Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Você consegue? Mostra no Oi Futuro propõe que visitante desligue o celular

Quiet Room convida participante a se conectar aos sons e projeções interativas de paisagens, numa experiência de mindfulness

Por Marcela Capobianco Atualizado em 6 ago 2021, 11h39 - Publicado em 6 ago 2021, 11h38

Quanto tempo você consegue passar sem dar uma olhadinha nas notificações do celular?

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Em tempos de alta conectividade, em que uma experiência só parece ser validada depois de ser publicada nas redes sociais, uma instalação que chega ao Oi Futuro na próxima sexta (13) pede que os visitantes desliguem o celular e aproveitem o momento.

É um desafio complexo, já que Quiet Room é uma experiência sensorial, numa sala escura, com intenso jogo de luzes. A ideia é que, durante oito minutos, os participantes se conectem aos sons e projeções interativas de paisagens, que proporcionam uma experiência de mindfulness (estar totalmente presente no momento).

+ Três esculturas para prestar atenção na mostra Estado Bruto, no MAM Rio

Com cinco metros de largura, quatro de altura, e dez metros de profundidade, a instalação é cercada de recursos tecnológicos, como sensores que captam a movimentação das pessoas na sala.

+ Mulheres preferem vinho tinto, aponta pesquisa

Continua após a publicidade

Desde a concepção, Quiet Room previa a interação sem necessidade de contato físico e, com a pandemia, novas medidas foram adotadas, como cortina de tecido, tratamento antibacteriano e equipamentos de filtragem do ar. São permitidas apenas oito pessoas por sessão.

Felipe Reif, fundador da Deeplab Project, responsável pela instalação numa colaboração com o artista francês Parse/Error e a especialista em mindfulness Regina Giannetti, conta que o trabalho envolveu diversos testes e neles foi possível observar como ‘se desligar do mundo’ pode ser mais difícil do que parece.

+ Ludmilla: “Racistas não aceitam que cheguei ao topo”

“No início da experiência, que é menos visual, os visitantes sentiam falta da recompensa que o cérebro fornece quando acessamos nossos celulares. Porém, na medida em que a experiência evolui a sensação de ansiedade diminui e percebemos uma quietude absoluta na sala”, revela.

Quiet Room faz parte de uma série de quatro experiências autorais propostas pela Deeplab Project sobre temas relevantes da sociedade por meio de instalações que misturam arquitetura, design e tecnologia. Redes sociais, interação do homem com o ambiente e conexões são interpretados pelo estúdio em exposições itinerantes que percorrem o país.

Abertura em 13 de agosto. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo. Qua. a dom., 12/18h. Grátis. Agendamento pelo site do Oi Futuro. Até 10 de outubro. 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)