Nesta sexta (19), o show de Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador leva um pouco das rodas de samba para casa através do canal do Youtube do Circo Voador

Por Luiza Maia 19 mar 2021, 18h06

Mesmo sem poder reunir o amigos para uma boa roda de samba, ainda é possível apreciar iniciativas on-line que trazem o ritmo para dentro de casa. Shows virtuais e atrações para curtir bastante o gênero e homenagear diferentes artistas serão realizados neste fim de semana. A seguir, a programação para quem sente saudades da folia e dos encontros musicais.

+ Teatro em casa: três elogiados monólogos para você assistir do seu sofá

Quando a Gente Ama. 

Palco com atores
Em homenagem a Arlindo Cruz: musical conta dez histórias curtas relacionadas a diferentes canções do sambista Marcos Gullo/Divulgação

O musical em homenagem ao cantor e compositor Arlindo Cruz terá sessões nos dias 19, 20, 21, 27 e 28 de março, às 20h, com transmissão gratuita e on-line através do Youtube. O elenco canta os altos e baixos do amor a partir do repertório do sambista, que inclui grandes sucessos como Casal Sem Vergonha, O Show tem que Continuar e O Que é o Amor, entre outros. Cinco músicos animam a roda de samba em cena. Ao longo de seis anos de temporadas no Rio, a peça já foi assistida por mais de 10 000 pessoas.

+ Festival Intercâmbio de Linguagens chega à maioridade com edição digital

Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador.

Samba do Trabalhador
Samba do trabalhador: desde 2005, o grupo se reúne tradicionalmente às segundas no Clube Renascença Marluci Martins/Divulgação

Relembrar também é viver, por isso, o Circo Voador exibe nesta sexta (19), a partir das 22h, o derradeiro show do mestre Moacyr Luz no coração da Lapa. A apresentação, realizada no dia 12 de março de 2020, marcou o relançamento do álbum Fazendo Samba e contou com participações de Marcelo D2, Roberta Sá e Toninho Geraes. A live faz parte da série Circo no Ar, transmitida pelo Youtube. Além de rever a apresentação, será possível apoiar os músicos e técnicos do Samba do Trabalhador através do QR Code/Pix, disponível durante o programa, ou por meio de uma vaquinha virtual.

+ Cinema em casa: onde assistir aos indicados do Oscar 2021 pelo streaming

Continua após a publicidade

Samba da Gávea 

Sete músicos compõem mosaico na foto
Samba da Gávea: com as rodas paradas durante a pandemia, o documentário relembra as memórias e as apresentações do grupo Divulgação/Divulgação

O documentário musical Samba da Gávea – Prendi Meu Coração Nesse Lugar estreia neste sábado (20), às 20h. O filme mostra a origem da roda de samba formada por Alfredo Del-Penho, Bruno Barreto, João Cavalcanti, Luis Filipe de Lima, Paulino Dias, Pedro Miranda e Thiago da Serrinha. Os tradicionais encontros acústicos realizados às segundas começaram em 2017, no café Da Casa da Táta, e desde então cativam diversos músicos e frequentadores. Disponível no YouTube, a produção dirigida por Eduardo Hunter terá reapresentações no domingo (21), às 15h, e na segunda (22), às 20h. Entre as cinco canções apresentadas no documentário, quatro delas são inéditas, e serão lançadas em um EP nas plataformas digitais.

+ Feira O Cluster ganha edição digital com shows e exposições

Vanda Lu canta Jovelina Pérola Negra

Mulher negra usando joias douradas
Jovelina Pérola Negra: a cantora, que já foi empregada doméstica e ambulante, conseguiu gravar mais seis álbuns e ganhar um Disco de Platina com suas canções Reprodução/Reprodução

Em homenagem às canções e ao legado de Jovelina, que simbolizam também a luta da mulher pelo reconhecimento no gênero musical, a artista Vanda Lu faz uma live no sábado, às 20h, com transmissão pelo Facebook. O evento contará com as participações especiais da filha de Jovelina, Cassiana Pérola Negra, do grupo Deita e Rola e dos compositores Cléo di Loiola e Sidney Sá, do Salgueiro.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade