Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

A retomada dos palcos: dicas de peças para ver neste fim de semana

Stand-up, comédia e drama em opções para todos os gostos

Por Redação VEJA RIO 29 set 2021, 15h45

Com texto de Claudio Tovar e direção de Tadeu Aguiar, a peça As Meninas Velhas estreia sexta (1º) no Teatro Prudential e trata dos “novos 60”, ou seja, o novo modelo de vida levado na terceira idade. Em cena, quatro amigas da vida inteira se encontram todos os dias para jogar, fazer um lanche e bater papo, levantando temas como produtividade, alegria, projetos e desejos nesta altura da vida. Com Lucinha Lins, Barbara Bruno, Nadia Nardini e Divina Valéria.

Rua do Russel, 804, Glória. Sexta e sábado, 20h; domingo, 19h. R$ 50 a R$ 80. Até 31 de outubro.

+ Lucinha Lins: “Voltar ao palco é sobreviver. Ator também paga boleto”

Yuri Marçal aparece usando uma blusa com um tigre estampado e uma jaqueta preto e branca com um grande sorriso no rosto
Yuri Marçal: comediante faz duas sessões de seu stand-up para gravação no Vivo Rio Vivo Rio/Divulgação

Yuri Marçal faz duas sessões de seu espetáculo Ledo Engano no Vivo Rio para gravação de DVD. O humorista leva ao palco tópicos sensíveis à sociedade no atual contexto, passando longe do clichê ofensivo e levando o público às gragalhadas com suas tiradas sagazes. Religião, política, desigualdade, racismo e as causas LGBTQI+ estão entre os temas que o artista expõe o público à reflexão.

Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo. Quinta (30), 19h e 21h30. R$ 180 a R$ 200.

+ Três shows de stand-up comedy aportam no Rio

O ator Gilson de Barros em um figurino amarelado sentado em um banco com um chapéu e uma cumbuca de água ao seu lado.
Riobaldo: montagem inspirada no clássico de Guimarães Rosa Divulgação/Divulgação

Adaptação teatral da obra de João Guimarães Rosa com direção de Amir Haddad, Riobaldo faz temporada no Teatro Glaucio Gill a partir de sábado (2). No recorte, o personagem central do romance Grande Sertão Veredas relembra sua vida e seus três grandes amores: Diadorim, Nhorinhá e Otacília. Texto e interpretação de Gilson de Barros.

Praça Cardeal Arcoverde, s/nº, Copacabana. Sábado e domingo, 19h. R$ 50,00. Até 31 de outubro.

+ MAR recebe 600 obras de arte para mostrar um Rio que não está nos livros de História

Continua após a publicidade
Publicidade